Quarta-feira 15 Dhu Al-Qa'dah 1440 - 17 Julho 2019
Portuguese

É permitido a uma instituição de caridade distribuir o zakat al-fitr antes de recebê-lo dos doadores?

Pergunta

Existe uma instituição de caridade que fez um estudo sobre a quantidade de zakat al-fitr que é dada anualmente, examinando os arquivos dos pobres e necessitados, o número de famílias que têm direito a recebê-lo e a extensão da necessidade de cada família. Ela também estima o total anual de zakat al-fitr com base no que foi coletado em anos anteriores. Porque quando a instituição de caridade compra grãos, ela os compra em grandes quantidades, a um bom preço, então é impossível esperar até um ou dois dias antes do Eid comprar os grãos. Assim, eles estimam o que precisarão com base na experiência anterior, e compram os grãos, pagam com os fundos da instituição de caridade, e começam a distribuí-los enquanto recebem o dinheiro do zakat das pessoas durante esse período e depois, e se houver uma pequena discrepância, para mais ou menos, é corrigida nos últimos dois dias, quando ainda é fácil corrigir qualquer diferença. Qual é a sua opinião sobre isso? É permitido dar zakat al-fitr antes de recebê-lo e antes que o doador tenha formado a intenção de dá-lo?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah

Em primeiro lugar:

Sadaqat al-fitr (ou zakat al-fitr), como outros atos de adoração, não é válido sem a devida intenção (niyyah) por parte do doador, porque o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “As ações são condicionantes às intenções, e cada pessoa terá apenas aquilo ao qual intencionava.” Narrado por al-Bukhari (1).

Ibn Qudaamah (que Allah tenha misericórdia dele) disse: Não é permitido dar zakat sem a devida intenção, a menos que o governante o retire à força. A visão da maioria dos fuqaha' é que formar a intenção é um pré-requisito para dar o zakat, exceto pelo relato de al-Awzaa'i segundo o qual ele disse: A intenção (niyyah) não é necessária para zakat.

É permissível que a intenção preceda a ação, desde que o intervalo entre elas seja breve, como acontece com todos os outros atos de adoração; assim como é permitido nomear um procurador para dar o zakat, estipulando que a intenção deve preceder imediatamente a ação, sem intervalo de tempo entre os dois, poderia levar o ato a se tornar inválido.

Se uma pessoa dá o zakat a seu procurador e ela forma a intenção (niyyah), isso é aceitável se o intervalo entre a doação do zakat e seu pagamento ao recebedor não for longo.

Mas se o intervalo é longo, não é aceitável, a menos que se tenha formado a intenção no momento de fornecê-lo ao seu procurador, e seu procurador formou a intenção no momento de fornecê-lo ao destinatário.

Se o procurador formou a intenção, mas aquele que o nomeou não (e o intervalo foi demorado), então não é aceitável, porque a intenção é um pré-requisito da ação.

Fim da citação de al-Mughni (2/476).

Shaikh al-Islam Ibn Taymiyah disse:

Embora o zakat seja uma obrigação financeira, é um dever que se deve fazer por Allah.

Portanto, é essencial formar a intenção (niyyah) de fazê-lo, e não é aceitável que outra pessoa faça isso em nome de alguém sem sua permissão.

Fim da citação de Majmu' al-Fataawa (7/315).

Al-Mirdaawi (que Allah tenha misericórdia dele) disse: Se uma pessoa der o zakat de sua riqueza em nome de uma outra pessoa viva, sem a permissão dela, isso não é válido, mas com a permissão dela é válido.

Fim da citação de al-Insaaf (3/198).

Com base nisso, se a instituição de caridade der sadaqat al-fitr em nome de alguém que não a tenha designado fazê-lo, isso não é aceitável.

Em segundo lugar:

A instituição de caridade pode comprar grãos com seus próprios fundos, durante o Ramadan ou anteriormente, então vendê-los àqueles que querem dar ao zakat al-fitr, e pode agir em nome desses doadores para distribuí-los um ou dois dias antes do Eid.

Mas não é permitido que ela dê zakat antes de ter sido designada para fazê-lo, então tomar o valor dos grãos com as pessoas depois disso.

Colocamos uma questão semelhante ao Shaikh Ibn ‘Uthaymin (que Allah tenha misericórdia dele) e ele respondeu:

Não há nada de errado com o centro comprar comida de antemão, em seguida, vendê-la para aqueles que querem pagar o zakat al-fitr, em seguida, distribuí-la no momento prescrito. Fim da citação.

Veja a resposta à pergunta n° 71475.

Shaikh Ibn Jibrin (que Allah tenha misericórdia dele) foi perguntado: É permissível ser designado por aqueles que querem dar o zakat al-fitr, receber o zakat depois do décimo quinto dia do Ramadan, depois distribuí-lo um ou dois dias antes do Eid? Que Allah te abençoe e proteja.

Ele respondeu: Não há nada de errado em nomear alguém para distribuir o zakat al-fitr em nome de uma pessoa, o que significa dar o seu valor ao procurador, no início ou meio do mês.

É preferível que o zakat al-fitr seja distribuído na mesma cidade ou localidade onde os doadores em nome de quem é dado residem, e o procurador deve distribuí-lo em sua cidade no dia do Eid, ou um ou dois dias antes.

E Allah sabe melhor.

Fim da citação do site do Shaikh.

Http://cms.ibn-jebreen.com/fatwa/home/section/968

Enviar comentário