Sábado 15 Sha'ban 1440 - 20 Abril 2019
Portuguese

Existe alguma virtude em oferecer du'a (súplica) no dia de ‘Arafah

Pergunta

para aqueles que não estão em Hajj?
A du'a oferecida no dia de ‘Arafah, para aqueles que não estão em Hajj, será respondida?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Foi narrado que ‘A’isha (que Allah esteja satisfeito com ela) disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "Não há dia no qual Allah resgate mais de Seus servos do Fogo que o dia de 'Arafah. Ele se aproxima, então, Ele se vangloria deles diante dos anjos e diz: 'O que querem essas pessoas?'". Narrado por Muslim (1348).

Foi narrado de 'Abd-Allah ibn 'Amr ibn al-'As (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "A melhor du'a (súplica) é du'a no dia de 'Arafah, e a melhor que eu e os profetas antes de mim dissemos é ‘La ilaha ill-Allah wahdahu la sharika lah, lahu'l-mulk wa lahu'l-hamd wa huwa ‘ala kulli shai’in qadir’ (não há deus além de Allah, único, sem parceiro ou associado; Seu é o domínio, para Ele são todos os louvores, e Ele tem poder sobre todas as coisas)." Narrado por al-Tirmidhi (3585), classificado como hasan por al-Albani em Sahih al-Targhib (1536).

Foi narrado a partir de Talhah ibn 'Ubaid ibn Kuraiz em um relato mursal: "A melhor das du'as é du'a no dia de 'Arafah." Narrado por Malik em al-Muwatta (500); classificado como hasan por al-Albani em Sahih al-Jami' (1102).

Os estudiosos diferiram a respeito desta virtude de du'a no dia de 'Arafah, se isto só se aplica para aqueles que estão em 'Arafah ou se inclui outros lugares. A visão mais correta é que é geral e que a virtude está ligada ao dia, mas, sem dúvida, aqueles que estão em 'Arafah têm combinadas a virtude do lugar com a virtude do período.

Al-Baji (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

As palavras "A melhor das du'as é a du’a no dia de 'Arafah" significam dhikr (lembrança) com a maior bênção, a maior recompensa e a que é mais provável de ser respondida. Isto pode ser interpretado como se referindo apenas aos peregrinos, porque o significado de du'a no dia de 'Arafah é muito verdadeiro no caso deles, e se aplica especialmente a eles. Mas se o dia de 'Arafah for considerado em termos gerais, isto é descrito como tal pela razão dos peregrinos estarem lá. E Allah sabe mais. Fim da citação.

Al-Muntaqa Sharh al-Muwatta' (1/358).

Está provado que alguns dos salaf (predecessores, das primeiras gerações) consideravam "al-ta'rif" como permitido, que significa reunir nas mesquitas para oferecer du'a e lembrar de Allah (dhikr) no dia de 'Arafah. Dentre aqueles que fizeram isso estava Ibn 'Abbas (que Allah esteja satisfeito com ele). Imam Ahmad também considerava como permissível, embora ele mesmo não o tenha feito.

Ibn Qudamah (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Al-Qadi disse: Não há nada de errado com ta'rif, reunir-se na tarde do dia de 'Arafah nas regiões (ou seja, outras além de 'Arafah). Al-Athram disse: Eu perguntei a Abu 'Abd-Allah (ou seja, ao Imam Ahmad) sobre o ta'rif nas regiões, em que as pessoas se reúnem nas mesquitas no dia de 'Arafah, e ele disse: Espero que não haja nada de errado nisso, já que mais de um fez isso. Al-Athram narrou que al-Hasan disse: O primeiro que fez o ta'rif em Basra foi Ibn 'Abbas (que Allah tenha misericórdia dele). Ahmad disse: Os primeiros que fizeram isso foram Ibn 'Abbas e 'Amr ibn Huraith.

Al-Hasan, Bakr, Thabit e Muhammad ibn Wasi' costumavam frequentar a mesquita no dia de 'Arafah. Ahmad disse: não há nada de errado com isso, é apenas du'a e lembrança de Allah (dhikr). Foi-lhe dito: Tu fazes isso? Ele disse: Quanto a mim, não. E foi narrado que Yahya ibn Ma'in participou (na mesquita) com as pessoas na tarde de 'Arafah. Fim de citação.

Al-Mughni (2/129).

Isto indica que eles pensavam que a virtude do dia de 'Arafah não se aplicava apenas aos peregrinos, embora as reuniões para lembrar de Allah e recitar du'as nas mesquitas no dia da' Arafah não tenham sido narradas pelo Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele). Por isso, o Imam Ahmad não o fez, porém, permitiu e não o proibiu, pois foi narrado que alguns dos Sahaba fizeram isso, como Ibn 'Abbas e 'Amr ibn Huraith (que Allah esteja satisfeito com eles).

E Allah sabe mais.

Enviar comentário