Terça-feira 25 Rajab 1442 - 9 Março 2021
Portuguese

Um juramento não se torna obrigatório meramente pela intenção

327366

Data de publicação : 10-01-2021

Vistas : 145

Pergunta

Há algum tempo, fiz um juramento para abandonar algo – para que pudesse me obrigar a abandoná-lo, mas não me lembro dos detalhes deste juramento, se jurei desistir por um mês ou para sempre? É fundamental falar em voz alta ou mexer a boca ao fazer uma promessa, porque não me lembro se falei em voz alta ou não?

Resumo da Resposta

Incerteza sobre se um juramento foi prestado, em primeiro lugar – como não ter certeza se o juramento foi feito, ou se foi jurado e quebrado – neste caso, nada é exigido daquele que não está certo, porque o princípio básico [e que é a visão correta] é que ninguém está sob nenhuma obrigação, e a certeza não pode ser dissipada pela incerteza. Um juramento não se torna obrigatório apenas por pensar nele; ao contrário, é essencial que seja pronunciado em voz alta.

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar: incerteza sobre o juramento.

A incerteza sobre um juramento é a incerteza se ele foi feito, em primeiro lugar ou a incerteza a respeito dos detalhes deste juramento.

Incerteza sobre se um juramento foi prestado, em primeiro lugar – como não ter certeza se o juramento foi feito, ou se foi jurado e quebrado – neste caso, nada é exigido daquele que não está certo, porque o princípio básico [e que é a visão correta] é que ninguém está sob nenhuma obrigação, e a certeza não pode ser dissipada pela incerteza.

Ibn Nujaim (que Allah tenha misericórdia dele) disse: Se alguém não tem certeza se fez algo ou não, o princípio básico é que ele não o fez.

Fim da citação de al-Ashbaah wa’n-Nazaa’ir (p. 50).

Em segundo lugar: um juramento não se torna obrigatório apenas por pensar nele.

Além disso, um juramento não se torna obrigatório apenas por pensar nele; ao contrário, é essencial que seja falado em voz alta.

As-Sarkhasi (que Allah tenha misericórdia dele) disse: Meramente pretender fazer algo não significa nada.

Fim da citação de al-Mabsut (6/76).

An-Nawawi (que Allah tenha misericórdia dele) disse: Um voto é válido se for intencionado, sem ser falado? A visão correta, de acordo com o consenso de nossos companheiros, é que não é válido a menos que seja pronunciado, e a intenção por si só não significa nada. Fim da citação de al-Majmu’ (8/435).

É dito em al-Insaaf (11/118): Um voto (nadhr) não é válido a menos que seja falado em voz alta. Se uma pessoa tem a intenção sem falar, não é válido, e não há diferença de opinião acadêmica a respeito disso. Fim da citação.

Um voto (nadhr) é como um juramento (yamin), como o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Um voto é o mesmo que um juramento.” Narrado por Ahmad (16889); classificado como sahih por al-Albaani em as-Silsilah as-Sahihah (2860).

O fato de que um juramento não se torna obrigatório apenas com a intenção é indicado pelo relato narrado de Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele), que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Em verdade, Allah tem perdoado minha ummah pelo que passa por suas mentes, desde que não ajam ou falem sobre aquilo. ”

Narrado por al-Bukhari (5269).

Al-Haafiz Ibn Hajar (que Allah tenha misericórdia dele) disse: Este hadith indica que a intenção por si só não significa nada, se não for seguida por palavras ou ações.

Fim da citação de Fath al-Baari (9/371).

Os sábios do Comitê Permanente para Ifta' disseram: Se o assunto é como você mencionou, que sua filha não fez o juramento ou voto em voz alta – ao contrário, ela apenas pretendeu fazer um juramento em seu coração – então, ela não precisa fazer qualquer coisa, porque um juramento não se torna obrigatório a menos que seja proferido em voz alta, jurando por Allah ou por um de seus atributos, e assim por diante.

Fim da citação de Fataawa al-Lajnah ad-Daa’imah (23/46).

Consulte também a pergunta n° 224072.

Com base no que você mencionou, que não tem certeza se pronunciou o juramento em voz alta ou não, o princípio básico é que você não fez um juramento, portanto, você não precisa fazer nada.

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A