119400: Parecer sobre aqueles que dizem que o Islam é injusto para com as mulheres e que isso tem mantido ociosa a metade da sociedade.


Algumas pessoas começaram a acreditar no que a mídia dos inimigos tenta espalhar, que é uma invasão intelectual planejada. Como quando dizem: "O Islam é injusto para com as mulheres, o Islam tem mantido as mulheres em suas casas e, assim, manteve a metade da sociedade desempregada". Qual é a sua resposta e comentário sobre esta mentira?

تم النشر بتاريخ: 2017-07-07

Todos os louvores são para Allah.

Meu comentário sobre isso é que essas palavras só podem vir de alguém que é ignorante quanto à shari’ah (legislação), ignorante quanto ao Islam, ignorante quanto aos direitos das mulheres, e está impressionado com as atitudes e maneiras dos inimigos de Allah, que estão longe da verdade. O Islam – todos os louvores são para Allah – não tirou os direitos das mulheres, ao contrário, o Islam é a religião da sabedoria que dá a todos o seu legítimo estatuto. O trabalho das mulheres está em casa, e sua permanência ali é pelo propósito de cuidar de seu marido, criando seus filhos, cuidando dos assuntos domésticos, e fazendo um trabalho que é adequado a ela. O homem tem seu próprio trabalho a fazer, que geralmente é ganhar a vida e beneficiar a ummah. Quando a mulher fica em casa para cuidar de seu marido e seus filhos, e dos interesses de seus filhos, este é o trabalho adequado a ela. É também uma proteção para ela, pois a mantém longe da imoralidade que pode ocorrer caso saia e trabalhe com homens. É bem sabido que quando mulheres trabalham com homens isso também afeta negativamente o trabalho do homem, porque o homem tem uma inclinação natural para com a mulher. Se ele trabalha com ela, ele se distrairá por causa desta mulher, especialmente se ela é jovem e bonita. Ele esquecerá o seu trabalho e se fizer isso, não vai fazê-lo corretamente. Aquele que estuda a situação dos muçulmanos, no início do Islam, verá como eles protegeram suas mulheres e como fizeram o seu trabalho da melhor maneira. Fim da citação.

Shaikh Muhammad ibn ‘Uthaimin.

Alfaaz wa Mafaahim fi Mizaan al-Shari’ah (página 72-73)
أضف تعليقا