Segunda-feira 2 Rabi' Ath-Thani 1440 - 10 Dezembro 2018
Portuguese

O que deve ser evitado por quem quer oferecer um sacrifício

Pergunta

É permitido a quem quer oferecer um sacrifício cortar seu cabelo e unhas:

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Shaikh ‘Abd al-‘Aziz ibn Baaz (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Se o servo quiser oferecer um sacrifício, e o mês de Dhu’l-Hijjah tiver começado, seja através da lua ter sido avistada ou pelos trinta dias de Dhu’l-Qa’dah terem passado, então é haraam que ele remova qualquer coisa de seu cabelo ou unhas ou pele até que ele tenha imolado o sacrifício, por causa do hadith de Umm Salamah (que Allah esteja satisfeito com ela), de acordo com o qual o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quando avistardes a lua nova de Dhu’l-Hijjah – de acordo com outra versão: Quando os dez dias (de Dhu’l-Hijjah) começarem – e algum de vós quiser oferecer um sacrifício, que abstenha-se (de cortar) seu cabelo e unhas.” Narrado por Ahmad e Muslim. De acordo com outra versão, “Que não remova nada de seu cabelo e unhas até que tenha oferecido o sacrifício.” E ainda de acordo com outra versão, “Ele não deve tocar seu cabelo ou pele.”

Se ele intenciona oferecer o sacrifício durante os primeiros dez dias de Dhu’l-Hijjah, então deve abster-se daquilo, a partir do momento em que intenciona, e não há pecado sobre ele por nada que tenha feito antes de intencionar.

A razão para esta proibição é que quando a pessoa que quer oferecer o sacrifício junta-se aos peregrinos em alguns rituais do hajj – nominalmente aproximar-se de Allah ao oferecer o sacrifício – ela também participa de alguns elementos de ihraam, que é abster-se de cortar seu cabelo etc.

Este parecer aplica-se apenas àquele que vai abater o sacrifício. Não se aplica àquele em cujo nome ele é oferecido, porque o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse, “Se algum de vós quiserdes oferecer um sacrifício.” Ele não disse, “... terá um sacrifício oferecido em seu nome.” E o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava oferecer o sacrifício em nome dos membros da sua família, e não foi narrado que ele lhes disse para abster-se disto (cortar o cabelo e suas unhas etc).

Com base nisto, é permissível que os familiares de quem vai oferecer o sacrifício removam partes de seu cabelo, unhas ou pele durante os primeiros dez dias de Dhu’l-Hijjah.

Se a pessoa que quer oferecer o sacrifício remove qualquer coisa de seu cabelo, unhas ou pele, ela deve arrepender-se a Allah e não fazê-lo novamente, mas não é preciso que ofereça nenhuma expiação, e isso não a impede de oferecer o sacrifício, como a maioria das pessoas pensa. Caso faça alguma dessas coisas por esquecimento ou ignorância, ou algum cabelo caia sem intenção, então não há pecado. Caso a pessoa precise fazê-lo, que o faça, e não há culpa sobre ela, como se uma unha quebrar e isso a incomodar, então ela a cortar, ou se um cabelo entra nos olhos e ela o remove, ou precisa cortar seu cabelo de forma a tratar um ferimento e coisas do tipo.”

A Fonte: Fataawa Islamiyyah, 2/316.

Enviar comentário