49614: O que é permitido a um homem fazer com sua esposa durante o dia no Ramadan?


É permissível para um homem dormir ao lado de sua esposa no Ramadan?

تم النشر بتاريخ: 2017-06-13

Todos os louvores são para Allah.

Sim, isso é permitido. Na verdade, é permitido que um homem tenha intimidade com sua esposa quando ele está em jejum, desde que não haja penetração ou não ocorra ejaculação.

Al-Bukhari (1927) e Muslim (1106) relataram que ‘Aishah (que Allah esteja satisfeito com ela) disse: "O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava beijar e ter intimidade quando jejuava e ele foi o mais capaz, dentre vós, sobre controlar seu desejo".

Al-Sindi disse:

A palavra yubaashir (traduzida aqui como "ter intimidade") significa tocar a pele da esposa e ela tocá-lo, como colocar sua bochecha contra a dela e assim por diante.

O que se quer dizer aqui é tocar a pele, não relações sexuais.

Shaikh Ibn 'Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) foi perguntado:

O que é permitido a um homem que está jejuando fazer com sua esposa que está jejuando?

 Ele respondeu:

Um homem que está observando um jejum obrigatório não é permitido fazer qualquer coisa com sua esposa que conduzirá à ejaculação. As pessoas variam na rapidez com que atingem o clímax; algumas delas são lentas e podem se controlar completamente, como ‘Aisha (que Allah esteja satisfeito com ela) disse a respeito do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) "ele foi o mais capaz dentre vós de controlar o seu desejo." Alguns indivíduos não conseguem se controlar e ejaculam rapidamente. Tal pessoa não deve ter intimidade com sua esposa e tocá-la ou beijá-la etc., quando observar um jejum obrigatório. Se uma pessoa sabe que pode controlar a si mesma, então ela pode beijar e abraçar sua esposa, mesmo quando observa um jejum obrigatório, mas deve ter cuidado com as relações sexuais porque ter relações sexuais (durante o dia) no Ramadan, para quem é obrigado a jejuar, resulta em cinco coisas:

1- É um pecado

2- O jejum é invalidado

3- Ele deve abster-se de comer etc. pelo resto do dia. Todo aquele que quebra seu jejum no Ramadan, sem nenhuma razão shar'i legítima, tem que abster-se de comer etc. (pelo resto do dia) e também tem que repor esse dia.

4 - Ele tem que repor esse dia porque perdeu um ato obrigatório de adoração, que tem que compensar.

5- Ele tem que oferecer uma expiação que é uma das mais pesadas expiações: libertar um escravo; se ele não pode fazer isso, então deve jejuar por dois meses consecutivos; se ele não pode fazer isso, então ele deve alimentar sessenta pobres.

Se é um jejum obrigatório que estava sendo observado em um momento diferente do Ramadan – como fazer um dia perdido do Ramadan, ou observar um jejum expiatório, etc., então quebrar o jejum resulta em duas coisas: no pecado e em ter que repô-lo. Mas se foi um jejum voluntário e ele teve relações sexuais durante, então ele não tem que fazer nada.

Islam Q&A
أضف تعليقا