Segunda-feira 22 Safar 1441 - 21 Outubro 2019
Portuguese

Orientação do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) em relação às orações do Eid

Pergunta

Eu gostaria de saber a orientação do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) em relação às orações do Eid.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava oferecer as orações do Eid no local de oração (musalla). Não há relato de oferecimento da oração do Eid em sua mesquita.

Al-Shaafa'i disse em al-Umm: Foi narrado que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava sair nos dois Eids para o local de oração em Madinah, assim como aqueles (califas) que vieram depois dele, a menos que houvesse uma desculpa como chuva, etc. O povo de outras terras fez o mesmo, além do povo de Makkah.

Ele costumava usar suas roupas mais bonitas para ir rezar. Ele tinha um traje (hullah) que ele usava para o Eid e para a oração do Jumu'ah. Um hullah é um traje de duas peças do mesmo tipo de tecido.

Ele costumava comer tâmaras antes de sair para o Eid al-Fitr, e ele comia um número ímpar de delas.

Al-Bukhari (953) narrou que Anas (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) não saía na manhã de Eid al-Fitr até que comesse algumas tâmaras, e ele comeria um número ímpar.

Ibn Qudaamah disse: Não sabemos de nenhuma opinião divergente sobre o fato de que é mustahabb comer cedo no dia de Eid al-Fitr.

A razão para comer antes da oração é para que ninguém pense que é essencial jejuar até que a oração seja oferecida.

E foi dito que isso era para que se apressasse a obedecer ao comando de Allah, que ordenou quebrar o jejum depois que Ele havia ordenado o jejum.

Se não houver tâmaras disponíveis, deve-se ter outra coisa para o desjejum, mesmo que seja apenas água, para que se possa cumprir a Sunnah em princípio, que é ter algo para o desjejum antes de se rezar no Eid al-Fitr.

Com relação ao Eid al-Adha, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) não costumava comer nada até que voltasse do lugar de oração, então ele comia um pouco da carne de seu sacrifício.

Foi narrado que ele costumava fazer ghusl para ambos os Eids. Ibn al-Qayyim (que Allah tenha misericórdia dele) disse: Dois ahadith fracos (da'if) foram narrados a respeito disso…, mas foi provado por Ibn 'Umar, que era muito interessado em seguir a Sunnah, que ele costumava fazer ghusl antes de sair no dia de Eid.

E ele (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava sair e voltar para a oração do Eid caminhando.

Ibn Maajah (1295) narrou que Ibn ‘Umar disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava sair e voltar para o Eid (oração) caminhando. Classificado como sahih por al-Albaani em Sahih Ibn Maajah.

Al-Tirmidhi (530) narrou que ‘Ali ibn Abi Taalib disse: É Sunnah sair para a (oração) do Eid caminhando. Classificado como hasan por al-Albaani em Sahih al-Tirmidhi.

Al-Tirmidhi disse: A maioria dos sábios seguiu esse hadith e disse que é mustahabb para um homem sair para a (oração) do Eid caminhando. É mustahabb para ele não usar uma montaria a menos que tenha uma desculpa.

Quando o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) chegava ao lugar de oração, ele iniciava a oração sem adhaan ou iqaamah, e sem dizer "As-salaatu jaami'ah (a oração está prestes a começar)". A Sunnah não dita fazer nenhuma dessas coisas.

E ele não ofereceu nenhuma outra oração na mussalla antes ou depois da oração do Eid.

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) começava com a oração, antes do khutbah (sermão). Ele rezava dois rak'ahs, com sete takbirs consecutivos no primeiro rak'ah, incluindo takbirat al-ihraam (o takbir com o qual a oração se inicia), e uma breve pausa entre cada um dos dois takbirs. Não há nenhum relato dele dizendo qualquer dhikr em particular entre os takbirs, mas foi narrado que Ibn Mas'ud louvava a Allah e enviava bênçãos sobre o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele).

Mas Ibn 'Umar, que sempre desejou seguir o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), costumava levantar as mãos em cada takbir.

Quando ele completava os takbirs, ele começava a recitar. Recitava al-Fatihah, então recitava Qaf wa'l-Qur'aan il-majid  (Surah Qaaf 50) na primeira rak'ah e Aqtarabat il-saa'ah wa anshaqqa al-qamar (Surah al-Qamar 54) e na outra. Às vezes ele recitava Sabbih isma rabbika al-‘Ala (Surah al-A'laa 87) e Hal ataaka hadith al-ghaashiyah (Surah al-Ghaashiyah 88). Ambos foram narrados em relatos sahih, mas nenhuma outra surah é mencionada em relato sahih. Quando ele terminava de recitar, ele dizia takbir e se curvava. Quando terminava de se curvar e prostrar, levantava-se novamente, e dizia cinco takbirs. Quando ele completava os takbirs, começava a recitar novamente. O takbir foi a primeira coisa que ele fazia em cada rak'ah e sua recitação era seguida por uma ruku'

Al-Tirmidhi narrou a partir do hadith de Kathir ibn 'Abd-Allah ibn' Amr ibn 'Awf, de seu pai, de seu avô, que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) recitou o takbir no Eid (oração), sete vezes no primeiro rak'ah antes de recitar o Alcorão e cinco vezes no segundo rak'ah antes de recitar o Alcorão. Al-Tirmidhi disse: Eu perguntei a Muhammad – ou seja, al-Bukhari – sobre esse hadith e ele disse: Não há nada mais sólido do que isso em relação a este tópico. E eu digo da mesma forma.

Quando o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) terminava a oração, ele se afastava e posicionava de frente às pessoas, com elas sentadas em fileiras, e ele as abordava, pregando e exortando, com ordens e proibições. Se ele quisesse despachar alguém em uma missão, ele o faria, e se ele quisesse ordenar qualquer coisa, ele o faria.

Não havia mimbar onde ele ficasse, e o mimbar de Madinah não foi levado para lá. Ao contrário, ele se dirigia aos outros de pé no chão. Jaabir disse: Eu assisti à oração de Eid com o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele). Ele começou com a oração antes do khutbah, sem adhaan e sem iqaamah, então ele se levantou, inclinando-se sobre Bilaal, e ordenou-nos a temer e obedecer a Allah. Ele pregou para as pessoas e relembrou-as, então foi até as mulheres e pregou para elas e relembrou-as. Mutaffac alaihi.

Abu Sa'id al-Khudri (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava sair no dia de al-Fitr e al-Adha para o local de oração. Ele começava com a oração, então se posicionava de frente para o povo, com as pessoas sentadas em suas fileiras... Este hadith foi narrado por Muslim.

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) começou todos os seus khutbahs com louvor a Allah. Não é narrado, nem mesmo em um único hadith, que ele tenha iniciado o khutbah de Eid com takbir. Pelo contrário, Ibn Maajah narrou em seu Sunan (1287) que Sa'd al-Qaraz, o muadhim do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava dizer o takbir entre os dois sermões e ele costumava dizer bastante takbir em todo o khutbah do Eid. Isto foi classificado como da'if por al-Albaani em Da'if Ibn Maajah. Embora o hadith seja da'if, isso não indica que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava começar seu khutbah com o takbir.

É dito em Tamaam al-Mannah: Embora não indique que é prescrito começar o khutbah do Eid com takbir, seu isnaad é da'if e inclui um homem que é da'if (fraco) e outro que é majhul (desconhecido), por isso não é permitido citá-lo como prova de que é Sunnah dizer takbir durante o khutbah.

Ibn al-Qayyim disse: As pessoas diferem sobre como o khutbah no Eid e na ocasião das orações pela chuva (istisqa') deve começar. Foi dito que eles deveriam começar com o takbir e que a khutbah do istisqa' deveria começar com orações de perdão, e foi dito que eles deveriam começar com louvor. Shaikh al-Islam Ibn Taymiyah disse: esta é a visão correta. O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava começar todos os seus khutbahs com louvor a Allah.

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) abriu uma concessão permitindo que aqueles que comparecessem às orações do Eid se sentassem e ouvissem o khutbah, ou saíssem.

Abu Dawud (1155) narrou que 'Abd-Allaah ibn al-Saa'ib disse: Eu assisti (a oração) Eid com o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), e quando ele terminou a oração ele disse : "Vamos oferecer o khutbah, então quem quiser sentar e ouvir, que o faça, e quem quiser sair, que o faça." Classificado como sahih por al-Albaani em Sahih Abi Dawud.

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava variar sua rota no dia do Eid. Ele ia por um caminho e voltava por outro.

Al-Bukhari narrou (986) que Jaabir ibn 'Abd-Allah disse: No dia do Eid, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) variava seu percurso.

Enviar comentário