Quarta-feira 18 Muharram 1446 - 24 Julho 2024
Portuguese

Os povos de Dawud e Suleiman (que a paz esteja sobre eles) eram povos incrédulos?

Pergunta

Recentemente li em uma fonte diferente do Alcorão e da Sunnah que, embora Dawud e Suleiman (que a paz esteja sobre eles) fossem monoteístas que afirmassem a unicidade de Allah (Tawhid), as pessoas em seu reino eram incrédulas e politeístas, que associavam outros a Allah (shirk). Qual a sua opinião sobre isso? Por favor, responda-me com evidências do Alcorão e Sunnah sahiha. (Estou ansioso para evitar fontes Israa'iliyaat - relatos de fontes judaicas).

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Não há nenhuma maneira sólida de provar ou negar qualquer coisa sobre os profetas anteriores (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre eles), exceto o que é afirmado ou negado pelo Sagrado Alcorão e pela Sunnah Sahiha do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele). Isso porque, além dessas duas fontes, outras escrituras que foram enviadas para nações anteriores foram distorcidas, alteradas e adulteradas, portanto, qualquer informação que estas contenham pode não ser confiável. O que é mencionado no Alcorão Sagrado é definitivamente correto, e tudo o que não é mencionado nele, não há como provar ou negar; ao contrário, nos abstemos de julgar e dizemos: Allah sabe melhor.

Por isso, o Mensageiro (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Não creia no Povo do Livro e não descreia neles; por outro lado, tu deves dizer: Nós cremos em Allah e no que nos foi enviado.” Narrado por al-Bukhari (4485). Isso tem a ver com assuntos que não são afirmados nem negados no Sagrado Alcorão.

Se olharmos para os versículos do Alcorão Sagrado que falam de Dawud e Suleiman (que a paz esteja sobre eles), descobriremos que eles indicam claramente que seu povo era crente e monoteísta que afirmava a unicidade de Allah.

Na história de Dawud matando o rei incrédulo Jalut (Golias), Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

{Os que pensavam que deparariam com Allah, disseram: "Que de vezes, um pequeno grupo venceu um grande grupo, com a permissão de Allah! E Allah é com os perseverantes.”  [al-Baqarah 2:249].

Isso indica que o exército que lutou ao lado de Dawud (que a paz esteja sobre ele) creu em Allah e afirmou Sua unicidade.

Allah, Exaltado seja, diz (interpretação do significado):

{E, com efeito, concedemos a Davi favor vindo de Nós, e dissemos: "Ó montanhas! Repeti, com ele, o louvor a Allah, junto dos pássaros." E tornamos dúctil o ferro, para ele, e dissemos: "Faze cotas de malha e entrelaça bem as malhas, e fazei o bem. Por certo, do que fazeis, sou Onividente." E submetemos a Salomão o vento, cujo percurso matinal era de um mês, e cujo percurso vespertino era de um mês. E fizemos-lhe a fonte de cobre fundido. E houve, dentre os jinns, quem trabalhasse as sua ordens, com a permissão de seu Senhor. E a quem, dentre eles, se desviasse de Nossa ordem, fazíamo-lo experimentar o castigo do Fogo ardente. Faziam-lhe o que queria: santuários e estátuas e alguidares grandes como os tanques, e caldeirões assentes. E dissemos: "Laborai, Ó família de Davi, em agradecimento." Enquanto poucos, dentre Meus servos, são os agradecidos.} [Saba 34:10-13].

Isso indica que a família de Dawud cria em Allah, adorava-O e dava graças a Ele. O que se entende por família de Dawud aqui é Dawud, seus filhos e família. (Tafsir as-Sa'di, pág. 795)

E Allah, Exaltado seja, diz (interpretação do significado):

{E reuniu-se a Salomão seu exército de jinns e de humanos e de pássaros, e coordenaram-se} [an-Naml 27:17].

Sem dúvida, esses grupos eram obedientes a Suleiman (que a paz esteja sobre ele), então eles devem ter crido em Allah. Todos os versículos indicam isso.

Allah, exaltado seja, nos fala sobre Suleiman (que a paz esteja sobre ele), sua interação com Balqis e seu povo:

{Ele disse: "Ó dignitários! Quem de vós me fará vir seu trono, antes que me cheguem como moslimes submissos?"} [an-Naml 27:38].

Isso indica que suas tropas eram muçulmanas, porque o ajudaram a trazer Balqis e seu povo para o Islam. E Allah, Exaltado seja, diz (interpretação do significado):

{Um ifrit dos jinns disse: "Eu to farei vir, antes que te levantes de teu lugar. E, por certo, para isso, sou forte, leal." Aquele que tinha ciência do Livro disse: "Eu to farei vir, num piscar de olhos.”} [an-Naml 27:39-40].

É muito claro que ambos criam em Allah, Exaltado seja. O primeiro se descreveu como sendo forte e confiável, e o fundamento da confiabilidade é o temor de Allah, exaltado seja. Allah, Exaltado seja, descreveu o segundo como tendo conhecimento das escrituras, o que indica que ele era um crente.

E Allah, exaltado seja, nos diz que Suleiman disse (interpretação do significado):

{Retorna a eles. E, em verdade, chegar-lhes-emos com exército, que não poderão enfrentar, e os faremos sair dela, aviltados, e humilhados.} [an-Naml 27:37].

Essas suas tropas lutaram pela causa de Allah e lutaram contra o povo incrédulo, então como eles poderiam não ser crentes?

O que Allah, Exaltado seja, diz a respeito de Balqis – {Ela disse: "Senhor meu! Por certo, fui injusta comigo mesma, e islamizo-me, com Salomão, para Allah. O Senhor dos mundos."} [an-Naml 27:44] – definitivamente indica que ela se submeteu a Allah e creu Nele.

Todos esses versículos indicam claramente que os povos de Dawud e Suleiman (que a paz esteja sobre eles) eram crentes que afirmavam a unicidade de Allah, então nenhuma atenção deve ser dada a qualquer coisa diferente.

E Allah sabe mais.

A Fonte: Islam Q&A