Sábado 3 Dhu Al-Hijjah 1443 - 2 Julho 2022
Portuguese

Ele não jejuou no Ramadan porque estava se tratando com quimioterapia; o que ele deve fazer?

Pergunta

Atualmente estou sendo tratado com quimioterapia para câncer de fígado, que envolve comprimidos diários e injeções intravenosas. Meu médico me aconselhou a não jejuar, por causa da fraqueza geral causada pela quimioterapia e pela necessidade de beber líquidos continuamente. O tratamento durará seis meses, então meu caso será reavaliado para descobrir o sucesso deste. Pode haver exigência de mais dois meses de tratamento ou o uso de outro tipo de tratamento se não houver progresso, como radioterapia ou intervenção cirúrgica. Espero que você possa me explicar o que é exigido de mim em relação a este mês que não pude jejuar. Se eu rezar o Tarawih em casa, porque não posso ir à mesquita, a recompensa do qiyaam (rezar à noite) será registrada para mim? O que devo fazer se não puder rezar o qiyaam alguma noite por estar muito cansado? Devo fazer esta oração no dia seguinte?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

Pedimos a Allah, Exaltado seja, que te cure e te conceda o bem-estar.

Em segundo lugar:

Não há nada de errado em você não jejuar durante o mês do Ramadan por causa da doença, então se você puder jejuar depois disso, compense este mês, mas se você não puder fazê-lo, então deve alimentar uma pessoa pobre para cada dia que não jejuou.

Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Aquele que não é capaz disso não é obrigado a jejuar, porque Allah, Exaltado seja, diz (interpretação do significado): “E quem estiver enfermo ou em viagem, que jejue o mesmo número de outros dias” [al-Baqarah 2:185].

Mas, é claro que a incapacidade de jejuar é dividida em duas categorias: incapacidade temporária e incapacidade permanente.

A incapacidade temporária refere-se aos casos em que há a esperança de que o impedimento seja removido, e é isso que é mencionado na pergunta. Portanto, aquele que não pode jejuar deve esperar até que seu problema termine, então deve compensar os jejuns perdidos, porque Allah, Exaltado seja, diz: “que jejue o mesmo número de outros dias (ou seja, repondo os dias de jejum perdidos, em outro momento)”.

A incapacidade permanente refere-se aos casos em que não há esperança de que o impedimento seja removido. Neste caso o indivíduo deve alimentar um pobre para cada dia que não jejuar.

Fim da citação de ash-Sharh al-Mumti' (6/324-325)

Em terceiro lugar:

A recompensa de rezar o qiyaam (Tarawih) será registrada para o muçulmano, quer ele o reze na mesquita ou em casa, embora seja preferível rezar na mesquita.

Se uma pessoa reza reguslarmente na mesquita todos os anos, então ela reza em casa por causa da doença, Allah registrará para ela a recompensa disso na íntegra, como se rezasse na mesquita.

Foi narrado que Abu Mussa (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Se uma pessoa adoecer ou viajar, será registrada para ela uma recompensa como aquela que costumava fazer quando estava em casa e era saudável.”

Narrado por al-Bukhari (2996)

Em quarto lugar:

Se uma pessoa perde a oração da noite por uma razão como, por exemplo, estar doente ou adormecer e coisas semelhantes, então é prescrito que ela reponha durante o dia.

Foi narrado de 'Aisha (que Allah esteja satisfeito com ela) que se o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) perdesse uma oração à noite devido à dor ou qualquer outro motivo, ele rezava doze rakaat durante o dia.

Narrado por Muslim (746)

An-Nawawi (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Isso indica que é mustahabb persistir na recitação de awraad (porção diária de dhikr) e que, se for perdido, deve ser reposto.

Fim da citação de Sharh Sahih Muslim (27/6)

Portanto, você deve repor o que costumava rezar à noite e adicionar uma rakah para que o número não seja ímpar, porque não pode haver número ímpar de rakaat, exceto à noite.

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A