Sábado 8 Safar 1442 - 26 Setembro 2020
Portuguese

Toda pessoa que reside em um país é obrigada a iniciar e terminar o jejum com aquela população

Pergunta

Nós somos da terra dos Dois Santuários, e trabalhamos na embaixada de um dos países asiáticos muçulmanos (Paquistão). Deveríamos começar e terminar o jejum junto com o Reino ou com o país onde vivemos?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

O que parece ser o caso, com base nas evidências shar'i, é que cada pessoa que vive em um determinado país deve começar o jejum com aquele povo, porque o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “O início do jejum é o dia em que tu começas e o fim do jejum é o dia em que tu terminas, e o dia do sacrifício é o dia em que tu ofereces o teu sacrifício.” E porque é sabido no Islam que somos ordenados a nos unir e nos precaver contra divisões e diferenças, e porque os avistamentos da lua podem diferir de uma região para outra, de acordo com o consenso dos sábios, como Shaikh al-Islam Ibn Taimiyah (que Allah tenha misericórdia dele) afirmou. Com base nisso, o funcionário da embaixada no Paquistão que começa a jejuar com os paquistaneses está mais próximo do caminho certo do que aquele que começa o jejum com a Arábia Saudita, devido à distância entre os dois países e à diferença entre os avistamentos de lua nestes. Sem dúvida, quando os muçulmanos começam e terminam o jejum quando a lua é vista ou quando 30 dias do mês foram concluídos em qualquer país muçulmano, eles estão mais próximos do significado aparente das evidências shar'i. Mas se isso não for possível, o mais aproximado é o que mencionamos acima. E Allah, glorificado seja, é a fonte de força. Fim da citação.

Shaikh ‘Abd al-‘Aziz ibn Baaz (que Allah tenha misericórdia dele)

Majmu' Fataawa wa Maqaalaat Mutanawwiah (15/98, 99)

Também foi perguntado ao Shaikh Ibn Baaz: A observação da lua nova do Ramadan e Shawwaal pode ocorrer dois dias depois no Paquistão, em relação à Arábia Saudita. Deve-se jejuar com a Arábia Saudita ou com o Paquistão?

Ele respondeu:

O que parece ser o caso para nós é que você precisa jejuar com os muçulmanos do local onde está, por dois motivos. O primeiro é que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “O começo do jejum é o dia em que tu começas e o fim do jejum é o dia em que tu terminas, e o dia do sacrifício é o dia em que tu ofereces teu sacrifício.” (narrado por Abu Dawud e outros, com um isnaad hasan), então você e seus irmãos, desde que estejam no Paquistão, devem jejuar com eles quando jejuam e quebrar com eles quando eles quebram o jejum, porque seu caso se inclui nessas palavras e porque o avistamento da lua varia de um lugar para outro. Alguns dos sábios, incluindo Ibn ‘Abbaas (que Allah esteja satisfeito com ele) eram da opinião de que as pessoas de cada terra têm seu próprio avistamento da lua.

A outra razão é que, se você diferir dos muçulmanos onde está no que diz respeito ao início e ao fim do jejum, isso causará confusão, provocará perguntas e objeções e incitará disputas e argumentações. O Islam veio incentivar o acordo, a harmonia e a cooperação em justiça e piedade, e encorajar as pessoas a evitar brigas e discussões, porque Allah diz (interpretação do significado): “E agarrai-vos todos à corda de Allah, e não vos separeis.” [Aal 'Imraan 3:103].

E o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse, quando enviou Mu'aadh e Abu Mussa ao Iêmen: "Dai boas novas e não desanimai as pessoas, estai em harmonia e não sejais diferentes" Fim da citação.

Majmu' Fataawa wa Maqaalaat Mutanawwiah (15/103, 104).

A Fonte: Islam Q&A