Domingo 19 Dhu Al-Qa'dah 1440 - 21 Julho 2019
Portuguese

O Paraíso e o Inferno existem e eles existirão pelo tempo que Allah queira que eles existam

Pergunta

O Paraíso e o Inferno existem atualmente? Ou eles não foram criados ainda?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Os estudiosos da “Ahlul-Sunnah wa'l-Jamaa'ah” concordam que o Paraíso e o Inferno são coisas já criadas que existem atualmente. Nenhum deles duvida disto devido ao volume de provas do Alcorão e da Sunnah que indica isso.

Do Alcorão:

“[Paraíso] preparado para os piedosos.” [Aal ‘Imraan 3:133]

“Emulai-vos por um perdão de vosso Senhor (Allah) e por um Paraíso, cuja amplidão é como a do céu e da terra, preparado para os que creem em Allah e em Seus Mensageiros.” [al-Hadid 57:21]

“E, com efeito, (Muhammad) viu-o (Jibril – Gabriel), outra vez, Junto da Sidratal-Muntaha (uma árvore de lótus no limite máximo sobre o sétimo céu além do qual ninguém pode passar); Junto dela, está o Jardim de al Ma'wa.” [al-Najm 53:13-15]

Allah diz sobre o Inferno (interpretação do significado):

“...foi preparado para os renegadores da Fé.” [al-Baqarah 2:24]

A frase “foi preparado” indica que o inferno já existe.

Da Sunnah:

O Profeta (que a paz e bênçãos de Allaah estejam sobre ele) viu Sidrat al-Muntaha (uma árvore de lótus no limite máximo sobre o sétimo céu além do qual ninguém pode passar), ao lado da qual ele viu a Morada do Paraíso, como é mencionado em Sahih al-Bukhari (336) e Sahih Muslim (237) que narraram o hadith de Anas (que Allah esteja satisfeito com ele) que conta a história de Isra’ (a Viagem Noturna do Profeta). No final deste hadith, é mencionado: “Jibril levou-me até chegarmos a Sidratal-Muntaha, que estava coberta de cores, eu não sei o que elas são. Então entrei no Paraíso e vi que suas cúpulas eram pérolas e seu solo era almíscar."

Em al-Bukhari (1290) e Muslim (5111) é narrado do hadith de 'Abd-Allah ibn ‘Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Mensageiro de Allah (que a paz e bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "Quando um de vós morre, é-lhe mostrado o seu lugar de manhã e à noite. Se ele for uma das pessoas do Paraíso, então ele é uma das pessoas do Paraíso, e se ele é uma das pessoas do Inferno, então ele é uma das pessoas do Inferno, e é-lhe dito: "Esta é a tua morada até que Allah te ergue no Dia da Ressurreição.”

De acordo com o longo hadith de al-Baraa’ ibn ‘Aazib, "Uma voz clamará do céu, 'Meu servo falou a verdade, então estendam para ele dos adornos do Paraíso e abram para ele uma porta para o Paraíso para que a sua brisa fragrante lhe chegue.’” Este é um hadith sahih que foi classificado como tal por Ibn al-Qayyim em Tahdhib al-Sunan (4/337) e por al-Albani em Ahkaam al-Janaa'iz (59).

Em Sahih al-Bukhari (993) e Sahih Muslim (1512), é narrado que 'Abd-Allah ibn 'Abbaas (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: "O sol ficou eclipsado na época do Mensageiro de Allah (paz e bênçãos de Allah estejam sobre ele)... e ele disse: 'Eu vi o Paraíso e estendi a mão para um cacho de seus frutos. Se eu tivesse conseguido pegá-lo, vós teríeis comido dele durante o tempo que a terra permanecesse. E eu vi o Inferno, e eu nunca vi algo mais terrível do que ele...”

Em Sahih Muslim (646) é narrado do hadith de Anas (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "Por Aquele em Cuja Mão está a minha alma, se tivessem visto o que eu vi, ririam pouco e chorariam muito”. Eles disseram: “O que viste, ó Mensageiro de Allah?” Ele disse: "Eu vi o Paraíso e o Inferno.”

Em Sunan al-Tirmidhi (2483) e noutros, é narrado de Abu Hurayrah que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "Quando Allah criou o Paraíso e o Inferno, Ele enviou Jibril ao Paraíso e disse: 'Olhe para ele e veja o que preparei para os que nele habitarão’. Então ele foi e olhou para ele e viu o que Allah havia preparado para os seus habitantes. Então ele voltou para Ele e disse: 'Por Tua Glória, ninguém ouvirá falar dele, a não ser quem entrar nele." Então, Ele ordenou que (o Paraíso) fosse cercado de coisas difíceis. Então Ele disse: ‘Volta e olha para o que nele preparei para os seus habitantes.’ Ele voltou e viu que estava cercado com as coisas difíceis. Ele voltou e disse, 'Por Tua Glória, eu temo que ninguém entrará nele’. Allah disse: ‘Vai e olha para o Inferno e vê o que nele preparei para os seus habitantes.’ [Ele viu-o] cujas partes consumiam outras partes deste. Ele voltou e disse, 'Por Tua Glória, quem ouvir falar dele não entrará nele.’ Então Allah ordenou que (o Inferno) fosse cercado por caprichos. Então ele disse, 'Volta para ele.’ Então ele voltou e depois disse, ‘Por Tua Glória, eu temo que ninguém será salvo dele e que todos entrarão nele.’” Al-Tirmidhi disse: este é um hadith sahih hasan. Al-Haafiz disse em al-Fath (6/320): sua isnaad é qawiy (forte).

E há muitos ahadith sobre este tema. Em seu Sahih, Al-Bukhari escreveu um capítulo intitulado Baab ma jaa’a fi Sifat al-Jannah wa annaha makhluqah (Capítulo sobre o que foi narrado sobre descrição do Paraíso e do fato de que ele já foi criado), no qual ele listou ahadith, como o citado acima, que afirmam que Allah mostra ao falecido o seu lugar no Paraíso ou no Inferno depois de ele ser depositado no seu túmulo.

Tudo o que resta para uma pessoa fazer é se esforçar o máximo na adoração de seu Senhor abstendo-se de desobedecê-Lo, na esperança de que possa alcançar a vitória de ser admitido no Paraíso e de ser salvo do tormento doloroso. E Allah sabe melhor.

Veja Sharh al-‘Aqidah al-Tahhaawiyyah por Imam Ibn Abi’l-‘Izz al-Hanafi, 1/475; al-Jannah wa’l-Naar por Shaykh ‘Umar al-Ashqar, 13-18. [Nota do tradutor: o último livro está disponível em inglês sob o título ‘Paradise and Hell’].

A Fonte: Sheikh Muhammed Salih Al-Munajjid

Enviar comentário