Segunda-feira 5 Dhu Al-Hijjah 1443 - 4 Julho 2022
Portuguese

Qual é a “dificuldade” que torna permitido rezar sentado?

Pergunta

Quando é permitido a um doente rezar sentado, sendo capaz de ficar de pé, porém com grande dificuldade?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Na resposta à pergunta nº 50684 , afirmamos que ficar em pé é um pilar ou parte essencial das orações obrigatórias, portanto, a oração de quem reza sentado quando pode ficar de pé não é válida. Mas, como todas as outras obrigações, isso pode ser dispensado em caso de incapacidade de fazê-lo.

Al-Nawawi disse em al-Majmu’ (4/201):

A ummah concorda unanimemente que quem não consegue ficar de pé em uma oração obrigatória pode rezar sentado, e não precisa repetir a oração. Nossos companheiros disseram: a recompensa dele não será menor do que a recompensa por fazer a oração em pé, pois ele está dispensado. Foi comprovado no Sahih al-Bukhari que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Se uma pessoa está doente ou em viagem, a recompensa do que ela costumava fazer quando estava saudável e não viajava lhe será registrada.”

As orientações para a desculpa que permite não ficar em pé e fazer orações obrigatórias sentado, são as seguintes:

  1. A pessoa não aguenta ficar de pé
  2. Isso vai piorar a doença
  3. Isso vai atrasar sua recuperação
  4. Deve causar grande dificuldade, em tal escala que ela não consiga focar adequadamente. Se a dificuldade causada for menor do que isso, então não é permitido que a pessoa se sente.

Al-Bukhari (1117) narrou que ‘Imraan ibn Hussein (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: Eu tinha hemorroidas e perguntei ao Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) sobre a oração. Ele disse: "Reza de pé, e se tu não puderes, (reza) sentado; e se não puderes, então deitado de lado."

Al-Haafiz disse: As palavras “se não puderes” foram citadas como evidência por aqueles que dizem que uma pessoa doente não deve se sentar enquanto reza até que se torne incapaz de ficar de pé. Isso foi narrado por ‘Iyaad de ash-Shaafa’i. Foi narrado por Maalik, Ahmad e Ishaaq que não é essencial que uma pessoa seja incapaz de ficar de pé, ao contrário, se for muito difícil para ela ficar de pé (então, ela pode se sentar).

A opinião bem conhecida entre os Shaafa'is é que o significado de “não ser capaz” é a extrema dificuldade de ficar de pé, ou existir o medo de que a doença piore ou leve à morte do paciente. Uma ligeira dificuldade não é suficiente (como razão). Outro exemplo de grande sofrimento é a tontura no caso do passageiro de um barco que teme se afogar se rezar em pé dentro do barco.

A maioria também cita como evidência o hadith de Ibn 'Abbaas que foi narrado por al-Tabaraani: "Ele deve rezar em pé, mas caso encontre dificuldade, então deve se sentar, e caso também encontre dificuldade, deve se deitar."

Fim da citação de Fath al-Baari.

O hadith de Ibn ‘Abbaas que foi mencionado por al-Haafiz também foi citado por al-Haithami em Majma’ al-Zawaa’id, 2897, onde ele diz:

Isso foi narrado por al-Tabaraani em al-Awsat. Ele disse: Não foi narrado de Ibn Juraij, exceto por Halas ibn Muhammad al-Dab’i. Eu (al-Haithami) digo: não consigo encontrar ninguém que tenha escrito sua biografia, mas o restante dos homens (em seu isnad) são thiqaat (confiáveis). Fim da citação.

Ibn Qudaamah disse em al-Mughni, 1/443:

Se ele for capaz de ficar de pé (deve fazê-lo), caso contrário, se ele teme que sua doença piore, sua recuperação retarde, ou seja extremamente difícil ficar de pé, então ele pode rezar sentado. Algo semelhante foi dito por Malik e Ishaaq... porque Allah diz (interpretação do significado):

“E não impôs dificuldade alguma na religião...” [al-Hajj 22:78]

A obrigação de permanecer neste caso é uma dificuldade.

E o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) rezou sentado quando foi ferido na bochecha direita; parece que ele não estava completamente incapacitado a ficar de pé, mas porque era difícil permanecer nesta posição, ele foi dispensado. Fim da citação.

Nossos companheiros disseram: Estar incapacitado não significa necessariamente que não se possa ficar de pé, mas uma leve dificuldade não é razão suficiente para não ficar em pé; ao contrário, o que conta é a dificuldade óbvia. Se uma pessoa teme dificuldades maiores ou o agravamento da doença, etc., ou se um passageiro em um barco teme se afogar ou ficar tonto, pode-se rezar sentado e não é necessário repetir a oração. Imam al-Haramein disse: O que eu penso com relação às diretrizes sobre o que constitui uma incapacidade de ficar em pé é que ficar em pé causaria dificuldades que o impediriam de se concentrar adequadamente, porque a concentração adequada é o propósito da oração. Fim da citação.

A visão defendida pelo Imam al-Haramein é a visão que Shaikh Ibn ‘Uthaimin considerou mais provável ser correta. Ele disse:

A orientação sobre o que constitui dificuldade é aquela que impede a pessoa de se concentrar adequadamente. A concentração adequada significa ter presença de espírito e estar à vontade. Se ficar em pé causa intensa ansiedade, que deixa a pessoa pouco à vontade e desejando chegar ao fim de al-Fatiha rapidamente para que possa se curvar, porque é muito difícil ficar de pé, então ela pode rezar sentada. Fim da citação de al-Sharh al-Mumti', 4/326.

A Fonte: Islam Q&A