Sábado 20 Ramadan 1440 - 25 Maio 2019
Portuguese

Anestesia não quebra o jejum

Pergunta

A anestesia quebra o jejum?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

A anestesia local não quebra o jejum, porque não é comida ou bebida e não é equivalente a eles.

O Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) foi perguntado: Com relação à anestesia que é aplicada em um dente durante o dia no Ramadan – será que eu tenho que compensar aquele dia caso a receba?

Ele respondeu: Não, porque anestesia não quebra o jejum. A anestesia local afeta apenas o local onde ela é aplicada, ela não chega ao estômago. Assim, se alguém recebe anestesia quando está fazendo um jejum naafil ou obrigatório, seu jejum ainda é válido. Fim de citação de Fataawa Nur ‘ala ‘l-Darb. 

Consulte também: Fataawa al-Shaikh Ibn Baaz (15/259). 

Mas se a anestesia é geral que leva à inconsciência que dura o dia inteiro, então o jejum deve ser reposto.

Ibn Qudaamah (que Allah tenha misericórdia dele) disse: Se alguém perde a consciência durante o dia inteiro e não acorda em nenhuma parte dele, então seu jejum não é válido. Esta é opinião do nosso imam e de al-Shaafa’i.

Depois ele disse: se alguém que perdeu a consciência acorda em parte do dia, então seu jejum é válido, quer isto tenha sido no início ou no fim do dia. Fim de citação de al-Mughni (3/12). 

Com base nisto, se a pessoa recebe anestesia enquanto jejua, então seu jejum é válido e não é invalidado por isto. Mas se lhe foi dada a anestesia antes do Fajr e ela permanece dormindo sob influência da anestesia até o pôr do sol, então seu jejum naquele dia não é válido.

Enviar comentário