Quinta-feira 14 Dhu Al-Hijjah 1445 - 20 Junho 2024
Portuguese

Súplicas do Profeta por refúgio em Allah e dhikr em momentos de tribulação e dificuldades

Pergunta

Há alguma duaa’a que possamos dizer em tempos de calamidade e tribulação, como em tempos de guerra e ataques dos kuffar contra os países muçulmanos?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava buscar refúgio em Allah durante muitas provações e tribulações, como foi dito no hadith de Zaid ibn Thaabit que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Buscai refúgio em Allah contra provações e tribulações, tanto visíveis quanto ocultas” Narrado por Muslim, 2867.

Foi narrado por Ibn 'Abbaas (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Meu Senhor veio até mim esta noite na forma mais bela…” e neste hadith ele disse que Allah falou: “Ó Muhammad, quando tu suplicares, então diz: 'Allaahumma inni as'aluka fi'l al-khayraat wa tark al-munkaraat, wa hubb al-masaakin, wa an taghfira li wa tarhamani wa tatuba 'alayya. Wa in aradta bi 'ibaadika fitnatan, faqbidni ilayka ghayra maftun [Ó Allah, peço-Te (que me permita) praticar boas ações e evitar más ações, e amar os pobres, e (peço-Te) que me perdoe, tende misericórdia de mim e aceita meu arrependimento. Se quiseres que alguma provação aconteça a Teus servos, então leva-me até Ti (isto é, faz-me morrer) sem ter sido submetido a essa provação].” Narrado por at-Tirmidhi, 3233; al-Albaani disse sobre este hadith em Sahih al-Targhib wa’l-Tarhib (408), é sahih li ghairihi.

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava buscar refúgio contra as provações e tribulações porque, quando elas surgiam, não recaíam apenas sobre os malfeitores, mas sim sobre todos.

É uma boa ideia familiarizar-nos com os ahadith que mencionam adhkaar (pl. dhikr) que têm a ver com provações, tribulações e desastres, para que possamos invocar Allah com estas palavras e espalhar este conhecimento e memorizar tudo o que pudermos sobre elas… além de compreender seus significados para que possamos adorar Allah por meio deles, porque são as melhores palavras que podem ser ditas nessas circunstâncias.

1 – Abu Burdah ibn 'Abd-Allaah narrou de seu pai que quando o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) tinha medo de algumas pessoas, ele dizia: “Allaahumma inna naj'aluka fi nuhurihim wa na'udhu bika min shururihim (Ó Allah, nós Te colocamos diante deles e buscamos refúgio em Ti contra o mal deles).” Narrado por Abu Dawud, 1537; classificado como sahih por al-Albaani em Sahih Abi Dawud, 1360.

2 – Foi narrado por Ibn 'Abbaas (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava dizer em momentos de angústia: “Laa ilaaha ill-Allaah al-'Azim al-Halim, laa ilaaha ill-Allaah Rabb al-'Arsh al-'azim, la ilaaha ill-Allaah Rabb ul-samawaati wa Rabb ul-ard wa Rabb ul-'Arsh il-karim (Não há deus senão Allah, o Todo-Poderoso, o Tolerante; não há deus senão Allah, Senhor do poderoso Trono; não há deus senão Allah, Senhor do céu, Senhor da terra e Senhor do nobre Trono). Narrado por al-Bukhari, 6345; Muslim, 2730.

3 – O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “As palavras de alívio são: Laa ilaaha ill-Allaah al-'Azim al-Halim, laa ilaaha ill-Allaah Rabb al-'Arsh al-'Azim, la ilaaha ill-Allaah Rabb ul-samawaati wa Rabb ul-ard wa Rabb ul-'Arsh il-Karim (Não há deus senão Allah, o Todo-Poderoso, o Tolerante; não há deus senão Allah, Senhor do poderoso Trono; não há deus senão Allah, Senhor do céu, Senhor da terra e Senhor do nobre Trono) Sahih al-Jaami’ al-Saghir wa Ziyaadatuhu, 4571.

4 – Quando o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) partia em uma campanha militar, ele dizia: 'Allaahumma anta 'adudi wa anta nasiri wa bika uqaatil (Ó Allah, Tu és minha ajuda e meu apoio e por Tua ajuda eu luto) Narrado por at-Tirmidhi, 3584; classificado como sahih por al-Albaani em Sahih at-Tirmidhi, 2836.

5 – O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Não devo vos contar algo que, se alguma calamidade ou desastre mundano acontecer a qualquer homem entre vós e ele disser estas palavras, ele ficará aliviado disso? (É) a duaa’a' de Dhu'l-Nun: “Laa ilaaha illa anta subhaanaka inni kuntu min al-dhâalimin (ninguém tem o direito de ser adorado exceto Tu (Ó Allah), Glorificado (e Exaltado) sejas Tu [acima de todo (mal) que eles associam a Ti]! Verdadeiramente, eu tenho sido um dos injustos)”. De acordo com outro relato: “Nenhum homem muçulmano diz esta duaa’’ a respeito de qualquer coisa, sem que Allah responda à sua oração.” Sahih al-Jaami’ al-Saghir wa Ziyaadatuhu, 2065

6 – O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava ensinar seus Sahaabah a dizer estas palavras quando sentiam medo: “A'udhu bi kalimaat-illaah il-taammati min ghadabihi wa min sharri 'ibaadihi wa min hamazaat al-shayaatini wa an yahdurun (busco refúgio nas palavras perfeitas de Allah contra Sua ira e contra a maldade dos Seus servos e contra os maus impulsos dos demônios e presença deles).” Narrado por Abu Dawud, 3893; classificado como hasan por al-Albaani em Sahih Abi Dawud, 3294.

7 – O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “A duaa’a da pessoa que está em perigo é: 'Allaahumma rahmataka arju fa laa takilni ilaa nafsi tarfat 'ain wa aslih li sha' ni kullahu laa ilaaha illa anta (Ó Allah, pela Tua misericórdia eu tenho esperança, então não me deixe no comando dos meus assuntos nem por um piscar de olhos; retifique todos os meus assuntos. Não há deus, exceto Tu)'” Narrado por Abu Dawud, 5090; classificado como hasan por al-Albaani em Sahih Abi Dawud, 4246.

8 – Se algum assunto o estivesse incomodando, ele diria: Yaa Hayyu yaa Qayyum bi rahmatika astaghith (Ó Eterno, Ó Sustentador, por Tua misericórdia procuro Tua ajuda).” Segundo outro relato: “Se algum assunto o preocupasse ou o angustiasse.” Sahih al-Jaami’ al-Saghir, 4791.

9 – O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse para Asma’ bint ‘Umais: “Não devo lhe ensinar algumas palavras que tu possas dizer em momentos de angústia e dificuldades? ‘Allahu rabbi laa ushriku bihi shai’an (Allah é meu Senhor, eu não associo nada a Ele).’” Narrado por Abu Dawud, 1525; classificado como sahih por al-Albaani em Sahih Abi Dawud, 1349.

De acordo com uma versão narrada em as-Sahih al-Jaami', “Quem é afligido por preocupação, angústia, doença ou sofrimento e diz: Allahu rabbi laa sharika lah (Allah é meu Senhor, Ele não tem parceiro ou associado), ficará aliviado daquilo.”

E há outros ahadith que terão um efeito positivo em tempos de tribulação e medo, trazendo paz de espírito e segurança física, e aproximando a pessoa de Allah… devemos nos contentar com o que foi narrado nos relatos sahih do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), pois isso é suficiente e não precisamos de relatos que não sejam autênticos. Isto é melhor.

E Allah sabe mais.

A Fonte: Islam Q&A