Segunda-feira 22 Ramadan 1440 - 27 Maio 2019
Portuguese

Como celebrar o Eid?

Pergunta

Espero que possa me aconselhar acerca de como a família deve celebrar o Eid (e, com todo respeito, espero que o senhor não diga “Não faça nada haraam, como ir a lugares onde existe mistura de gêneros, salas de cinema e assim por diante”, porque nunca fazemos essas coisas). Poderia exemplificar tipos de coisas que os crentes deveriam fazer no Eid? Quais são as atividades que eles devem participar? É permitido que o marido e a mulher saiam juntos e tenham uma refeição deliciosa em algum lugar? Como os sábios comemoram o dia do Eid?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Os dias dos dois Eids são dias de alegria e contentamento, e eles são escolhidos para alguns atos de adoração, práticas especiais, e tradições, incluindo as seguintes:

  1. Fazer ghusl

Isso é narrado em relatos sahih de alguns dos sahaabah.

Um homem perguntou a ‘Ali (que Allah esteja satisfeito com ele) sobre tomar banho e ele disse: Tome banho todos os dias, se desejardes. Ele disse: Não, (quero dizer) banho no sentido de ghusl (como um ato de adoração). Ele disse: (Fazei-o) às sextas-feiras, no dia de ‘Arafat, no Dia do Sacrifício (Eid al-Adha) e no dia de al-Fitr (Eid al-Fitr).

Narrado por ash-Shaafa’i em seu Musnad (p. 385); classificado como sahih por al-Albaani em Irwa’ al-Ghalil(1/176). 

  1. Usar roupas novas para embelezar-se

‘Abdullah ibn ‘Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: ‘Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) encontrou um traje de brocado à venda no mercado, então ele o pegou e o levou até o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e disse: Ó Mensageiro de Allah, comprai-o e adornai-vos com ele para o ‘Eid e para (encontrar) as delegações. O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Este traje é apenas para aqueles que não têm lugar na Outra Vida.”

Narrado por al-Bukhari (906) e Muslim (2068).

Al-Bukhari incluiu esse relato em um capítulo intitulado: Capítulo sobre os Dois Eids e Embelezar-se para eles.

Ibn Qudaamah (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Isso indica que embelezar-se em tais ocasiões era algo bem visto entre eles.

Al-Mughni (2/370) 

Ibn Rajab al-Hanbali (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

O hadith indica que o servo deve embelezar-se para o Eid e que esta prática era algo comum dentre eles.

Fath al-Baari de Ibn Rajab (6/67)

Ash-Shawkaani (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

O que podemos concluir deste hadith é que é imperativo embelezar-se para o Eid porque o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) basicamente aprovou a ideia de ‘Umar sobre a pessoa se enfeitar para o Eid, e ele apenas opôs-se a quem usaria tal traje, porque o mesmo era feito de seda.

Nayl al-Awtar (3/284) 

E esta tem sido a prática de todas as pessoas desde o tempo dos sahaabah (que Allah esteja satisfeito com eles) até os dias de hoje.

Ibn Rajab al-Hanbali (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Al-Baihaqi narrou, com um isnaad sahih, de Naafi’ que Ibn ‘Umar costumava usar suas melhores roupas nos dois Eids.

Ele também disse:

Este enfeitar-se pela ocasião do Eid aplica-se àqueles que saem para rezar, aos que ficam em casa, e ainda às mulheres e crianças.

Fath al-Baari por Ibn Rajab (6/68, 72) 

Um dos sábios disse:

De acordo com alguns sábios, um servo que estava em i’tikaaf pode sair para o Eid vestindo as roupas que usou para i’tikaaf, mas esta é uma opinião menos apoiada.

O Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

A Sunnah nos Eids é embelezar-se, a despeito do servo ter estado em i’tikaaf ou não.

As’ilah wa Ajwibah fi Salaat al-Eid (p. 10) 

  1. Usar o melhor perfume

Foi narrado em um relato sahih de Ibn ‘Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) que ele costumava colocar perfume no dia de al-Fitr, conforme é dito em Ahkaam al-‘Eidain de al-Firyaabi (p. 83) 

Ibn Rajab al-Hanbali (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Maalik disse: Ouvi os sábios descrevendo adornar-se e usar perfume em todos os Eids como mustahabb (recomendável).

Ibn Rajab também considerou como mustahabb (6/68)

Este embelezar-se e usar perfume deve ser feito apenas em casa, no caso das mulheres, ante seus maridos, outras mulheres e mahrim.

Diz-se em al-Mawsu‘ah al-Fiqhiyyah (31/116): 

A recomendação de usar roupas boas, lavar-se, colocar perfume e remover pelos do corpo e odores ofensivos aplica-se tanto a quem vai à oração como àquele que fica em casa, porque o dia do adorno é para todos igualmente. Isso se aplica a todos, exceto mulheres.

No que diz respeito às mulheres, se elas saírem, não devem se adornar; em vez disso, eles devem usar roupas normais e não usar roupas bonitas ou usar perfume, por receio de causar tentação. O mesmo se aplica a idosas mulheres que não são atraentes. E elas não devem se misturar aos homens; mas sim, ficar em uma área separada deles. Fim de citação.

  1. Takbir

É sunnah, por ocasião do Eid al-Fitr, que aquele que avista a lua recite o takbir, porque Allah, Exaltado Seja, diz interpretação do significado):” E fê-lo para que inteireis o número prescrito (de dias), e para que magnifiqueis a Allah (ou seja, que faça Takbir - dizer Allahu-Akbar; Allah é o Maior), ao avistar o crescente dos meses de Ramadan e Shawwal), porque vos guiou...” [al-Baqarah 2:185]. Inteirar o número de dias quer dizer completar o jejum. Recitar o takbir termina quando o Imam vem para ministrar a khutbah [antes da oração do Eid].

No Eid al-Adha o takbir começa na manhã do dia de ‘Arafat até o último dos dias de Tashriq, que é o trigésimo de Dhu’l-Hijjah.

  1. Visitarem-se

Não há nada de errado em visitar os parentes, os vizinhos e amigos no Eid. Isto é algo que as pessoas estão acostumadas a fazer nestas ocasiões, e foi dito que é uma das razões para o servo mudar o itinerário ao voltar do local de oração do Eid.

A maioria dos sábios é da opinião que é mustahabb ir à oração do Eid por um caminho e voltar por um outro diferente.

Foi narrado que Jaabir ibn 'Abdullah (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: No dia do Eid, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava voltar por um caminho diferente.

Narrado por al-Bukhari (943).

Al-Haafiz Ibn Hajar (que Allah tenha misericórdia dele) disse concernente ao parecer sobre isto:

Diz-se que a sabedoria por trás disto é que se deve visitar os parentes, ambos, vivos e mortos; e foi dito que isso era para estreitar os laços de parentesco.

Fath al-Baari (2/473) 

  1. Felicitarem-se

Isto pode ser feito em qualquer expressão permitida, a melhor das quais é: “Taqabbal Allahu minna wa minkum (que Allah aceite de nós e vós)”, porque isso é o que foi narrado dos Sahaabah (que Allah esteja satisfeito com eles).

Foi narrado que Jubair ibn Nufair disse: Quando os companheiros do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) encontravam-se no dia de Eid, eles diziam uns para os outros: “Taqabbal Allahu minna wa minkum (que Allah aceite de nós e de vós).”

Al-Haafiz classificou seu isnaad como hasan em Fath al-Baari (2/517). 

Maalik (que Allah tenha misericórdia dele) foi perguntado: É makruh que um homem diga a seu irmão, ao finalizar a oração do Eid, “Taqabbal Allahu minna wa minka wa ghafar Allahu lana wa laka (Que Allah aceite de nós e de vós; que Allah nos perdoe e a vós)” e que seu irmão responda da mesma maneira? Ele disse: Isso não é makruh.

Al-Muntaqa Sharh al-Muwatta' (1/322)

Shaikh al-Islam Ibn Taymiah (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Com relação a felicitar uns aos outros no Dia do Eid, dizendo, ao se encontrem, após a oração do Eid, “Taqabbal Allahu minna wa minkum (Que Allah aceite de nós e vós)” ou “Ahaalahu Allahu 'alayka (que Allah vos faça viver para ver outro Eid)” e assim por diante, foi narrado por vários Sahaabah que eles costumavam fazer isso. Os imams, como Ahmad e outros, abriam concessões que permitiam isso, mas Ahmad disse: Eu não inicio tais cumprimentos com ninguém, mas se alguém me parabenizar primeiro, então eu respondo. Isso é porque devolver uma saudação é obrigatório.

Quanto a iniciar o cumprimento ou a felicitação (no Eid), esta não é uma Sunnah que é obrigatória, mas também não é algo proibido. Então, existe um precedente para quem o fizer e, também para quem abster-se de fazê-lo.

Majmu’ al-Fataawa (24/253) 

  1. Desfrutar de boa comida e bebida

Não há nada de errado em desfrutar ou comer boa comida e bebida, seja em casa ou em um restaurante, mas não é permitido que isto seja em um restaurante em que seja servido álcool ou em um restaurante em que toque música ou em que os homens possam ver a mulher não-mahram.

Em alguns países, talvez seja melhor fazer uma viagem por terra ou mar, a fim de fugir de lugares onde existe a livre mistura entre homens e mulheres, ou em que haja outras coisas contrárias ao ensino islâmico.

Foi narrado de Nubaishah al-Hudhali (que Allah esteja satisfeito com ele): "O Mensageiro (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: ‘Os dias de Tashriq são dias de comer, beber e lembrar de Allah.’” Narrado por Muslim (1141).

  1. Atividades de lazer lícitas

Não há nada de errado em levar a família em uma viagem por terra ou mar, ou visitar locais pitorescos ou ir a um lugar onde haja atividades de lazer lícitas. Também não há nada de errado em ouvir alguns anashid, que estejam livres de acompanhamento musical.

Foi narrado que 'Aisha (que Allah esteja satisfeito com ela) disse: O Mensageiro (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) veio e havia comigo duas jovens que estavam cantando as canções de Bu'aath. Ele deitou-se na cama e virou o rosto. Então Abu Bakr entrou e me repreendeu, dizendo: Cantos de Shaitaan na presença do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele)? O Mensageiro de Allah (que as bênçãos e a paz de Allah estejam sobre ele) voltou-se para ele e disse: “Deixe-as.” Quando ele se virou, eu fiz um sinal para elas e elas foram embora. E no dia do Eid, os negros brincavam com escudos e lanças. Ou eu pedi ao Mensageiro de (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) (que me deixasse assistir) ou ele disse: “Quereis assistir?” E eu disse: “Sim.” Então, ele fez com que eu ficasse de pé atrás dele, com a minha face contra a dele, e ele dizia: “Continue, ó Banu Arfidah!” Até que eu me satisfiz, então ele disse: “Estais satisfeita?” E eu disse “sim.” Então, ele disse: "Ide, então".

Narrado por al-Bukhari (907) e Muslim (892)

De acordo com outro relato, 'Aisha disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Para que os judeus entendam que em nossa religião há alguma indulgência, eu fui enviado com monoteísmo, que é de natureza fácil.”

Musnad Ahmad (50/366); classificado como hasan pelos comentadores; seu isnad classificado como jayyid por al-Albaani em as-Silsilah as-Sahihah (4/443).

An-Nawawi (que Allah tenha misericórdia dele) incluiu-o em um capítulo intitulado: A concessão de brincadeiras em que não haja pecado durante os dias de Eid.

Al-Haafiz Ibn Hajar (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Neste hadith, aprendemos que ser generoso para com a família e filhos durante os dias do Eid é uma obrigação, com diferentes tipos de coisas que lhes trarão prazer e alegria, e permitirão que o corpo relaxe após o esforço da adoração.

Também aprendemos que expressar alegria no Eid é um dos símbolos do Islam.

Fath al-Baari (2/514)

Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Outra coisa que é feita neste Eid é a troca de presentes, em outras palavras, eles fazem comida e convidam uns aos outros, reúnem-se e celebram. Não há nada de errado com esse costume, porque esses são os dias do Eid. Mesmo Abu Bakr (que Allah esteja satisfeito com ele), quando entrou na casa do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele)... e foi narrado o mesmo hadith.

Isso indica que uma das maneiras pelas quais o Islam torna as coisas fáceis para as pessoas – louvado seja Allah – é que este ordena que elas expressem alegria e felicidade nos dias do Eid.

Majmu‘ Fataawa ash-Shaikh al-‘Uthaimin (16/276). 

Em al-Mawsu‘ah al-Fiqhiyyah (14/166) diz-se:

Isto confirma a ideia de que é obrigatório ser generoso com a própria família e filhos durante os dias de Eid, com diferentes tipos de coisas que lhes trarão prazer e felicidade, e permitir o corpo relaxar depois do esforço da adoração. Expressar felicidade nos dias de Eid é um dos símbolos da religião, e é permitido brincar nos dias dos dois Eid, tanto na mesquita quanto em outro lugar, se isso for feito no sentido mencionado no hadith de ‘Aisha (que Allah esteja satisfeito com ela), sobre os Abissínios brincando com as armas. Fim de citação.

Na resposta à pergunta nº 36856 mencionamos algumas das coisas erradas que são feitas no Eid. Por favor, leia.

Rogamos Allah, Exaltado seja, que aceite de nós e de vós as ações virtuosas, e que nos guie e a ti ao que é melhor para nós tanto em termos mundanos quanto religiosos.

Enviar comentário