Sexta-feira 6 Shawwal 1441 - 29 Maio 2020
Portuguese

O I’tikaaf de ambos, homem e mulher, só são válidos se observados na mesquita?

Pergunta

Uma mulher pode observar o i’tikaaf em sua casa?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Os sábios concordam que o i’tikaaf de um homem só é válido se for observado na mesquita, porque Allah diz (interpretação do significado):

“E não vos junteis a elas (às esposas), enquanto estiverdes em retiro nas mesquitas (ou seja, confinando-se para orações e súplicas e abandono das atividades mundanas)”

[al-Baqarah 2:187]

Então, i’tikaaf é algo que deve ser feito especificamente na mesquita.

Veja al-Mughni, 4/461

No que diz respeito às mulheres, a maioria dos sábios é de opinião que, como no caso dos homens, seu i’tikaaf não é válido, a menos que seja observado na mesquita, por causa do versículo citado acima (interpretação do significado):

“E não vos junteis a elas, enquanto estiverdes em retiro nas mesquitas”

[al-Baqarah 2:187]

As esposas do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) pediram permissão para observar o i’tikaaf na mesquita e ele lhes deu permissão. Elas costumavam observar o i’tikaaf na mesquita depois que ele havia falecido.

Se fosse permitido a uma mulher observar o i'tikaaf em sua casa, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) teria dito a elas que fizessem isso, porque é melhor que uma mulher permaneça oculta em sua casa do que saia para a mesquita.

Alguns dos sábios consideraram que é válido para uma mulher observar o i’tikaaf na "mesquita" de sua casa, que é o local que ela aloca para rezar em sua casa.

Mas a maioria dos sábios disse que isso não é permitido e afirmou que o lugar em que a mulher reza em sua casa não é denominado masjid (mesquita), a não ser por meio de metáfora, e não é realmente uma mesquita, por isso não atende às regras das mesquitas, dessa forma, é permitido que pessoas que estão em junub (em estado de impureza) e mulheres menstruadas entrem ali.

Veja al-Mughni, 4/464.

An-Nawawi disse em al-Majmu' (6/505):

Não é válido para homens ou mulheres observar o i’tikaaf em qualquer outro lugar que não seja a mesquita; não é válido na mesquita da casa de uma mulher ou na mesquita da casa de um homem, que seria um espaço reservado para a oração.

Shaikh Ibn 'Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) foi perguntado em Majmu' al-Fataawa (20/264) sobre onde uma mulher que quer observar o i’tikaaf deveria fazê-lo?

Ele respondeu:

Se uma mulher quiser observar o i’tikaaf, ela deve fazê-lo na mesquita, desde que isso não envolva nada que seja proibido de acordo com a shari’ah. Se isso envolver algo proibido, ela não deve fazê-lo.

É dito em al-Mawsuah al-Fiqhiyyah (5/212):

Os sábios diferiram quanto ao local onde as mulheres deveriam observar o i’tikaaf. A maioria é da opinião de que as mulheres são como homens, e o seu i’tikaaf não é válido, a menos que observado na mesquita. Com base nisso, não é válido que uma mulher observe i'tikaaf na mesquita de sua casa, por causa do relato narrado por Ibn 'Abbaas (que Allah esteja satisfeito com ele), que perguntou sobre uma mulher que jurou observar o i’tikaaf na mesquita de sua casa. O profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "(Esta é) uma inovação, e as ações mais odiosas para Allah são inovações (bid'ah)." Portanto, não pode haver i’tikaaf, exceto em uma mesquita na qual as orações são estabelecidas. E a mesquita de uma casa não é uma mesquita no sentido real da palavra e não está sujeita às mesmas regras; é permitido alterar o espaço para que uma pessoa que está junub durma ali. Além disso, se fosse permitido (observar o i’tikaaf em casa), as esposas do Profeta (que Allah esteja satisfeito com elas) teriam feito isso pelo menos uma vez para mostrar que é permitido.

Enviar comentário