Quarta-feira 11 Rabi' Ath-Thani 1440 - 19 Dezembro 2018
Portuguese

Parecer sobre as orações do Eid

Pergunta

Qual é o parecer sobre as orações do Eid?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Os sábios diferiram quanto ao parecer sobre as orações do Eid. Existem três pontos de vista acadêmicos:

1 - que a oração do Eid é Sunnah mu'akkadah (uma Sunnah confirmada). Esta é a visão do Imam Maalik e do Imam al-Shaafa'i.

2 - que é uma obrigação comum. Esta é a opinião do Imam Ahmad (que Allah tenha misericórdia dele).

3 - que é um dever de cada muçulmano e é obrigatório para os homens; aqueles que não o fazem sem desculpa estão pecando. Esta é a visão do Imam Abu Hanifah (que Allah tenha misericórdia dele), também foi narrado do Imam Ahmad. Entre aqueles que favoreceram essa visão estavam Shaikh al-Islam Ibn Taymiyah e al-Shawkaani (que Allah tenha misericórdia deles).

Veja al-Majmu’, 5/5; al-Mughni, 3/253; al-Insaaf, 5/316; al-Ikhtiyaaraat, p. 82

Aqueles que detinham a terceira visão citavam vários textos como evidência, incluindo os seguintes:

1 - O versículo em que Allah diz (interpretação do significado):

“Então, ora ao teu Senhor e imola as oferendas.”

[al-Kawthar 108:2]

Ibn Qudaamah disse em al-Mughni: A visão bem conhecida é que o que se quer dizer com isso é a oração do Eid.

Alguns dos sábios eram da opinião de que o que se quer dizer neste versículo é a oração em geral, não apenas a oração do Eid, então o que o versículo significa é que somos ordenados a dedicar nossa oração e sacrifício a Allah unicamente, portanto é como o versículo em que Ele diz (interpretação do significado):

“Dize: "Por certo, minha oração e meu culto e minha vida e minha morte são de Allah, O Senhor dos mundos.'”

[al-Anam 6:162]

Esta visão sobre este significado do versículo foi compartilhada por Ibn Jarir (12/724) e Ibn Kathir (8/502).

2 - O fato de que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) ordenou ao povo que fosse a esta (a oração do Eid) e até mesmo ordenou que as mulheres fossem também.

Al-Bukhari (324) e Muslim (890) narrou que Umm 'Atiyyah (que Allah esteja satisfeito com ela) disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) nos mandou trazê-las (as mulheres) para fora no (Eid) al-Fitr e (Eid) al-Adha, e para trazer as adolescentes, mulheres no período menstrual e virgens, mas as mulheres menstruadas deveriam ficar fora da oração, mas deveriam testemunhar a bondade e a reunião dos muçulmanos. Eu disse: “Ó Mensageiro de Allah, e se um de nós não tiver um jilbaab (roupa)?” Ele disse: “Que a irmã lhe empreste um jilbab”.

A evidência desse hadith de que a oração do Eid é obrigatória é mais forte do que a evidência do versículo citado acima.

Shaikh Ibn ‘Uthaimin disse em Majmu' al-Fataawa (16/214):

O que eu penso é que a oração do Eid é fard 'ain (uma obrigação individual), e que não é permissível que os homens a percam, ao contrário, eles têm que comparecer, porque o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) participou desta. Chegou a ordenar às mulheres - incluindo as virgens e as que habitualmente permaneciam em reclusão - que fossem à oração do Eid, e ordenou que as mulheres menstruadas fossem à oração do Eid, mas lhes disse que se afastassem do local de oração. Isso indica que está confirmado.

Ele também disse (16/217):

O que parece mais provável de ser correto, na minha opinião, baseada na evidência, é que é fard ‘ain (uma obrigação individual), e que é obrigatório para todo homem participar da oração do Eid, afora aqueles que tenham uma razão.

Shaikh Ibn Baaz disse em Majmu 'al-Fataawa, 13/7 sobre a visão de que é fard 'ain:

Essa visão é mais provável de ser correta, com base nas evidências.

Enviar comentário