Quarta-feira 5 Safar 1442 - 23 Setembro 2020
Portuguese

Ouvir uma ruqiyah gravada vem sob a categoria de solicitar ruqiyah?

Pergunta

Quem ouve uma ruqiyah em seu telefone celular está sob a mesma categoria daqueles que pedem ruqiyah, ou seria apenas aquele que vai ao raaqi (praticante de ruqiyah), como diz no hadith: “Setenta mil dos de minha Ummah (nação) serão admitidos no Paraíso sem prestarem contas; são aqueles que não solicitaram ruqiyah, não criam em presságios ou não utilizavam cauterização, e depositavam sua confiança em seu Senhor”?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

Muslim (218) narrou de 'Imraan ibn Hussein (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Setenta mil dos de minha ummah entrarão no Paraíso sem prestarem contas.” Eles disseram: “Quem são eles, ó Mensageiro de Allah?” Ele respondeu: “São aqueles que não pedem que os outros façam ruqiyah por ele, ou acreditam em presságios, ou usam cauterização, e depositam sua confiança em seu Senhor.”

Também foi narrado por Muslim (220), de Ibn Abbaas (que Allah esteja satisfeito com ele): “São os que não fizeram ruqiyah.” Os sábios determinaram que esta versão foi um erro da parte do narrador, e que a versão correta é "[eles] não pediram que os outros fizessem ruqiyah por eles."

O Shaikh al-Islam Ibn Taimiyah (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Ele não disse "[eles] não fizeram ruqiyah"; embora isso tenha sido narrado por alguns isnaads (correntes de transmissão) através de Muslim. Isto é um erro, porque o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) executou a própria ruqiyah, assim como outros também fizeram, mas ele não pediu a ninguém que fizesse isso por ele. Pedir a alguém que faça ruqiyah é efetivamente pedir que alguém ofereça súplica. Isso contrasta com quem realiza ruqiyah para outra pessoa, ou seja, quem oferece súplica por outra pessoa.

Fim da citação de Iqtidaa 'as-Siraat al-Mustaqim (p. 488).

E ele (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

A diferença entre quem executa ruqiyah e quem pede que alguém faça ruqiyah é que este último está buscando por outra pessoa e se voltando para alguém que não é Allah em seu coração, enquanto aquele que executa ruqiyah está fazendo o bem e beneficiando outras pessoas. Fim da citação.

Al-Mustadrak ‘ala Majmu’ Fataawa Ibn Taimiyah (1/18).

Com base nisso, aqueles que atendem à descrição desses setenta mil são aqueles que não pedem a ninguém que faça ruqiyah por eles.

Quanto a quem faz ruqiyah por si mesmo ou por outra pessoa, não há nada de reprovável nisso.

Em segundo lugar:

No que diz respeito a ouvir ruqiyah em uma gravação, telefone celular ou outro dispositivo, o que parece ser o caso, não se enquadra na categoria de solicitar ruqiyah.

Ouvir ruqiyah dessa maneira é benéfico, insha’Allah. Muitas pessoas se beneficiaram com isso, embora o melhor seja que o indivíduo recite Alcorão por si mesmo ou que alguém recite sobre ele.

O Shaikh ‘Abd al-‘Aziz ibn Baaz (que Allah tenha misericórdia dele) emitiu um parecer afirmando que a recitação da Surat al-Baqarah pelo rádio serve para afastar os Shaiatin (demônios) da casa.

Majmu’ Fataawa ash-Shaikh Ibn Baaz (24/413).

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A