Terça-feira 19 Dhu Al-Hijjah 1445 - 25 Junho 2024
Portuguese

Um sonho molhado invalida seu jejum?

Pergunta

Estava jejuando no Ramadan, então, dormi depois do Fajr, e tive um ISTIHLAM (sonho com relação sexual) e expeli maniy (secreção clara). Minha pergunta é: Meu jejum daquele dia seria aceito se eu continuasse, mesmo não tendo controle sobre aquilo?

Minha segunda pergunta é: esses tipos de sonhos vêm de Iblis, mas Iblis está preso nos céus no Ramadan. Qual é a sua explicação?

Resumo da Resposta

Ter um sonho molhado durante o jejum não o invalida. Este é um assunto que está além do controle de uma pessoa e ela não pode impedi-lo.

Todos os louvores são para Allah.

Sonho molhado durante o jejum

Ter um sonho molhado durante o dia no Ramadan não invalida o jejum. Este é um assunto que está além do controle de uma pessoa e ela não pode impedi-lo. Allah diz (interpretação do significado):

“Allah não impõe a alma alguma senão o que é de sua capacidade...” [al-Baqarah 2:286]

“Se um homem tiver um sonho molhado, isso não invalida seu jejum, porque foi involuntário de sua parte; é semelhante ao caso de algo entrar na garganta enquanto se está dormindo.” (Veja al-Mughni por Ibn Qudamah, vol. 3, pág. 22)

O Comitê Permanente foi questionado sobre um homem que teve um sonho molhado durante o dia no Ramadan – qual é a regra sobre isso? Eles responderam:

“Quem tiver um sonho molhado enquanto estiver jejuando ou em estado de ihram para o Hajj ou ‘Umrah, não haverá pecado sobre ele e ele não tem que oferecer expiação (kafarah). Isso não afeta seu jejum, mas ele tem que fazer o ghusl para se purificar da janabah (impureza) se maniy (sêmen) for emitido.” (Fatawa al-Lajnah al-Daimah, vol. 10, pág. 274)

Ihtilam (sonho molhado) significa ver a relação sexual em um sonho.

Esta é uma das coisas que Allah criou na natureza humana, tanto para homens quanto mulheres. Portanto, foi narrado por Umm Salamah, a Mãe dos Crentes, que disse: “Umm Sulaim, a esposa de Abu Talhah, veio ao Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e disse: 'Ó Mensageiro de Allah, em verdade, Allah não tem vergonha (de dizer a ti a) verdade. É necessário que uma mulher tome banho (ghusl) depois de ter um sonho molhado?' O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: 'Sim, se ela notar um corrimento.'” (Narrado por al-Bukhari, al-Ghusl, 373; Muslim, al-Haid, 471)

O que se entende por sonho molhado é quando uma pessoa que está dormindo imagina a relação sexual.

E al-Bukhari narrou de Abu Salamah que Abu Qutadah al-Ansari disse: “Eu ouvi o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) dizer: ‘Os sonhos vêm de Allah e os sonhos ruins vêm de Shaitan. Portanto, se algum dentre vós tiver um sonho do qual não goste, cuspa em seco para o lado esquerdo e busque refúgio em Allah, e aquilo não o prejudicará.’” (al-Ta'bir, 6488; Muslim, al-Ruia, 4196). Isso não significa que o Shaitan seja aquele que causa isso.

Pecar durante o Ramadan

O fato de os marids (jinn fortes) estarem acorrentados durante o Ramadan não significa que os demônios parem de sussurrar no coração das pessoas e instá-las a fazer o mal; mas isso acontece em menor grau no Ramadan do que nos outros meses. Os efeitos disso são bem conhecidos e podem ser vistos.

Ibn Hajar disse:

“O fato de os sonhos ruins serem mencionados em conjunto com o Shaitan significa que eles compartilham suas características de mentira e exagero, etc., ao contrário dos sonhos verdadeiros que são mencionados em conjunto com o nome de Allah por meio de honra, embora todos eles sejam criados e decretados por Allah.” (Fath al-Bari, 12/393)

E Allah sabe mais.

A Fonte: Sheikh Muhammed Salih Al-Munajjid