Sábado 7 Rabi' Ath-Thani 1440 - 15 Dezembro 2018
Portuguese

Como memorizar o Alcorão Sagrado

Pergunta

Por favor, vocês poderiam aconselhar-me sobre como memorizar o Alcorão, tais como técnicas

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Regras importantes para memorização do Sagrado Alcorão:

Sinceridade. É essencial ter uma intenção pura e sincera e um objetivo adequado. Deve-se aprender o Alcorão e prestar atenção a ele por Allah, para alcançar o Paraíso e conquistar a satisfação de Allah. Allah diz (interpretação do significado): “Então, adora a Allah, sendo sincero com Ele, na devoção. Ora, de Allah é a pura devoção” [az-Zumar 39:2-3]. De acordo com um hadith qudsi, Allah diz: “Sou tão Autossuficiente que não careço de ter um parceiro. Então, aquele que age em nome de outro e também pelo Meu, rejeitar-lhe-ei esta obra àquele a quem associou a Mim.” Então, não haverá recompensa para quem lê e memoriza o Alcorão com intenção de mostrar-se ou ganhar uma boa reputação.

Corrigir a pronúncia e leitura. Isso só pode ser aprendido ouvindo alguém que leia bem ou o tenha memorizado corretamente. O Alcorão só pode ser aprendido com um professor. O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) aprendeu oralmente com Jibril, e os Sahaabah aprenderam oralmente com o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele). Então, foi transmitido oralmente dos Sahaabah para as gerações posteriores desta Ummah.

Decidir a quantidade a ser memorizada por vez. Aquele que quer aprender o Alcorão deve decidir o quanto ele quer memorizar a cada vez. Depois que ele estabeleceu seu objetivo e aprendeu a pronúncia correta, ele tem que continuar repetindo isso continuamente. Esta repetição deve ser com a entonação adequada, de modo a evitar ficar entediado e para que possa memorizá-lo corretamente. A entonação faz com que a pessoa goste de ouvi-lo, ajuda-a a memorizá-lo e faz com que a língua se acostume com esta, de modo que ele detectará erros imediatamente, pois o ritmo será interrompido. Isto é, além do fato de que o Mensageiro (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Não é um de nós aquele que não recita o Alcorão com uma entonação rítmica” (Narrado por al-Bukhari). .

Não avançar além do que se decidiu aprender em um dia até que se tenha memorizado perfeitamente. O haafiz (memorizador) nunca deve avançar para uma nova porção até que ele tenha memorizado perfeitamente a porção anterior, de modo que ela permaneça na mente dele. Uma coisa que ajudará o aluno a memorizá-lo é ocupar-se dele dia e noite, recitando-o nas orações onde o Alcorão deve ser recitado silenciosamente, e se ele estiver liderando outras pessoas em oração, recitando-o em voz alta. Ele também pode recitá-lo durante suas orações nawafil e enquanto espera por orações (congregacionais). Desta forma, será fácil memorizá-lo. Todos podem fazer isso, mesmo se ele estiver ocupado com outras coisas.

Aderir a um estilo de escrita do Mus-haf que você usa na memorização. Uma coisa que ajudará na memorização do Alcorão é ter uma cópia do Mus-haf (ou seja, escolher uma edição específica) e nunca alterá-la. Isso ocorre porque as pessoas aprendem tanto olhando como ouvindo, de modo que o padrão dos versículos e onde aparecem nas páginas do Mus-haf permanece na mente quando se lê e olha para ele. Então, se uma pessoa muda o Mus-haf com o qual está aprendendo, ou aprende de vários Masaahif - onde as posições relativas do ayaat podem variar - ficará confuso e dificultará sua memorização.

Compreensão é a chave para a memorização. Uma das coisas que é de grande ajuda na memorização é a compreensão dos versículos que se está aprendendo e como eles estão conectados uns aos outros. Isto significa que o haafiz deve ler o tafsir de alguns dos ayaat e surat que está memorizando e deve focar sua mente quando estiver lendo. Isso irá ajudá-lo a lembrar os versículos. Mas, ao memorizar os versículos, ele deve valer-se do entendimento; o que ele deve fazer é confiar na repetição para que seja fácil memorizá-los.

Não avançar até que se tenha aprendido bem uma surah. Depois de ter memorizado uma surah, o haafiz não deve passar para outra surah até que ele tenha memorizado a primeira perfeitamente, do começo ao fim, e possa recitá-la fluentemente sem ter que pensar muito sobre isso. Lembrar deve ser fácil, e ele não deve passar para outra surah até ter certeza de que memorizou a primeira.

Recitar continuamente para outra pessoa. O haafiz não deve confiar no treinamento sozinho; ele tem que recitar o que memorizou para outro haafiz, ou para alguém que possa seguir sua recitação no Mus-haf. Esta outra pessoa deve ser alguém que saiba recitar corretamente o Alcorão, para que possa apontar quaisquer erros ou omissões na pronúncia ou leitura. Muitas vezes acontece que um indivíduo pode memorizar uma surah incorretamente por si mesmo, e ele não percebe isso mesmo quando olha para o Mus-haf. Portanto, a pessoa que quer memorizar uma surah olha no Mus-haf e não vê onde está cometendo um erro em sua recitação. Então, recitar para outra pessoa é um excelente meio de se corrigir os erros.

Acompanhamento contínuo. Quando se trata de memorização, o Alcorão é diferente de qualquer outro material, como poesia ou prosa, pois pode ser rapidamente esquecido. O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "Por Aquele em cujas mãos está minha alma, ela (a memorização) luta mais para fugir do que um camelo coxo.” (muttafac alaihi). Só é preciso deixá-lo por um tempo e este escapa à mente e é rapidamente esquecido. Então, é preciso continuar a revisá-lo e sempre trabalhar duro para reter o que se memorizou do Alcorão. Com relação a isso, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele) disse: “Aquele que memorizou o Alcorão é como o dono de um camelo manco. Se ele prestar atenção àquele e cuidar dele, mantê-lo-á, mas se deixa-lo ir, perdê-lo-á.” (muttafac alaihi) Isso significa que aquele que memorizou o Alcorão deve recitá-lo regularmente como parte de seu wird [dhikr regular]. Pelo menos, deve recitar um dos trinta juz' e, no máximo, deve recitar dez juz' cada dia, porque o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quem ler o Alcorão inteiro em menos de três dias não o entenderá.” (muttafac alaihi). Ao recitar continuamente desta forma, ele reterá o que memorizou.

Prestar atenção às partes do Alcorão que se assemelham. Algumas partes do Alcorão se assemelham em seus significados e palavras. Allah diz: (interpretação do significado): “Allah fez descer a mais bela narrativa: um Livro de partes semelhantes, reiterativo. De ouvi-lo, as peles dos que receiam a seu Senhor arrepiam-se; em seguida, suas peles e seus corações tornam-se dúcteis à menção de Allah.” [az-Zumar 39:23]. Portanto, o bom leitor do Alcorão deve prestar atenção especial àquelas partes que se assemelham, isto é, as partes em que o texto é semelhante, pois isso o ajudará a memorizá-lo adequadamente.

Aproveitar ao máximo os melhores anos. Aquele que é verdadeiramente abençoado é aquele a quem Allah capacita para aproveitar ao máximo os melhores anos para a memorização, que ocorrem aproximadamente entre os cinco e vinte e três anos de idade. Durante esses anos, uma pessoa é capaz de memorizar as coisas muito bem. Antes dos cinco anos de idade, ela não é capaz de fazê-lo e, após os vinte e três anos de idade, sua capacidade de memorização declina enquanto sua capacidade de compreensão aumenta. Assim, jovens dessas idades devem aproveitar ao máximo e memorizar o Livro de Allah, porque eles estão na idade em que serão capazes de aprendê-lo rapidamente e demorarão a esquecê-lo, ao contrário de quando ficam mais velhos. Falou a verdade quem disse: “Memorizar quando se é jovem é como gravar algo sobre pedra; aprender algo quando se é velho é como gravar algo na água.”

É nosso dever para com o Livro de Allah memorizá-lo apropriadamente, aceitar e seguir sua orientação, e torná-lo a constituição de nossas vidas, a luz de nossos corações e o conforto de nossas almas. Espero que estas regras formem uma boa base para aqueles que sinceramente desejam memorizar o Livro de Allah corretamente.

E Allah sabe melhor. Que Allah abençoe nosso Profeta Muhammad.

A Fonte: Sheikh Muhammed Salih Al-Munajjid

Enviar comentário