Sexta-feira 6 Shawwal 1441 - 29 Maio 2020
Portuguese

Devemos confiar no avistamento da lua, não nos cálculos

Pergunta

As-Salamo Alaikum Wa Rahmatu Allah Wa Barakatoh

Rezo para que Allah mantenha sua tecnologia, por Sua misericórdia. Ainda, insha’Allah, que você receba uma recompensa por esta valiosa página.

Por favor, visite o seguinte site:

XXXX – ele diz respeito à observação e cálculo do Hilal, eles alegaram isto no XXXX, dizendo que nunca avistam a lua e tudo corre de acordo com os cálculos de astronomia.

Minha pergunta: essas informações estão corretas ou erradas, e qual é a verdadeira maneira autêntica de decidir qual o início dos meses Hajrii?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

O Islam é fácil e suas regras se aplicam a todos, à humanidade e aos gênios, independentemente de serem estudiosos ou analfabetos, sedentários ou nômades. Então, Allah tornou fácil para eles conhecerem os períodos dos atos de adoração e fez seus sinais de começo e fim que todos podem reconhecer. Ele fez do pôr do sol o sinal para o início do Maghrib e o fim do 'Asr, e fez do desaparecimento do brilho vermelho no céu o sinal do início do período para o Isha'. Ele fez a observação da lua após seu desaparecimento no final do mês, o sinal do início do novo mês lunar e do final do mês anterior. Ele não nos deu a tarefa de conhecer o início do mês lunar a partir de algo conhecido apenas por um pequeno número de pessoas, a saber, astronomia e seus cálculos. Assim, os textos do Alcorão e da Sunnah tornam a visão real da lua nova o sinal para os muçulmanos começarem a jejuar o Ramadan; eles param de jejuar quando veem a lua nova de Shawwaal; as datas de Eid al-Adhaa e Yawm ‘Arafaat são igualmente determinadas. Allah diz (interpretação dos significados):

“... Então, quem de vós presenciar (o crescente na primeira noite) esse mês (Ramadan), que nele jejue...” [al-Baqarah 2:185]

“Perguntam-te pelas luas crescentes. Dize: ‘São marcas do tempo para a humanidade e também para a peregrinação’...” [al-Baqarah 2:189]

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Jejuai quando a virdes [a lua nova] e quebrai o jejum quando a virdes, e se estiver nublado, completai o mês com trinta dias”.

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) condicionou o início do jejum à observação confirmada da lua nova de Ramadan, e o fim do jejum à observação confirmada da lua nova de Shawwaal; ele não ligou isso a cálculos dos movimentos de estrelas ou outros corpos celestes. Foi assim que foi feito na época do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), durante o governo dos Khulafa' ar-Raashidin, na época dos quatro imames e durante os três séculos em que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse que seriam os melhores. Referir-se aos cálculos dos meses lunares para iniciar e terminar os períodos de adoração, em vez de realmente avistar a lua nova, é uma bid'ah (inovação repreensível) que não traz nada de bom e não tem base na shari'ah. O melhor de tudo é seguir os salaf em assuntos religiosos, e o pior de tudo é seguir as inovações religiosas recém-inventadas. Que Allah nos proteja e a você e a todos os muçulmanos das tribulações, óbvias e ocultas.

A Fonte: Fataawaa Al-Lajnah Al-Daa’imah, 10/106

Enviar comentário