Terça-feira 13 Rajab 1440 - 19 Março 2019
Portuguese

Hajj à custa de um departamento do governo

Pergunta

Sou um homem jovem e tenho dinheiro suficiente, todos os louvores são para Allah. Eu encontrei uma oportunidade de trabalhar durante o Hajj, enquanto executo este dever obrigatório importante, à custa de um departamento do governo. Meu Hajj será aceito ou não? Por favor, note que esta é a primeira vez que faço o Hajj.

Texto da resposta

Todos os Louvores são para Allah

É admissível que uma pessoa faça o Hajj à custa de outra pessoa, seja um Hajj obrigatório ou naafil. Também é permitido trabalhar e fazer negócios e ganhar dinheiro durante o Hajj. Em seu Tafsir, al-Tabari narrou com seu isnad de Ibn 'Abbas (que Allah esteja satisfeito com ele) o seu comentário sobre o versículo em que Allah diz (interpretação do significado): “Não há culpa sobre vós, ao buscardes favor de vosso Senhor em vossos negócios (durante a peregrinação).” [al-Baqarah 2: 198]. Ele disse: Não há pecado em você, se você comprar e vender antes de entrar em estado de ihram e depois.

Os estudiosos do Comitê Permanente foram questionados: qual é o veredito sobre quem faz o Hajj à custa do governante? Isto é, se um governante quiser dar aos seus súditos algum dinheiro e lhes disser: Vão para o Hajj com este dinheiro. É admissível que eles façam o Hajj com este dinheiro ou não? Se eles fizerem o Hajj com este, contará como o Hajj obrigatório?

Eles responderam: É admissível que eles façam isso, e seu Hajj será válido, por causa do significado geral da evidência. Fim de citação.

Fatawa al-Lajnah al-Da’imah (11/36).

Veja também a resposta à questão nº 36841.

E Allah sabe melhor.

Enviar comentário