Terça-feira 3 Rabi' Ath-Thani 1440 - 11 Dezembro 2018
Portuguese

Parecer sobre a celebração do aniversário do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) sem nenhum canto ou outras coisas haraam.

Pergunta

Minha pergunta é sobre celebrar o aniversário do Mensageiro (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) na Espanha. Nós nos aproveitamos desta ocasião para nos reunirmos e estreitar os laços de irmandade, e para que nossos filhos possam se conhecer e sentirem-se orgulhosos da religião deles, e para protegê-los da lavagem cerebral à qual nossas crianças estão sujeitas na época do festival deles (dos não-Muçulmanos), tais como carnavais, dia dos namorados e assim por diante.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar

Os biógrafos diferiram sobre a data do nascimento do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), mas eles estão de acordo que ele morreu em doze de Rabi’ al-Awwal, 11 AH. Este é o dia que é celebrado pelas pessoas comuns, que o chamam de Mawlid ou o aniversário do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele).

Para mais informações sobre este assunto, por favor, consulte a resposta à pergunta nº 125690 .

Em segundo lugar:

Não existe tal coisa no Islam como o chamado "aniversário do Profeta". Nem os Sahaabah (companheiros), nem os Taabi'in (seguidores, geração posterior à dos companheiros), nem os imams, nem os principais sábios do Islam que vieram depois deles mencionaram qualquer dia assim, muito menos o celebraram. Em vez disso, este festival foi introduzido por alguns inovadores entre os baatinis ignorantes (seguidores de seitas esotéricas), então o povo comum, em muitas regiões, seguiu esta inovação.

Já explicamos anteriormente em pormenores que celebrar esta ocasião é uma espécie de inovação. Por favor, veja as respostas às perguntas nº 10070, 13810 e 70317.

Em terceiro lugar:

Parte dos que amam a Sunnah, que foram influenciados pelo que veem de celebrações em seus países, pensam que podem estar a salvos de cair na inovação ao reunirem-se com suas famílias e fazerem comida especial por esta ocasião, a qual comem juntos. Alguns deles reúnem-se com seus amigos e parentes para o mesmo propósito e outros se juntam com as pessoas para ler a biografia do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) ou para ouvirem palestras religiosas.

Semelhante a isso é a sua boa intenção em reunir-se e incutir um espírito de orgulho no Islam no Ocidente, em países não-Muçulmanos.

Mas, na verdade, todas estas intenções não tornam essas suas reuniões islamicamente aceitáveis; ao contrário, elas são inovações repreensíveis.Na verdade, se você está procurando por um festival para celebrar, então os dois Eids (festivais), al-Fitr e al-Adha, são os únicos Eids dos Muçulmanos; se você quer qualquer eid fora esses, então em nossa visão a sexta-feira é o eid semanal, assim, reúna-se nesse dia para oferecer a oração Jum’uah e incutir orgulho no Islam.

Se não é possível para você fazer isso, então existem muitos outros dias no ano e você pode se reunir em alguma outra ocasião, que não seja um festival inovado; antes, isso deve ser em alguma ocasião permitida, tal como um casamento ou uma reunião para uma refeição, ou uma ‘aqiqah (festa para cumprir com a sunnah para o recém-nascido), ou para oferecer felicitações. Qualquer destas podem ser ocasiões para fazer as coisas que você mencionou, tal como fortalecer os laços, reunir-se e encorajar uns aos outros a aderir ao Islam.

A seguir algumas fatawa de sábios com relação ao parecer daqueles que se reúnem com tais intenções nessa ocasião:

1) Imam Abu Hafs Taaj ad-Din al-Faakihaani (que Allah tenha misericórdia dele) disse, discutindo os diferentes tipos de Mawlids:

(i) Quando um homem o organiza, às suas custas, para sua família, amigos e crianças, e nesta reunião eles não fazem mais do que comer comida; eles não cometem nenhum pecado. Isto é o que descrevemos como uma inovação repugnante e repreensível, porque isso não foi feito por nenhuma das pessoas virtuosas anteriores, que são os fuqaha’ e principais sábios do Islam.

Al-Mawrid fi ‘Aml al-Mawlid, p. 5 

2) Ibn al-Hajj al-Maalik (que Allah tenha misericórdia dele) disse com relação ao parecer sobre a celebração do aniversário do Profeta sem males de música, canto e livre mistura entre homem e mulher:

Se é livre (desses males) e ele apenas faz comida e intenciona que ela seja pelo Mawlid, convida outros para virem e comerem e evita tudo que foi mencionado acima, ainda assim é uma inovação apenas pela intenção, porque isso é adicionar algo à religião, e esta não era a prática das gerações mais antigas (os Sahaabah e os Taabi’in) e seguir a prática das gerações mais antigas é mais apropriado. Em vez disso, (seguir sua prática) é um dever e nada deve ser adicionado que seja contrário à maneira deles, porque eles foram os mais ávidos das pessoas em seguir a Sunnah do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e reverenciar a ele e à sua Sunnah, e eles foram os pioneiros em fazê-lo. Mas não há relato que qualquer deles jamais pretendeu celebrar o aniversário do Profeta. Somos seus seguidores, assim, deveríamos estar satisfeitos com o que eles estavam satisfeitos. Sabe-se que devemos segui-los em termos de conhecimento e prática, como o Shaikh Imam Abu Taalib al-Makki (que Allah tenha misericórdia dele) disse em seu livro.

Al-Madkhil, 2/10 

3) E ele (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

E alguns deles são cautelosos em evitar isso – ou seja, ouvir coisas haraam – e fazem o Mawlid ao ler al-Bukhari e etc. ao invés de disso. Mesmo que a leitura de hadith em si seja um dos maiores atos de adoração que aproximam a pessoa de Allah e haja uma grande bênção e bastante benefício nisso, isso só se aplica sob a condição de que seja feito de forma apropriada e Islamicamente aceitável, não com a intenção do Mawlid. Você não vê que a oração é um dos maiores meios de se aproximar de Allah, Exaltado seja, mas, apesar disso, se uma pessoa o faz em um momento diferente do tempo prescrito para tal, isso é censurável e contrário ao Islam? Se isto se aplica à oração, então o que acha sobre outros assuntos?

Al-Madkhil, 2/25 

Consulte também a resposta à pergunta nº 117651.

Resumindo:

Não é permitido que você se reúna nesta ocasião inovada com o propósito que mencionou, de se reunir e oferecer aconselhamento sincero. Você pode alcançar estes nobres objetivos em alguma outra ocasião diferente desta; você tem o ano inteiro para organizar reuniões em qualquer dia. Esperamos que Allah, Exaltado seja, o guie e o ajude a praticar boas ações e o aumente em orientação.

E Allah sabe melhor.

Resposta relacionadas

Enviar comentário