Quinta-feira 20 Muharram 1444 - 18 Agosto 2022
Portuguese

Reconciliando os ahadith "O filho de Adão me ofende..." e "Ó meus servos, vós nunca podereis me causar mal..."

Pergunta

Como podemos reconciliar as palavras de Allah, exaltado seja, no hadith qudsi, “Ó meus servos, vós nunca podereis me causar mal...” e Suas palavras em outro hadith, “O filho de Adão me ofende. Ele investe contra o tempo (ad-dahr), mas Eu sou o tempo, o controle de todas as coisas está em Minhas mãos, alterno a noite e o dia”? Por favor, dê uma resposta direta para que eu possa entendê-la bem e ser capaz de ensiná-la a outros, se Allah permitir.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

No hadith de Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele), está escrito: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Allah, glorificado e exaltado seja, diz: 'O filho de Adam Me ofende. Ele investe contra o tempo (ad-dahr), mas eu sou o tempo, o controle de todas as coisas está em Minhas mãos, Eu alterno a noite e o dia.'” Narrado por al-Bukhari (4826) e Muslim (2246).

Isso não contradiz o que é narrado no hadith de Abu Dharr, do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), que narrou que Allah, exaltado seja, disse: “Ó Meus servos, vós nunca podereis Me fazer qualquer mal e nunca podereis Me trazer qualquer benefício.” Narrado por Muslim (2577).

O fato de não haver contradição fica claro a partir do seguinte:

-1- Imaginar uma conexão entre ofensa e dano, e acreditar que eles estão interligados, só é aplicável no caso de seres humanos, que são fracos e incapazes por natureza. No caso de Allah, entretanto, nada é como Ele.

Ibn al-Qayim (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

O conceito de ofensa em relação a Allah, glorificado seja, não é como a ofensa em relação às pessoas, assim como Sua raiva, Sua ira e Seu ódio não são como os das pessoas. Fim da citação de as-Sawaa'iq al-Mursalah (4/1751).

Portanto, isso é semelhante ao conceito de raiva. No caso dos seres humanos, a raiva que resulta do comportamento de alguém pode prejudicar outras pessoas. Mas Allah, exaltado seja, disse que se alguém O irrita, isso não O prejudica.

Allah, glorificado e exaltado seja, diz, descrevendo o povo da incredulidade e apostasia (interpretação do significado):

“Isso, porque eles seguiram o que encoleriza a Allah, e odiaram Seu agrado; então, Ele anulou suas obras” [Muhammad 47:28].

Mesmo que eles irritem Allah, exaltado seja, com sua descrença e más ações, eles nunca poderão prejudicá-Lo, como Ele, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“Por certo, os que renegam a Fé e afastam os homens do caminho de Allah e discordam do Mensageiro, após haver-se tornado evidente, para eles, a orientação, em nada prejudicam a Allah, e Ele anulará suas obras” [Muhammad 47:32] .

-2- A palavra adha (traduzida aqui como ofensa) é usada em relação àquilo que é de impacto leve e não atinge o nível de ferir aquele a quem é dirigida.

Shaikh al-Islam Ibn Taimiyah (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Deve-se atentar para o fato de que a palavra adha (ofensa), em termos linguísticos, se refere a algo cujo impacto é leve e seu efeito negativo é fraco, como foi mencionado por al-Khattabi e outros. É realmente como ele disse, e examinar os textos religiosos confirma, como o versículo em que Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“Eles não vos prejudicarão senão com moléstia [adha]” [Aal ‘Imraan 3:111].

Portanto, Allah diz (interpretação do significado):

“Por certo, aos que molestam a Allah e a Seu Mensageiro” [al-Ahzaab 33:57].

E Allah diz, de acordo com o hadith qudsi: “O filho de Adão Me ofende. Ele investe contra o tempo (ad-dahr). ”

E o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quem tratará de Ka'b ibn al-Ashraf? Pois, de fato, ele ofendeu Allah e Seu Mensageiro.” E continuou: “Ninguém é mais paciente em suportar a ofensa que ouve do que Allah, glorificado e exaltado seja. Eles atribuíram a Ele um igual e um filho, mas ainda assim Ele lhes concede bem-estar e provisão”. E Allah, glorificado seja, diz no hadith qudsi: “Ó meus servos, vós nunca podereis me fazer mal...” E Allah, glorificado seja, diz em Seu Livro (interpretação do significado): “E que te não entristeçam, Muhammad, os que se apressam para a renegação da Fé. Por certo, eles em nada prejudicarão a Allah” [Aal‘ Imraan 3:176].

Este versículo explica que as pessoas nunca poderão prejudicar Allah, glorificado seja, por sua incredulidade, mas elas O ofendem quando investem contra Aquele que controla todas as coisas, e atribuem a Ele um filho ou um parceiro, ou ainda, quando ofendem e insultam Seus Mensageiros e Seus servos crentes.

Fim da citação de as-Saarim al-Maslul (2 / 118-119).

Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

A ofensa não leva necessariamente a danos. Uma pessoa pode se ofender ao ouvir ou ver algo deplorável, mas não se machucar com aquilo. Ela pode se sentir ofendida com cheiros desagradáveis, como cebola e alho, mas isso não a prejudica. Portanto, Allah afirma no Alcorão que a ofensa ocorre, pois Ele, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“Por certo, aos que molestam a Allah e a Seu Mensageiro, Allah amaldiçoa-os, na vida terrena e na Derradeira Vida, e preparou-lhes aviltante castigo” [al-Ahzaab 33:57].

No hadith qudsi, Ele diz: “O filho de Adão Me ofende. Ele investe contra o tempo (ad-dahr).” Porém, Ele afirmou que nada pode prejudicá-LO, como Ele, exaltado seja, diz (interpretação do significado): “Por certo, eles em nada prejudicarão Allah” [Aal ‘Imraan 3:176]. E no hadith qudsi, Ele diz: “Ó meus servos, vós nunca podereis Me fazer mal...”

Fim da citação de al-Qawl al-Mufid (2/241).

Shaikh ‘Abdullah ibn‘ Aqil (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Com relação à reconciliação desses dois ahadith, não há contradição entre eles, todos os louvores são para Allah, porque adha (ofensa) tem um impacto mais leve do que o dano, e não há necessariamente qualquer conexão entre os dois. Adha é mencionado no Alcorão Sagrado, como no versículo em que Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“Por certo, aos que molestam a Allah e a Seu Mensageiro, Allah amaldiçoa-os, na vida terrena e na Derradeira Vida, e preparou-lhes aviltante castigo.” [al-Ahzaab 33:57].

Allah, glorificado e exaltado seja, se ofende com o que é mencionado no hadith, embora não seja possível que nenhum mal de Seus servos O alcance, como Ele, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“E que te não entristeçam, Muhammad, os que se apressam para a renegação da Fé. Por certo, eles em nada prejudicarão a Allah” [Aal‘ Imraan 3:176].

E Ele, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“E quem torna atrás, virando os calcanhares, em nada prejudicará a Allah” [Aal ‘Imraan 3:144].

E o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava dizer em seu khutbah (sermão): “E quem desobedecer a ambos – quer dizer, Allah, exaltado seja, e Seu Mensageiro (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) – prejudica ninguém mais que si mesmo e não prejudica Allah de forma alguma.”

Fim da citação de Fataawa Ibn ‘Aqil (2/273).

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A