Terça-feira 17 Muharram 1446 - 23 Julho 2024
Portuguese

Oração Istikharah

Pergunta

Gostaria de saber mais sobre a oração da Istikharah, o que recitar e a duaa’, quantas rak'ahs e que benefícios posso obter. As orações são da mesma forma para Hanafi, Shafi’i, Hanbali?

Resumo da Resposta

A oração Istikharah é uma Sunnah. Istikharah significa buscar orientação sobre o que Allah sabe ser a melhor e mais apropriada escolha. Istikharah implica submissão ao comando de Allah e uma demonstração prática de que não se tem poder nem força própria.

Todos os louvores são para Allah.

A oração Istikharah é uma Sunnah que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) prescreveu para qualquer pessoa que queira realizar uma ação, mas esteja hesitante sobre ela.

O que é a oração Istikharah?

Istikharah em árabe significa buscar orientação com intuito de tomar uma decisão sobre algo. É dito em árabe: Istakhir Allaha yakhir laka (Busque a orientação de Allah e Ele o guiará para a decisão certa).

Na terminologia da Shari'ah, Istikharah significa buscar orientação (para a decisão correta), ou seja, buscar orientação sobre o que Allah sabe ser a melhor e mais apropriada escolha, por meio da oração ou da duaa’ narrada para Istikharah.

Istikharah é sunnah?

Os estudiosos concordaram unanimemente que Istikharah é Sunnah. A evidência de que isso é prescrito é o hadith narrado por al-Bukhari, de Jabir (que Allah esteja satisfeito com ele) que disse:

“O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava ensinar seus companheiros a fazer Istikharah em todos os assuntos, assim como ele costumava ensinar suratas do Alcorão. Ele disse: 'Se algum de vós está deliberando sobre uma decisão que deve tomar, então que reze duas rak'ahs de oração não obrigatória e depois diga: Allahumma inni astakhiruka bi 'ilmika wa astaqdiruka bi qudratika wa as-aluka min fadlika al-'adhim, fa innaka taqdiru wa la aqdir, wa ta'lamu wa la a'lam, wa anta 'allam al-ghuyub. Allahumma fa in kunta ta'lamu hadha'l-amra (então o assunto deve ser mencionado) khayran li fi 'ajil amri wa ajilihi (ou: fi dini wa ma'ashi wa 'aqibati amri) faqdurhu li wa yassirhu li thumma barik li fihi. Allahumma wa in kunta ta'lamu annahu sharrun li fi dini wa ma'ashi wa aaqibati amri (ou: fi 'ajili amri wa ajilihi) fasrifni 'anhu [wasrifhu 'anni] waqdur li al-khayr haythu kana thumma radini bihi – Ó Allah, eu busco Tua orientação [ao fazer uma escolha] em virtude de Teu conhecimento, e procuro habilidade em virtude de Teu poder, e peço-Te através de Tua grande generosidade. Tu tens poder, eu não tenho nenhum. Tu sabes, e eu não sei. Tu és o Conhecedor das coisas ocultas. Ó Allah, se em Teu conhecimento, este assunto (então, o assunto deve ser mencionado) é bom para mim tanto neste mundo quanto no outro (ou: na minha religião, meu sustento e meus assuntos), então ordena-o, torna-o fácil e abençoa-o para mim. E se em Teu conhecimento isso for ruim para mim e para minha religião, meu sustento e meus assuntos (ou: para mim em ambos neste mundo e no próximo), então afasta-me dele, [e afasta-o de mim], e ordena para mim o bem onde quer que esteja e faz-me satisfeito com isso.” (Narrado por al-Bukhari em vários lugares em seu Sahih 1166)

Por que rezamos Istikharah?

A razão pela qual a oração Istikharah é prescrita é que ela é uma submissão ao comando de Allah e uma demonstração prática de que não se tem poder nem força por conta própria. Significa voltar-se para Allah e procurar combinar a bondade deste mundo e da outra vida. Para conseguir isso, é preciso bater à porta do Rei, Allah, glorificado seja, e não há nada mais benéfico a este respeito do que oração e duaa’, porque envolvem venerar Allah, louvá-Lo e expressar a necessidade que alguém tem d’Ele. Então, depois de rezar Istikharah, deve-se fazer o que sentir ser melhor.

Casos em que a Istikharah é recomendada

Em quais circunstâncias alguém deve rezar Istikharah? As quatro Escolas de Fiqh concordaram que a Istikharah é prescrita nos casos em que uma pessoa não sabe a decisão certa a tomar.

Em questões onde se sabe se algo é bom ou mau, como atos de adoração, boas ações, pecados ou más ações, não há necessidade de rezar Istikharah.

Mas se uma pessoa quiser descobrir o momento certo para fazer algo, por exemplo, se deve fazer o Hajj este ano, porque existe a possibilidade de encontrar um inimigo ou alguma tribulação, ou se deve ou não ir com determinada pessoa, assim, pode-se rezar Istikharah com relação a tais decisões. Mas não há espaço para Istikharah quando se trata de coisas obrigatórias, haram ou makruh. Em vez disso, Istikharah tem a ver com coisas que são recomendadas ou permitidas.

Istikharah normalmente não é exigida com o que diz respeito às coisas que são recomendadas, deve ser feita nos casos em que há um conflito, ou seja, quando uma pessoa tem uma escolha entre duas coisas e deve decidir por qual começar ou qual não fazer. Com relação às coisas permitidas, pode-se rezar Istikharah regularmente.

Quando se deve rezar Istikharah?

A pessoa que deseja rezar Istikharah deve ter uma mente aberta e não ter decidido um curso de ação específico. A frase “Se algum de vocês está deliberando” indica que a Istikharah deve ser oferecida quando alguém começa a pensar no assunto, quando através da bênção da oração e duaa’ o que é bom se tornará claro para ela, em contraste com quando a ideia criou raízes e a sua decisão de fazê-la é firme, caso em que a sua inclinação a influenciará, e há o medo de que a sabedoria possa não prevalecer porque a pessoa estará inclinada a fazer aquilo que já decidiu fazer.

Pode ser que o que se entende por deliberação seja resolução, porque um pensamento passageiro não importa. E uma pessoa não deve rezar Istikharah, exceto quando ela decidiu fazer algo, mas não tem uma forte inclinação para aquilo. Caso contrário, se uma pessoa rezasse Istikharah por cada pensamento que passa pela sua cabeça, ela nunca pararia e perderia todo o seu tempo fazendo isso.

Consultar outras pessoas antes de rezar Istikharah

An-Nawawi disse:

“É mustahabb, antes de rezar Istikharah, consultar alguém que você sabe que é sincero, atencioso e tem experiência, e que é confiável no que diz respeito ao seu compromisso e conhecimento religioso. Allah diz (interpretação do significado): ‘e consulte-os sobre a decisão’ [Al ‘Imran 3:159]”

O que recitar na oração Istikharah

Existem três opiniões sobre o que deve ser recitado na oração Istikharah:

  • Os Hanafis, Malikis e Shafi’is disseram que é mustahabb, depois de recitar al-Fatihah, recitar Qul ya ayyuha’l-kafirun na primeira rak’ah e Qul huwa Allahu ahad na segunda. An-Nawawi disse, explicando a razão para isso: É apropriado recitá-los em oração, para mostrar sinceridade e expressar que você deixa seus assuntos para Allah. Eles disseram que também é permitido adicionar outros versículos do Alcorão onde o contexto se refere à ideia de fazer uma escolha ou decisão.
  • Alguns Salaf disseram que ao rezar Istikharah é bom adicionar, depois de recitar al-Fatihah, os seguintes versos na primeira rak’ah:

“E teu Senhor cria o que quer, e escolhe o que quer. Não é admissível que a escolha seja deles. Glorificado e Sublimado seja Allah, acima do que idolatram! E teu Senhor sabe o que seus peitos ocultam e o que manifestam. E Ele é Allah: não existe deus senão Ele, dEle é o Louvor, na primeira vida e na Derradeira. E dEle é o julgamento. E a Ele sereis retornados.” [al-Qasas 28:68-70 – interpretação do significado]

E o seguinte versículo na segunda rak’ah:

“E não é admissível a crente algum nem a crente alguma - quando Allah e Seu Mensageiro decretam uma decisão, - que a escolha seja deles, por sua própria decisão. E quem desobedece a Allah e a Seu Mensageiro, com efeito, se descaminhará com evidente descaminho.” [al-Ahzab 33:36 – interpretação do significado]

  • Os Hanbalis e alguns dos fuqaha não disseram sobre nenhum verso específico que deva ser recitado durante a oração Istikharah.

Quando fazer duaa’ na oração Istikharah

Os Hanafis, Malikis, Shafi’is e Hanbalis afirmaram que a duaa’ deve ser recitada imediatamente após a oração . Isto está de acordo com o que foi afirmado no hadith narrado pelo Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele). (Ver al-Mawsu’ah al-Fiqhiyyah, parte 3, pág. 241)

Shaikh al-Islam Ibn Taimiyah disse em al-Fatawa al-Kubra: Parte 2, pág. 265:

“Pergunta relativa à duaa’ al-Istikharah: esta duaa’ deve ser recitada durante a oração ou depois de dizer o salam? A resposta é que é permitido recitar a duaa’ da Istikharah antes ou depois do salam, quer você esteja rezando a oração Istikharah ou outra oração. Recitar a duaa’ antes do salam é preferível, pois o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava recitar muita duaa’ antes do salam, e o adorador ainda está em estado de oração antes de recitar o salam, então é melhor dizer a duaa (nesse momento).’”

E Allah sabe mais.​

A Fonte: Islam Q&A