Sexta-feira 19 Ramadan 1440 - 24 Maio 2019
Portuguese

O Hijab correto

Pergunta

Eu gostaria de saber sobre um assunto com relação ao hijab correto. Qual é o hijaab adequado? Quero dizer, existem muitos hijabs diferentes que podem ser escolhidos e eu tenho essa amiga na Dinamarca que se converteu ao Islam já há algum tempo, e está satisfeita (alhamdulillah) e ela quer usar o hijab correto. Será que você poderia nos dizer onde diz que o hijab deve ser longo (jilbab) sobre o tórax? Ela realmente precisa disso. Obrigada!

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

O shaikh al-Albaani (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

As condições do hijab:

Em primeiro lugar:

(Deve cobrir todo o corpo, tirando o que foi isentado).

Allah diz (interpretação do significado):

Ó Profeta! Dize a tuas mulheres e a tuas filhas e às mulheres dos crentes que se encubram em suas roupagens. Isso é mais adequado, para que sejam reconhecidas e não sejam molestadas. E Allah é Perdoador, Misericordiador (Al-Ahzab 33:59)

Esta ayah diz claramente que é obrigatório cobrir tudo da beleza e adornos da mulher, e não mostrar parte alguma disto, ante homens não-maharim (estranhos), a não ser aquilo que apareça inintencionalmente, caso no qual não haverá pecado sobre elas, caso se apressem para cobrirem-se.

Al-Hafiz ibn Kathir disse em seu Tafsir:

Isso significa que elas não devem mostrar parte alguma de seus adornos aos não maharim, a não ser aquilo que seja impossível tapar. Ibn Mas’ud disse: como o manto e o robe, ou seja, o que as mulheres dos árabes costumavam vestir, uma peça de vestuário exterior que cobria o que quer que a mulher estivesse vestindo, exceto o que aparecesse sob a roupa exterior. Não há pecado em uma mulher em relação a isso, porque é impossível escondê-lo.

Em segundo lugar:

(Não deve ser um adorno por si só).

Allah diz (interpretação do significado):

“(...)e não mostrem seus ornamentos...” (al-Nur 24:31).

O princípio geral desta frase inclui o adorno externo, porque caso seja decorado atrairá a atenção do homem para ela, o que é apoiado pela ayah na Surah al-Ahzaab (interpretação do significado):

“E permanecei em vossas casas, e não façais exibição de vossos encantos corporais como a exibição dos idos Tempos da Ignorância” (Al-Ahzaab 33:33)

O que também é apoiado pelo hadith no qual o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Existem três, não me perguntai sobre eles: um homem que deixa o jamaa’ah, desobedece o seu líder e morre desobediente; um homem ou mulher escravo que foge e então morre; e uma mulher cujo marido está ausente e a deixa com tudo que ela precise e, depois que ele saiu, ela faz exposição gratuita de si mesma. Não me perguntai sobre eles.”

(Narrado por al-Haakim, 1/119; Ahmad, 6/19; do hadith de Faddaalah bint ‘Ubayd. Seu isnad é sahih e está em Adab al-Mufrad).

Em terceiro lugar:

(Deve ser grosso e não transparente)

- Porque de outra maneira não pode cobrir adequadamente. Roupas transparentes ou hialinas tornam a mulher mais tentadora e bonita. Com relação a isso, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Durante os últimos dias de minha ummah haverá mulheres que estarão vestidas, mas nuas, com algo sobre suas cabeças como as corcovas dos camelos. Amaldiçoai-as, pois elas estão amaldiçoadas.” Outro hadith adiciona: “Não entrarão no Paraíso ou mesmo sentirão sua fragrância, embora sua fragrância possa ser sentida de tal e tal distância.”

(Narrado por Muslim, a partir do relato de Abu Hurairah).

Ibn ‘Abd al-Barr disse: o que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) quis dizer é que mulheres que usam roupas feitas de tecidos leves, que marcam e não cobrem. Elas estão aparentemente vestidas, mas em verdade estão nuas.

Transmitido por al-Suyuti em Tanwir al-Hawaalik, 3/103

Em quarto lugar:

(Deve ser frouxa, não apertada, tal que desenhe qualquer parte do corpo)

O propósito da roupa é prevenir a fitnah (tentação), e isso só pode ser alcançado se elas forem grandes e folgadas. Roupas apertadas, mesmo que escondam a cor da pele, ainda podem descrever o tamanho e o formato do corpo ou parte dele, e criam uma imagem vívida nas mentes masculinas, sendo assim, as roupas devem ser largas. Usaamah ibn Zayd disse: “O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) deu-me uma vestimenta Egípcia grossa, que foi um dos presentes que ele ganhou de Duhyat al-Kalbi, e eu a dei à minha esposa, para que usasse. Ele disse, ‘Diga-lhe que use um vestido por baixo, pois eu temo que a vestimenta possa descrever o tamanho de seus ossos.’” (Narrado por al-Diyaa’ al-Maqdisi em al-Ahaadith al-Mukhtaarah, 1/442, e por Ahmad e al-Bayhaqi, com um isnad hasan).

Em quinto lugar:

(Não deve ser perfumada com bukhur ou fragrância)

Existem muitos ahadith proibindo as mulheres de usarem perfume quando saem de suas casas. Citaremos alguns que têm isnads sahih:

Abu Musa al-Ash’ari disse: o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Qualquer mulher que ponha perfume e então passe pelas pessoas e elas consigam sentir o cheiro de sua fragrância, é uma adúltera.”

Zainab al-Thaqafiyah relatou que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Se alguma vós fordes à Mesquita, que não toque nenhum perfume.”

Abu Hurairah disse: o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “A mulher que tenha se perfumado com bukhur (incenso), que não participe da oração do ‘Isha conosco.”

Mussa ibn Yassaar disse que uma mulher passou por Abu Hurairah e seu perfume estava muito forte. Ele disse, “Ó escrava de al-Jabbaar, vais à mesquita? Ela disse, “Sim”, Ele disse, “E colocaste perfume a propósito?” Ela disse, “Sim”. Ele disse, “Voltai e lava-te pois, ouvi o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) dizer: ‘Se uma mulher vai à mesquita e a sua fragrância é muito forte, Allah não aceitará nenhuma de suas orações até que ela vá para casa e lave-se.’

Esses ahadith são gerais em ilação. Tal como a proibição sobre perfume aplicado ao corpo, abrange também perfume aplicado às roupas, especialmente no terceiro hadith, onde o bukhur é mencionado, porque o incenso é usado especificamente para perfumar as roupas.

A razão para esta proibição é bastante clara, é que a fragrância feminina pode causar provocação de desejos excessiva.  Os sábios também incluíram outras coisas sob esta classificação a serem evitadas pelas mulheres que querem ir à mesquita, tal como roupas bonitas, joias que possam ser vistas, adornos excessivos e a mistura com homens. Consulte Fath al-Baari, 2/279.

Ibn Daqiq al-‘Id disse:

Isso indica que é proibido à mulher que quer ir à mesquita usar perfume, porque ele provoca os desejos masculinos. Isso foi relatado por al Manaawi em Fayd al-Qadir, no comentário no primeiro hadith supramencionado de Abu Hurairah.

Em sexto lugar:

(Não deve se parecer com roupas masculinas)

Foi relatado nos ahadith sahih que a mulher que imita os homens no modo de vestir ou em outras maneiras é amaldiçoada. A seguir, alguns dos ahadith que sabemos:

Abu Hurairah disse: “O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) amaldiçoou o homem que usa roupas femininas e a mulher que usa roupas masculinas.”

‘Abd-Allah ibn ‘Amr disse: Ouvi o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) dizer: “Não são parte de nós, as mulheres que imitam homens e os homens que imitam mulheres.”

Ibn ‘Abbas disse: “O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) amaldiçoou homens afeminados e mulheres masculinizadas. Ele disse, ‘Expulsem-nos de vossas casas.’” Ele (Ibn ‘Abbas) disse: “O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) expulsou fulano e beltrano, e ‘Umar expulsou fulano e beltrano.” De acordo com outra versão: “O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) amaldiçoou homens que imitam mulheres e mulheres que imitam homens.”

‘Abd-Allah ibn Amr disse: “O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: ‘Existem três que não entrarão no Paraíso e Allah nem mesmo olhará para eles no Dia da Ressureição: aquele que desobedece seus pais, uma mulher que imita homens, e o dayuth (guampudo, homem fraco que não sente ciúme das mulheres da sua família).’”

Ibn Abi Malikah – cujo nome era ‘Abd-Allah ibn ‘Ubayd-Allah – disse: “Foi dito à 'Aisha (que Allah esteja satisfeito com ela): ‘E se uma mulher usar sandálias (masculinas)?’ Ela disse: ‘O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) amaldiçoou mulheres que agem como homens.’”

Esses ahadith indicam claramente que é proibido que as mulheres imitem os homens e vice-versa. Isso, geralmente, inclui roupas e outros assuntos, exceto o primeiro hadith supramencionado, que se refere exclusivamente à vestimenta.

Abu Dawud disse em Masaa’il al-Imaam Ahmad (p. 261): “Eu ouvi Ahmad ser perguntado sobre um homem que veste sua escrava com uma túnica. Ele disse, “Não a vista com roupas masculinas, não a faça parecer um homem.” Abu Dawud disse: “Eu disse para Ahmad, ‘Será que ele pode dar-lhe sandálias masculinas para usar?’ Ele disse, ‘Não, a não ser que ela as use para fazer wudu’.’ Ele disse, ‘E quanto à beleza?’ Ele disse, ‘Não.’ Eu perguntei, ‘Ele pode lhe cortar o cabelo curto?’ Ele disse, ‘Não.’”

Em sétimo lugar:

(Não deve se parecer com as roupas das kaafirah)

A shari’ah especifica que os Muçulmanos, homens e mulheres analogamente, não devem parecer ou imitar os kuffaar com relação à adoração, festas ou vestimentas que são tipicamente deles. Este é um princípio islâmico importante que hoje em dia, infelizmente, é negligenciado por muitos Muçulmanos, mesmo aqueles que se importem com a religião e façam o chamado ao Islam para outros. Isso se deve à ignorância de sua religião ou porque eles estão seguindo seus próprios caprichos e desejos, ou por causa do desvio, combinado com costumes modernos e imitação da Europa kaafir. Esta foi uma das causas do declínio e fraqueza dos Muçulmanos, o que permitiu que os estrangeiros os subjugassem e colonizassem. “Por certo,Allah não transmutará o que um povo tem, até que este haja transmutado o que há em si mesmo” (al-Ra’d 13:11 – interpretação do significado). Se ao menos soubessem...

Importa saber que existem inúmeras evidências sahih para esses pareceres importantes no Alcorão e Sunnah, e que a evidência no Alcorão é elaborada na Sunnah, como é sempre o caso.

Em oitavo lugar:

(Não deve ser uma roupa de fama e vaidade)

Ibn ‘Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: “O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Aquele que vestir uma vestimenta de fama e vaidade neste mundo, Allah o vestirá em roupas de humilhação no Dia da Ressureição, então fará com o que o Fogo lance chamas ao seu redor.” (Hijaab al-Mar’ah al-Muslimah, p. 54-67).

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Sheikh Muhammed Salih Al-Munajjid

Enviar comentário