Quarta-feira 11 Rabi' Al-Awwal 1442 - 28 Outubro 2020
Portuguese

Parecer sobre a masturbação e como curar o problema

Pergunta

Eu tenho uma pergunta que me constrange, porém outra irmã que abraçou o Islam recentemente quer uma resposta e eu não a tenho (com evidências do Alcorão e da Sunnah). Espero que você possa ajudar e espero que Allah me perdoe se for inapropriado, mas como muçulmanos nunca devemos ter vergonha de buscar o conhecimento. A pergunta dela é: "A masturbação é permitida no Islam?"
Que Allah nos aumente em conhecimento.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

A masturbação (para homens e mulheres) é haram (proibida) no Islam com base nas seguintes evidências:

Primeiro no Alcorão: O Imam Shafii afirmou que a masturbação é proibida com base nos seguintes versículos do Alcorão (interpretação do significado):

"E que são custódios de seu sexo, exceto com suas mulheres, ou com as escravas que possuem; então, por certo, não serão censurados. E quem busca algo, além disso, esses são os transgressores" [Al-Mu’minum, 23:5-7]

Aqui os versículos são claros ao proibirem todos os atos sexuais ilegais (incluindo masturbação), exceto com as esposas ou aquelas a quem o direito lhes permite. E quem busca algo além disso é o transgressor.

"E que os que não encontram meios para o casamento se abstenham de adultério, até que Allah os enriqueça de Seu favor." [An-Nur, 24:33]

Este versículo também ordena claramente que quem não tem os meios financeiros para se casar deve se manter casto e ser paciente ao enfrentar tentações (inclusive masturbação), até que Allah os enriqueça com Sua graça.

Em segundo lugar, da sunnah do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele): Abdullah ibn Mas’ud disse: "Estávamos com o Profeta quando éramos jovens e não tínhamos riquezas. Então, o Mensageiro de Allah disse: ‘Ó jovens! Quem dentre vós puder se casar, que se case, porque isso o ajudará a baixar o olhar e proteger a modéstia (ou seja, proteger suas partes íntimas de cometer relações sexuais ilegais etc.) e quem não puder se casar deve jejuar, pois o jejum diminui sua necessidade sexual" Bukhari, n° 5066.

O hadith ordena que os homens que não são capazes de se casar devem jejuar, apesar das dificuldades encontradas ao fazê-lo, e que não se masturbem, apesar da facilidade com que isso pode ser feito. Existem evidências adicionais que podem ser citadas para apoiar essa regra sobre a masturbação, mas, devido ao espaço limitado, não as citaremos aqui. Allah sabe o que é melhor e mais correto.

Quanto à cura do hábito da masturbação, recomendamos as seguintes sugestões:

1) O motivo para buscar uma cura para esse problema deve ser unicamente seguir as ordens de Allah e temer o Seu castigo.

2) Uma cura permanente e imediata a esse problema reside no casamento tão logo a pessoa seja capaz de realiza-lo, como mostrado nos ahadith do Profeta.

3) Manter-se ocupado com o que é benéfico é bom para este mundo e o futuro, e é essencial romper com esse hábito antes que ele se torne algo natural, pois após se tornar hábito será muito difícil se livrar disso.

4) Baixar o olhar (resguardar o olhar das coisas proibidas, como fotos, filmes etc.) ajudará a suprimir o desejo antes que ele leve alguém a cometer o haram (ilícito). Allah ordena que homens e mulheres baixem o olhar, como mostrado nos dois versículos a seguir e nos ahadith do Profeta (interpretação dos significados):

"Dize aos crentes, Muhammad, que baixem suas vistas e custodiem seu sexo. Isso lhes é mais digno. Por certo, Allah é Conhecedor do que fazem. E dize às crentes que baixem suas vistas e custodiem seu sexo e não mostrem seus ornamentos... " [An-Nur, 24:30-31]

O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "Não sigais um olhar casual (não intencional) (para coisas proibidas) com outro olhar" At-Tirmidhi, 2777. Esta é uma instrução geral do Profeta para se abster de tudo o que pode excitar sexualmente uma pessoa, porque pode levá-la a praticar o haram.

5) Usar o tempo de lazer disponível para adorar a Allah e aumentar o conhecimento religioso.

6) Acautelar-se para não desenvolver nenhum dos sintomas médicos que possam resultar da masturbação, como: enfraquecimento da visão ou do sistema nervoso e/ou dor nas costas. Mais importante, o sentimento de culpa e ansiedade que podem se agravar pela falha nas orações obrigatórias por causa da necessidade de tomar banho (ghusl) após cada prática da masturbação.

7) Evitar a ilusão que alguns jovens têm de que a masturbação é permitida porque os impede de cometer atos sexuais ilegais, como fornicação ou mesmo homossexualidade.

8) Aumentar a força de vontade e evitar passar tempo sozinho, conforme recomendado pelo Profeta, quando disse: "Não passai a noite sozinhos." Ahmad, 6919.

9) Seguir os ditos do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) acima mencionados e jejuar, sempre que possível, porque o jejum arrefecerá o desejo sexual e o manterá sob controle. No entanto, não se deve exagerar e jurar por Allah não praticar o ato, porque, se não honrar a promessa, estará enfrentando as consequências de não cumprir o juramento de Allah. Observe também que medicação para diminuir o desejo sexual é estritamente proibida, pois pode afetar permanentemente a capacidade sexual.

10) Tentar seguir as recomendações do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) quanto à etiqueta para se preparar para dormir, como ler súplicas conhecidas, dormir sobre o lado direito e evitar dormir de barriga para baixo (o Profeta proibiu dormir de barriga para baixo).

11) Esforçar-se para ser paciente e casto, porque a persistência acabará, inshallah, levando a alcançar essas qualidades como algo natural, como o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) explica no seguinte hadith:

"Quem buscar a castidade, Allah o tornará casto; quem buscar ajuda de ninguém, exceto Allah, Ele o ajudará; quem for paciente, Allah facilitará as coisas para ele, e nunca ninguém recebeu nada melhor do que paciência." Bukhari, n° 1469.

12) Arrepender-se, pedir perdão a Allah, praticar boas ações, não perder a esperança e sentir temor são pré-requisitos para se curar desse problema. Note que perder a esperança é um dos principais pecados punidos por Allah.

13) Finalmente, Allah é Misericordioso e sempre responde a quem O suplica. Então, pedir perdão a Allah será aceito, por Sua vontade.

W’Allahu a’lam.

E Allah sabe o que é melhor e mais correto.

A Fonte: Sheikh Muhammed Salih Al-Munajjid