Quarta-feira 17 Ramadan 1440 - 22 Maio 2019
Portuguese

A diferença entre amor e um relacionamento haram

Pergunta

Eu sou uma moça de 24 anos. Eu me apaixonei, sem encontros, ou reuniões envolvidas, amor puro por uma pessoa religiosa e pura. Ele prometeu se casar comigo e me pediu para esperá-lo, pois suas circunstâncias são difíceis. Não me recordo que ele tenha me ligado mais de uma vez. Pedi-lhe que não me ligasse; porque eu sinto que isso está errado, embora eu o ame. Eu senti que nosso amor começou a caminhar numa direção, ele concordou com esse sentimento e respeitou minha opinião. Ele simplesmente me manda e-mails, de vez em quando, via internet, para que eu saiba suas novidades. Nós mantivemos essa relação de amor por um ano. Conheço essa pessoa e sua família, e eles também nos conhecem bem. Eu o amo por Allah e com certeza ele me ama também. O problema é que eu comecei a receber propostas, cerca de 8, até agora. Todas as vezes recusei porque prometi esperar por ele. Agora estou confusa, o que estou fazendo é halal ou haram? Rezo, alhamdulillah, todas as orações obrigatórias e opcionais, e rezo qiyaam na noite também; temo que eu perca minhas boas ações por causa do que estou fazendo. Um amor puro e casto é haram? O meu amor é halal ou haram?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Antes de tudo, peço a Allah que a guie e conceda felicidade, e peço a Ele que eleve o número de garotas como você que desejam manter a castidade e a pureza e aderir aos limites sagrados de Allah nos seus assuntos, entre os mais importantes dos quais são relacionamentos emocionais que muitas pessoas tomam de forma leviana, então elas ultrapassam o limiar e transgridem os limites sagrados de Allah e Allah as prova com problemas que lemos e ouvimos, nos quais há lições para cada muçulmano e para cada pessoa sábia.

Você deve notar que a correspondência e o contato entre os sexos é uma das portas que levam à fitnah (tentação). A shari’ah está repleta de evidências que indicam que é essencial ter cuidado em cair nas armadilhas do Shaitan, quanto a este assunto. Quando o Profeta, que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, viu um jovem apenas olhando para uma jovem mulher, virou-lhe a cabeça para fazê-lo desviar o olhar e, então, disse: "Eu vi um jovem rapaz e uma jovem mulher e não confiei no shaitan para não tentá-los." Narrado por al-Tirmidhi (885) e classificado como hasan por al-Albaani em Sahih al-Tirmidhi.

Por isso, você fez bem em interromper o contato com esse jovem, e esperamos que você pare a correspondência, porque esta é uma das maiores portas abertas à corrupção para as pessoas, hoje em dia. Isso foi discutido em uma série de perguntas. Veja as respostas às perguntas n° 34841 e 45668.

Isso não significa que seja haram que um homem ou uma mulher goste de uma pessoa específica a quem escolha ser cônjuge e por quem nutra amor e com quem queira se casar, se possível. O amor tem a ver com o coração, e pode aparecer no coração de alguém por razões conhecidas ou desconhecidas. Mas, se for motivado por mistura ou procura ou conversas haram, então também é haram. Se for por causa do conhecimento prévio, ou por estar relacionado ou por ter ouvido sobre aquela pessoa, e não se consegue afastar disso, então não há nada de errado com esse amor, desde que se adira aos limites sagrados estabelecidos por Allah.

Ibn al-Qayyim (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Se o amor se desenvolve por uma razão que não seja haram, uma pessoa não pode ser culpada por isso, como alguém que ama sua esposa ou sua serva, então ele a deixa, mas o amor permanece e não o deixa. Ele não deve ser culpado por isso. O mesmo se aplica se ele olha acidentalmente, então desvia o olhar para longe, mas o amor pode se acomodar em seu coração sem ele querer. Mas ele deve afastá-lo e desviar o olhar. Fim da citação.

Rawdat al-Muhibbin (página 147).

Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Uma pessoa pode ouvir que uma mulher é de bom caráter, virtuosa e cheia de conhecimento, então ele pode querer se casar com ela. Ou uma mulher pode ouvir que um homem é de bom caráter, virtuoso, cheio de conhecimento e religiosamente comprometido, então ela pode querer se casar com ele. Mas o contato entre duas pessoas que se admiram uma à outra de maneira que não é islamicamente aceitável​​ é o problema, o que leva a consequências desastrosas. Neste caso, não é permitido ao homem entrar em contato com a mulher ou que a mulher entre em contato com o homem, dizendo que deseja se casar com ela(e). Ao contrário, ele deveria dizer ao wali (guardião) dela que quer se casar com ela, ou ela deveria dizer a seu wali que quer se casar com ele, como 'Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) fez quando ofereceu a sua filha Hafsah em casamento para Abu Bakr e 'Uthman (que Allah esteja satisfeito com ambos). Mas se a mulher entrar em contato com o homem diretamente, isso é o que leva à fitnah (tentação). Fim da citação.

Liqa'at al-Baab il-Maftuh (26/pergunta nº 13)

Nosso conselho para você é que é essencial parar de se corresponder com esse jovem, e dizê-lo que ele deve propô-la através de seu wali, se ele realmente quiser casar. Ele não deve considerar suas circunstâncias materiais ou qualquer outra coisa como uma barreira. A questão é simples, por Allah, e se uma pessoa se contenta com pouco, Allah o tornará independente dos meios (de sustento) por Sua graça e generosidade. Ele deve, pelo menos, entrar em contato com seu wali e fazer o contrato de casamento shari’, e se a consumação for adiada, não há nada de errado com isso. Mas se permanece uma promessa de se casar, e a correspondência continua entre vocês desta forma, isto – de acordo com as decisões da shari’ah e a experiência da vida real – é um caminho errado que abre a porta ao pecado e à corrupção. Você pode ter a certeza de que nunca encontrará felicidade exceto por obedecer a Allah e aderir aos limites estabelecidos pela Sua shari’ah. As formas permitidas são suficientes e não há necessidade de meios haram, mas dificultamos para nós mesmos e shaitan se aproveita isso.

Sua demora em se casar é muito prejudicial para você. Você está envelhecendo e as circunstâncias deste jovem não estão melhorando; você não se casou com ele e não se casou com mais ninguém. Cuidado com o adiamento, pois isso só causará danos. Você deve perceber que um desses homens que te propuseram casamento pode ser mais justo e comprometido religiosamente do que aquele jovem, e pode haver um amor muito maior com outro do que o que existe entre você e aquele jovem.

E Allah sabe melhor.

Enviar comentário