Domingo 23 Rabi' Ath-Thani 1443 - 28 Novembro 2021
Portuguese

É mustahabb a oração de duas rak'ahs entre o adhaan e o iqaamah, tanto para mulheres quanto para homens?

Pergunta

No que diz respeito ao hadith, “Entre cada duas chamadas há uma oração, entre cada duas chamadas há uma oração, entre cada duas chamadas há uma oração”, então na terceira vez ele disse: “Para aquele que quiser” – isso inclui mulheres, caso reze em sua casa entre o adhaan e o iqaamah? Ou isso só se aplica à mesquita? Se o iqaamah é feito para a oração e a mulher está rezando em sua casa, ela deve rezar essas duas rak'ahs?

Resumo da Resposta

A Sunnah indica que é mustahabb rezar duas rak'ahs entre cada duas chamadas [adhaan e iqaamah], e o princípio básico com relação às decisões islâmicas é que elas incluem homens e mulheres, desde que não haja evidências que indiquem que a regra se aplica exclusivamente a homens e não a mulheres, ou vice-versa. Não há evidências que indiquem que este assunto se aplica apenas ao homem, com exclusão das mulheres, então a regra permanece, ou seja, rezar duas rak'ahs entre o adhaan e iqaamah é mustahabb para homens e mulheres, seja isso na mesquita ou em casa.

Todos os louvores são para Allah.

É mustahabb rezar duas rak’ahs entre cada duas chamadas

Foi narrado que 'Abdullah ibn Mughaffal (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Entre cada duas chamadas há uma oração, entre cada duas chamadas há uma oração, entre cada duas chamadas há uma oração", então na terceira vez ele disse: "Para aquele que quiser" Narrado por al-Bukhari (627) e Muslim (838).

O que se quer dizer por duas chamadas é: adhaan e iqaamah.

Al-Khattaabi disse: O que significa as duas chamadas é: o adhaan e o iqaamah. Um dos dois nomes é usado para se referir ao outro, como na frase “os dois negros”, que se refere a tâmaras e água, embora a palavra ‘negro’ se refira apenas a um deles; e a frase "os dois Umars", que se refere a Abu Bakr e Umar.

E pode ser que a palavra realmente se aplique a cada um deles, porque em termos linguísticos a palavra adhaan significa anúncio, então o adhaan é um anúncio de que a hora chegou, e o iqaamah é um anúncio de que a oração está para ser oferecida. Fim da citação.

Este hadith indica que é mustahabb rezar duas rak’ahs entre cada duas chamadas. Isso foi discutido anteriormente na resposta à pergunta n° 163470 .

O princípio básico com relação às decisões islâmicas é que elas incluem homens e mulheres

O princípio básico com relação às decisões islâmicas é que elas incluem homens e mulheres, desde que não haja evidências que indiquem que a decisão se aplica exclusivamente a homens e não a mulheres, ou vice-versa.

Shaikh Ibn 'Uthaimin disse em ash-Sharh al-Mumti' (3/27): O princípio básico é que tudo o que é afirmado no caso dos homens também é afirmado no caso das mulheres, e o que é afirmado no caso das mulheres também é afirmado no caso dos homens, a menos que haja evidência em contrário. Fim da citação.

E ele (que Allah tenha misericórdia dele) disse em Fath Dhi'l-Jalaali wa'l-Ikraam (2/530): O princípio básico é que as mulheres são incluídas com os homens nas regras, exceto nos casos em que haja evidências do contrário. Da mesma forma, as regras dirigidas às mulheres também incluem os homens, exceto nos casos em que haja evidência do contrário. Fim da citação.

Não há evidências que indiquem que este assunto se aplica apenas ao homem, com exclusão das mulheres, então a regra permanece como está, que rezar duas rak'ahs entre o adhaan e iqaamah é mustahabb para homens e mulheres, seja na mesquita ou em casa.

A mulher não precisa esperar pelo iqaamah na mesquita; pelo contrário, no caso dela, ela pode rezar as duas rak’ahs em casa entre o adhaan e o momento em que ela oferece a oração obrigatória. Ou seja, quando o mu’adhin faz o adhaan, ela pode rezar duas rak’ahs antes de oferecer a oração obrigatória, mesmo que seja depois do iqaamah, pois este é para a oração oferecida na mesquita.

No entanto, podemos notar que, para quem está rezando sozinho, seja mulher ou homem, é prescrito recitar o iqaamah. Com base nisso, ela deve rezar essas duas rak’ahs entre o adhaan público das mesquitas e seu próprio iqaamah para sua oração, e ela não precisa esperar que o iqaamah seja feito nas mesquitas.

Ibn Qudaamah disse em al-Mughni (2/74): O melhor é que cada adorador recite o adhaan e iqaamah, a menos que esteja repondo uma oração perdida ou rezando em um momento em que não é o momento certo para o adhaan. Fim da citação.

Para mais informações, consulte também as respostas às perguntas n° 5660 , 112033 e 112527 .

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A