Sexta-feira 2 Dhu Al-Hijjah 1443 - 1 Julho 2022
Portuguese

Tomar uma injeção anestésica durante o Ramadan quebra o jejum?

Pergunta

Vou fazer dois procedimentos médicos não invasivos durante o mês de Ramadan e vou tomar um medicamento por injeção durante esses dois procedimentos. Meu jejum será invalidado por isso?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Receber remédio por injeção não quebra o jejum, seja intramuscular ou endovenoso, desde que a substância injetada não forneça nutrição, porque nesse caso é como comida ou bebida que são proibidas para quem estiver jejuando.

É dito em Fataawa al-Lajnah al-Daa'imah (10/252):

É permitido administrar medicamentos por injeção nos músculos ou veias em jejum durante o dia no Ramadan. Mas, não é permitido que a pessoa em jejum receba nutrientes durante o dia no Ramadan, porque isso está sob as mesmas regras do consumo de comida e bebida, e essa injeção é considerada um meio de quebrar o jejum do Ramadan. Se for possível administrar a injeção em um músculo ou veia durante a noite, é preferível. Fim da citação.

Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) foi questionado sobre a propagação da anestesia pelo corpo – isso quebra o jejum? E o fluxo de sangue quando um dente é extraído?

Ele respondeu:

Nenhum deles quebra o jejum, mas o sangue que flui após a remoção de um dente não deve ser engolido. Fim da citação.

Fataawa Ramadan, pág. 525

Não faz diferença se é um anestésico local ou geral. Muitos dos fuqaha' afirmaram que se uma pessoa que está inconsciente, desde que tenha estado acordada por apenas um momento do dia, seu jejum é válido, se tiver intencionado jejuar na noite anterior.

Imam al-Shaafa'i disse em al-Umm (8/153):

Se um homem perde a consciência por um dia ou dois dias durante o mês de Ramadan, e ele não comeu ou bebeu nada, então ele tem que compensar esses dias. Mas, se ele estava acordado por parte do dia, então é considerado como tendo jejuado naquele dia. Fim da citação.

Ibn Qudaamah disse em al-Mughni (4/343):

Se ele ficou inconsciente durante todo o dia e não acordou, então seu jejum não é válido, de acordo com a visão de nosso imam (ou seja, Imam Ahmad) e ash-Shaafa’i…

Se a pessoa que estava inconsciente acordou por uma parte do dia, seu jejum é válido, seja no início ou no final do dia. Fim da citação.

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A