5538: Quem são os maharim ante quem uma mulher pode se descobrir


Quais são as pessoas para quem uma Muslimah (Muçulmana) pode tirar o hijab?

تم النشر بتاريخ: 2017-07-16

Todos os louvores são para Allah.

É permitido que uma mulher tire seu hijab na frente de seus maharim (plural de mahram).

O mahram de uma mulher é a pessoa com a qual ela nunca poderá se casar por causa da proximidade dos seus laços sanguíneos (tal como seu pai, avô, bisavô, etc., e seu filho, neto, bisneto, etc., seus tios paternos e maternos, seu irmão, seu sobrinho (filho do irmão ou da irmã)), ou por causa da radaa’ah (amamentação) ou lactação (tal como o irmão e marido da mulher que a amamentou), ou porque eles estão ligados pelo casamento (tal como o marido da mãe, o pai do marido, avô, etc., e o filho do marido, neto, etc.). Mais detalhes sobre este assunto são dados abaixo:

Maharim por laços sanguíneos:

Estes são os mencionados na Surah al-Nur, onde Allah diz (interpretação do significado):

“...E não mostrem seus ornamentos senão a seus maridos ou a seus pais ou aos pais de seus maridos ou a seus filhos ou aos filhos de seus maridos ou a seus irmãos ou aos filhos de seus irmãos ou aos de suas irmãs...” [al-Nur 24:31].

Os mufassirin (plural de mufassir, o sábio de tafsir) disseram: os maharim masculinos da mulher por laços sanguíneos, conforme declarado nesta ayah ou inferido por ela, são os seguintes:

1- Os antepassados da mulher, não importa o quão distante a linha de ascensão passa por seu pai e sua mãe, dentre os antepassados de seu pai e os antepassados de sua mãe. Quanto aos antepassados de seu marido, eles são seus maharim por casamento, como veremos a seguir.

2- Seus filhos, o que inclui os filhos de seus filhos, não importa como a linha de descendência vai ou se descendem dos filhos homens ou mulheres, como os filhos de seus filhos e os filhos de suas filhas. Quanto aos “filhos de seu marido” mencionados na ayah, esses são os filhos de seu marido com outras mulheres (enteados), e esses são maharim por casamento, não por sangue, como veremos a seguir.

3- Seus irmãos, quer sejam irmãos por ambos, pai e mãe ou apenas pelo pai e apenas pela mãe.

4- Os filhos de seus irmãos (ou seja, sobrinhos), quer descendam de homens ou mulheres, tal como os filhos das filhas da sua irmã (sobrinhos-netos).

5- Os tios paternos e maternos. Eles são maharim por sangue ainda que não tenham sido mencionados na ayah, porque eles são parentes e são considerados como pessoas tendo mesmo estatuto que os pais, e um tio paterno pode ser chamado de pai. Allah diz (interpretação do significado):

“Ou fostes vós testemunhas, quando a morte se apresentou a Jacó (Ya’qub), quando ele disse a seus filhos: "O que adorareis depois de mim?" Disseram: "Adoraremos a teu deus (Ilaah- Allah, o Deus) e ao deus de teus pais – Abraão (Abraham) e Ismael (Ishmael) e Isaque (Isaac)...” [al-Baqarah 2:133]. Ismael era o tio paternal dos filhos de Jacó.

(Tafsir al-Raazi, 23/206; Tafsir al-Qurtubi, 12/232; Tafsir al-Aalusi, 18/143; Fath al-Bayaan fi Maqaasid al-Qur’aan de Siddiq Hasan Khaan, 6/352).

Maharim por radaa’ah (amamentação):

Uma mulher pode ter maharim através da radaa’ah. Diz-se em Tafsir al-Alusi:

“A relação de mahram que permite que uma mulher mostre seus adornos pode ser através da radaa’ah, tanto quanto pelos laços sanguíneos, assim isso permite que ela mostre seus adornos àqueles que são seus pais ou filhos através da radaa’ah” (Tafsir al-Aalusi. 18/143). A relação de mahram pela radaa’ah é como a relação de mahram por sangue – isso significa que o casamento é proibido para sempre em virtude desse relacionamento de mahram. Esta era a opinião mencionada pelo Imaam al-Jassaas quando ele comentou sobre esta ayah. Ele disse (que Allah tenha misericórdia dele): “Quando Allah mencionou os pais e que o casamento deles com essas mulheres é proibido para sempre, isso indica que a mesma proibição se aplica em outros relacionamentos de mahram, al como a mãe da mulher e aqueles que são maharim por radaa’ah, etc.” (Ahkaam al-Qur’aan by al-Jassaas, 3/317).

As mesmas coisas são feitas haraam pela radaa’ah tanto quanto pelos laços sanguíneos.

Diz-se também na Sunnah: “As mesmas coisas são feitas haraam pela radaa’a tanto quanto pelos laços sanguíneos.” Isso significa que as pessoas que são maharim para uma mulher por causa dos laços sanguíneos são também maharim por causa da radaa’ah. Foi relatado em Sahih Muslim que ‘Aisha Umm al-Mu’minin (‘Aisha mãe dos crentes) disse que Aflah, o irmão de Abu Qu’ays veio e pediu permissão para vê-la. Ele era seu tio pela radaa’ah. Isso foi depois que o hijab fora revelado, assim, ela se recusou dar-lhe permissão. Quando o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) veio ela lhe disse sobre o que havia feito e ele lhe disse para dar-lhe permissão. (Sahih al-Bukhari bi Sharh al-‘Asqallaani, 9/150).

Este hadith também foi narrado pelo Imam Muslim, onde a expressão é: de ‘Urwah, a partir de ‘Aisha, que lhe disse que seu tio por radaa’ah, que se chamava Aflah, pediu permissão para vê-la e ela não o permitiu. Ela disse ao Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e ele lhe disse: “Não observes hijab ante ele, posto que as mesmas relações de mahram são criadas tanto pela radaa’ah quanto pelos laços sanguíneos.”  (Sahih Muslim bi Sharh al-Nawawi, 10/22).

Os maharim de uma mulher pela radaa’ah são os mesmos que os seus maharim pelos laços sanguíneos.

De acordo com o Alcorão e a Sunnah, os fuqaha’ declararam que os maharim de uma mulher pela radaa’ah são os mesmos que seus maharim pelos laços sanguíneos. É permitido que ela mostre seus adornos ante seus maharim por radaa’ah tanto quanto é permitido que ela o faça ante os de laços sanguíneos. É permitido aos seus maharim por radaa’ah ver o que quer que seja permitido aos maharim por laços sanguíneos verem.

Maharim por casamento:

Os maharim de uma mulher pelo casamento são aqueles com quem ela está eternamente proibida de se casar, tal como a esposa do pai, a esposa do filho ou a mãe da esposa. (Sharh al-Muntahaa, 3/7).

O mahram por casamento da esposa do pai é seu filho com outra esposa, para a esposa do filho é o seu pai, e para a mãe da esposa é o marido. Allah diz na Surah al Nur (interpretação do significado):

“...E não mostrem seus ornamentos senão a seus maridos ou a seus pais ou aos pais de seus maridos ou a seus filhos ou aos filhos de seus maridos...” [al-Nur 24:31].  Os pais de seus maridos e os filhos dos seus maridos são seus maharim por casamento. Allah os mencionou juntamente com seus pais e filhos (os próprios da mulher), e os fez a todos iguais no sentido da mulher poder mostrar seus adornos ante eles. (Al-Mughni, 6/555).

Sheikh Muhammed Salih Al-Munajjid
أضف تعليقا