Quarta-feira 11 Shawwal 1441 - 3 Junho 2020
Portuguese

É permitido que ele beba garrafas de água que doou para a mesquita?

Pergunta

Qual é o parecer sobre usar as coisas que dei em caridade? Doei um pouco de perfume e garrafas de água à mesquita e, de tempos em tempos, uso desse perfume ou da água na mesquita. Qual é o ponto de vista islâmico sobre isso?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

No que diz respeito a qualquer waqf (caridade inalienável) ou doação que é feita à mesquita – ou a qualquer outra causa, deve ser manuseada e utilizada de acordo com as condições estipuladas por quem instaurou o waqf ou quem doou.

O Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

O que é necessário em relação a qualquer coisa dada como waqf é que as pessoas a utilizem de acordo com as condições estipuladas por quem a instaurou.

Fim da citação de Fataawa Nur ‘ala ad-Darb (16/2).

Com base nisso, quem cria o waqf pode também se beneficiar desse waqf que foi criado para o benefício público, como qualquer outro muçulmano, sem se beneficiar mais do que um muçulmano comum se beneficiaria. Portanto, ele pode beber daquilo como os outros bebem e se beneficiar de outras maneiras como outros muçulmanos, desde que ele não estipule nenhuma outra condição além disso.

‘Uthmaan (que Allah esteja satisfeito com ele) designou um poço em Madinah como waqf, e ele costumava beber dali, assim como outros muçulmanos.

At-Tirmidhi (3703) narrou de 'Uthmaan (que Allah esteja satisfeito com ele) que disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quem comprará o poço de Rumah e beberá dele como os outros muçulmanos, em troca de algo melhor do que isso no Paraíso?” 'Uthmaan disse: “Então, eu o comprei com minha própria riqueza.” Classificado como hasan por al-Albaani em Sahih at-Tirmidhi.

Ibn Hajar al-Haithami (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

As palavras relativas ao waqf de Uthmaan do poço de Rumah, "beberá dele como os outros muçulmanos", não eram uma condição; ao contrário, indicam que quem cria o waqf também pode se beneficiar deste, que foi instaurado para o benefício do público.

Fim da citação de al-Fataawa al-Fiqhiyah al-Kubra (2/275).

Ibn Battaal (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Quem designar um poço como um waqf para fornecer água potável, não haverá nada errado se beber deste, mesmo que ele não estipule isso, porque ele também está incluído entre aqueles a quem é fornecida água potável.

Fim da citação de Sharh Sahih al-Bukhari (6/492).

Al-Bukhari (que Allah tenha misericórdia dele) disse em seu Sahih (4/7):

Qualquer pessoa que dedique um camelo ou algo a Allah pode fazer uso dele como os outros, mesmo que ele não estipule isso. Fim da citação.

Com base nisso, quem doar garrafas de água para a mesquita, esta doação é destinada aos crentes daquela mesquita. Nesse caso, o doador é um dos crentes, por isso é permitido que ele beba dessa água, assim como outros.

O mesmo pode ser dito em relação ao perfume. Se ele doou para os crentes usarem, ele também pode usá-lo, como qualquer outro crente.

E Allah sabe melhor.

Enviar comentário