Sexta-feira 10 Sha'ban 1441 - 3 Abril 2020
Portuguese

É obrigatório informar um pretendente de um possível problema de saúde?

Pergunta

Há um ano atrás eu tive uma infecção do nervo óptico (neurite óptica), que foi tratada. Eu consultei três médicos sobre a causa disso. O primeiro médico disse: Você tem um pequeno risco de ser afetada pela esclerose múltipla (EM), o primeiro sintoma é neurite óptica. A possibilidade disso é, como eu disse, muito pequena, e não pode ser comprovado que alguém seja afetado por isto até que se passe dez ou quinze anos. A esclerose múltipla (EM) é uma doença do nervo que pode levar à incapacidade física. O segundo médico disse, a neurite óptica é causada por um vírus e falou que eu não tenho EM. O terceiro médico também descartou a EM. Agora, alguém veio me propor casamento; tenho que conta-lo sobre esse possível problema de saúde?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Os fuqaha' diferiram em relação aos assuntos que poderiam afetar um casamento, devendo ser revelados. A maioria é da opinião de que isso deve ser limitado a assuntos específicos que impeçam o prazer físico, como insanidade, lepra e defeitos genitais.

A segunda opinião é que qualquer defeito (ou problema de saúde) que possa afastar um dos cônjuges do outro, de modo que os propósitos do casamento – compaixão e amor – não possam ser alcançados, é um defeito que deve ser revelado, e o casamento pode ser anulado se estiver oculto.

Ibn al-Qayyim (que Allah tenha misericórdia dele) disse: A analogia é que qualquer defeito (ou problema de saúde) que afaste um cônjuge do outro, e impeça o cumprimento dos objetivos do casamento, ou seja, compaixão e amor, resulta na opção de anulação do casamento.

Fim da citação de Zaad al-Ma'aad (5/166).

A segunda visão é mais provável de estar correta.

Na resposta à pergunta n° 111980 notamos três diretrizes sobre este assunto:

1. se a doença tiver algum impacto na vida conjugal e afetar a capacidade da esposa de cumprir seus deveres para com o marido e os filhos;

2. se afastar o cônjuge por causa de sua aparência ou cheiro;

3. se for real e permanente, e não é algo imaginário ou temporário, que desaparecerá com o passar do tempo ou depois do casamento.

Com base nisso, você não precisa revelar que sofreu neurite óptica, porque foi tratada e se recuperou disso.

Nenhuma atenção deve ser dada a um possível problema de saúde que não tenha sido comprovado e necessite dez anos para ter certeza se a pessoa será afetada por ele.

E Allah sabe melhor.

Enviar comentário