Quinta-feira 19 Jumada Al-Awwal 1440 - 24 Janeiro 2019
Portuguese

Parecer sobre a reunião para oferecer dua’ no dia de 'Arafat

Pergunta

Qual é o parecer sobre uma reunião para se oferecer dua’ no dia de 'Arafat, seja em 'Arafat ou em outro lugar? O que se quer dizer é que um dos peregrinos recita a dua’, denominada “dua’ para o dia de 'Arafat”, que é narrada em alguns livros de dua', ou outra dua’, e os outros peregrinos repetem o que foi dito, sem dizer “amin”. Esta dua’ é uma inovação (bid'ah) ou não? Esperamos que vocês possam esclarecer o assunto, citando a evidência relevante.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah

O que é melhor para o peregrino neste dia importante é esforçar-se em oferecer dua’ e suplicar a Allah, glorificado e exaltado seja, levantando as mãos, porque o Mensageiro (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) esforçou-se em oferecer dua’ e suplicar neste dia, até o pôr do sol. Ele fez isso depois de orar Dhuhr e 'Asr juntos no vale de 'Arnah, indo, então, para o lugar de estar de pé, e permaneceu lá ao lado das rochas e da montanha onde se suplica – que é chamada Jabal Ilaal. Ele esforçou-se em oferecer dua’ e dhikr, levantando as mãos, olhando para a direção da qiblah, montado em seu camelo. Allah, glorificado seja, prescreveu para Seus servos o oferecimento de dua’, com humildade e em privado, humilhando-se diante de Allah, glorificado e exaltado seja, com esperança e temor. Este é um dos melhores lugares e tempos para dua', porque Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado): “Invocai a vosso Senhor, humilde e secretamente” [al-A'raaf 7:55] e “E invoca teu Senhor, em ti mesmo” [al-A'raaf 7:205]. E em as-Sahihein é narrado que Abu Musa al-Ash'ari (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: As pessoas elevaram suas vozes em súplica e o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Ó povo, acalme-se, pois vós não estais chamando Aquele que está surdo ou ausente; ao contrário, vós estais invocando Aquele que é Oniouvinte, Onisciente. Aquele sobre o qual vós invocais está mais perto de um de vós do que o pescoço de vossa montaria.” E Allah, glorificado e exaltado seja, louvou Zakariya (que a paz esteja com ele) por isso, como Ele, glorificado e exaltado seja, disse (interpretação do significado): “Este é o relato da misericórdia de teu Senhor, para com Seu servo Zacarias, Quando ele chamou por seu Senhor, em secreto chamado.”, [Maryam 19:2-3]. E Allah, glorificado e exaltado seja, diz (interpretação do significado): “E vosso Senhor disse: ‘Suplicai-Me, Eu vos atenderei. Por certo, os que se ensoberbecem diante de Minha adoração entrarão na Gina, humilhados.’” [Ghaafir 40:60].

E há muitos versículos e ahadith que nos impelem a lembrar de Allah (dhikr) e invocá-Lo (dua’). Nesta ocasião em particular, é prescrito lembrar-se muito Dele e invocá-Lo, dedicando essa adoração somente a Ele com presença de espírito, esperança e temor. É prescrito elevar a voz através do dhikr e dua’, e do Talbiyah, como o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e seus Companheiros (que Allah esteja satisfeito com eles) o fizeram. Foi narrado por ele (que as que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) que disse a respeito daquele dia: “A melhor das dua' é a dua' no dia de 'Arafat, e a melhor das que eu e os profetas anteriores a mim fizeram é 'Laa ilaaha ill-Allah wahdahu la sharika lah, lahu'l-mulk wa lahu'l-hamd wa 'ala' kulli shay'in qadir (Não há divindade senão Allah Único, sem parceiro ou associado; Seu é o domínio, para Ele o louvor e Ele tem poder sobre todas as coisas.”

Mas no que diz respeito à dua' em congregação, desconheço qualquer base para isso, e para estar no lado seguro, é melhor não fazê-lo, porque não foi narrado a partir do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) ou de seus Companheiros (que Allah esteja satisfeito com eles), até onde eu sei. Mas se uma pessoa disser dua' entre um grupo de pessoas e estas disserem amin à sua dua', não há nada de errado com isso, como no caso de dua’ al-qunut, ou dua' após a conclusão do Alcorão (khatm al-Alcorão), dua' para a chuva e assim por diante.

Mas, quanto a se reunir no Dia de 'Arafat, em 'Arafat ou em qualquer outro lugar, não há embasamento para isso em nenhum relato do Profeta (que a paz as bênçãos de Allah estejam sobre ele). O Profeta (que as bênçãos e a paz de Allah estejam sobre ele) disse: “Aquele que introduzir qualquer coisa nesse nosso assunto, que não seja parte dele, será rejeitado”. Narrado por Muslim em seu Sahih. E Allah é a fonte de força.

Fim da citação de Majmu’ Fataawa ash-Shaikh Ibn Baaz (17/272)

Enviar comentário