154850: A bid’ah de Sha’baan


O que é Shab e Baraat que é celebrado por muitos muçulmanos do Sul da Ásia?

تم النشر بتاريخ: 2018-04-29

Todos os louvores são para Allah.

Alguns muçulmanos celebram a metade de Sha’baan, jejuando naquele dia e passando a noite em oração (qiyaam). Há um Hadith com relação a isso que não é sahih, consequentemente os sábios consideraram que celebrar este dia é uma inovação.

Muhammad ‘Abd al-Salaam al-Shuqayri disse: “O Imam al-Fatni disse em Tadhkirat al-Mawdu‘aat:: “Dentre as inovações que foram introduzidas em “Lailat an-Nusf” (metade de Sha’baan) está al-Salaat al-Alfiyyah, que é uma oração de cem rak’at na qual a Surah al-Ikhlaas é recitada dez vezes em cada uma delas, oferecida em congregação; eles dispensam mais atenção a ela do que a Jumu’ah e às orações do Eid, embora não existam relatos, a não ser da’if (fraco) e mawdu’ (fabricado) com relação a isso, e não devemos nos enganar pelo fato de que esses relatos foram citados por autores de al-Qut e al-Ihya’ e outros, nem devemos nos enganar pelo que foi mencionado em Tafsir al-Tha’labi, de que ela é Lailat al-Qadr. Fim de citação.

Al-‘Iraaqi disse: O hadith sobre a oração em Lailat al-Nisf (metade de Sha’baan) é falso. Ibn al-Jawzi narrou isso em al-Mawdu‘aat (que é uma compilação de ahadith fabricados):

Capítulo sobre o hadith, a oração e a súplica em Lailat al-Nisf:

O hadith, “Quando chegar a noite de ‘nisf Sha’baan’ (metade de Sha’baan), passai a noite em oração e jejuai naquele dia” foi narrado por Ibn Maajah de ‘Ali. Muhashiah disse: (Também foi narrado) em al-Zawaa’id. Seu isnaad é da’if por causa da fraqueza de Ibn Abi Basrah, sobre quem Ahmad e Ibn Ma’in disse: Ele fabrica Hadith. Fim de citação.

Rezar seis rak’at em Lailat al-Nisf com a intenção de afastar a calamidade, ter uma vida longa e ser independente das pessoas, e recitar Ya-Sin e oferecer du’a 'entre elas – não há dúvida de que isso é algo que foi introduzido na religião e é contrário a Sunnah do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele). O comentarista de al-Ihya' disse: Essa oração é bem conhecida nos livros de mestres sufis posteriores, mas eu não vi nenhum relato sahih na Sunnah para apoiá-la, assim como à du’a conectada. Pelo contrário, isto é o que alguns shaikhs fazem. Nossos companheiros disseram: É makruh reunir-se em qualquer das noites mencionadas nas mesquitas ou em outro lugar. Al-Najm al-Ghayti disse, ao descrever sobre passar a noite de al-Nisf min Sha'baan (metade de Sha’baan) orando em congregação: “Isso foi denunciado pela maioria dos sábios de Hijaz, incluindo 'Ata' e Ibn Abi Mulaikah, os fuqaha’ de Madinah e os companheiros de Maalik”. Eles disseram: “Tudo isso é uma inovação (bid'ah) e não há relato que sugira que o Profeta tenha passado aquela noite orando em congregação ou que seus Companheiros tenham feito isso também”. Al-Nawawi disse: “As orações de Rajab e Sha’baan são duas inovações repreensíveis”. Fim da citação de al-Sunan wa'l-Mubtada'aat, p. 144

Al-Fatni (que Allah tenha misericórdia dele) disse, depois dos comentários citados acima: “As pessoas comuns são tão apaixonadas por esta oração que armazenaram muito combustível para ela e muitos males resultaram dela, e muitas transgressões que não precisamos descrever são cometidas. (É tão ruim) que os amigos íntimos de Allah temeram Sua punição e fugiram para o deserto”. A primeira vez que esta oração ocorreu foi em Bait al-Maqdis (Jerusalém) em 448 DH. Zaid ibn Aslam disse: “Nós nunca vimos nenhum de nossos mashaaikh ou fuqaha’ dizendo que Lailat al-Baraa'ah (15º dia Sha’baan) tinha alguma superioridade sobre outras noites”. Ibn Dihyah disse: “Os ahadith sobre a oração em Lailat al-Baraa'ah são fabricados e um deles tem uma interrupção no isnaad. Qualquer um que age de acordo com um relato que é conhecido como falso é um servo do Shaytaan”.

Fim de citação de Tadhkirat al-Mawdu'aat por al-Fatni, p. 45

Consulte: al-Mawdu'aat de Ibn al-Jawzi, 2/127; al-Manaar al-Munif fil Sahih wa'l-Da'if, de Ibn al-Qayim, p. 98; al-Fawaa'id al-Majmu'ah de al-Shawkaani, p. 51

Algumas pessoas usam a palavra al-Sha'baaniah para se referir aos últimos dias de Sha'baan, e dizem: “Estes são os dias de se despedir da comida”, e aproveitam esses dias para comer muito antes do Ramadan começar. Alguns sábios dizem que essa ideia foi originalmente tirada dos cristãos, que costumavam fazer isso quando o período de jejum (Quaresma) se aproximava.

Resumindo, não existe celebração em Sha’baan, como também não existe nenhum ato de adoração especial a ser feito na metade ou durante os últimos dias do mês. Fazer isso é uma inovação que foi introduzida na religião.

E Allah sabe melhor.

Islam Q&A
أضف تعليقا