Terça-feira 25 Rabi' Ath-Thani 1443 - 30 Novembro 2021
Portuguese

Se ele se masturba e retém o sêmen que, posteriormente, sai junto com a urina, isso invalida seu jejum?

Pergunta

Eu me masturbei durante o jejum, quando o sêmen saiu, segurei meu pênis até ficar mole, quando o soltei de minha mão, nada saiu, porém quando urinei saiu um líquido claro e pegajoso... meu jejum foi quebrado?

Resumo da Resposta

Se o maniy não foi emitido durante a masturbação, porque o indivíduo segurou seu pênis, porém saiu depois disso, com ou sem urina, então ele anulou seu jejum e deve compensá-lo.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

A masturbação (o “hábito secreto”) é haram, com base nas evidências do Alcorão e da Sunnah, e não é permitido que homens ou mulheres façam isso. Os rapazes e moças devem buscar ajuda por meio de jejum e súplicas, e quem quer que seja capaz de se casar, deve se casar, pois o casamento oferece a proteção mais forte. Quem não puder se casar deve jejuar, pois o jejum é escudo e proteção contra as pressões do desejo. O jejum reduz os impactos do Shaitan e enfraquece o desejo físico.

É dito em ad-Durr al-Mukhtaar wa Haashiyat Ibn ‘Aabidin (27/4): A masturbação é haraam e está sujeita a uma punição disciplinar (ta'zir). Fim da citação.

Ash-Shaafa'i (que Allah tenha misericórdia dele) disse em al-Umm (5/102): A masturbação não é permitida. Fim da citação.

An-Nawawi (que Allah tenha misericórdia dele) disse em al-Majmu’ (16/421):

A masturbação, que significa provocar a emissão de sêmen através da mão, é haram; esta é a visão da maioria dos sábios. Fim da citação.

Al-Mirdaawi mencionou algo semelhante em al-Insaaf (10/252).

Ibn Duwayaan disse em Manaar as-Sabil (2/383): É haram se masturbar tanto para homens quanto para mulheres, porque Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado): “E que são custódios de seu sexo” [al-Mu'minun 23:5]. Em seguida, ele citou outras evidências.

Veja também a resposta à pergunta n° 329.

Em segundo lugar:

A masturbação invalida o jejum se resultar na emissão de maniy (sêmen). Mas se nenhuma ejaculação ocorrer, isso não invalida o jejum.

Ibn ‘Aabidin disse em Radd al-Muhtaar (2/399): O mesmo se aplica em relação à masturbação com a mão, ou seja, que não invalida o jejum, mas isso só se aplica se nenhuma ejaculação ocorrer. No entanto, se ocorrer ejaculação, deve-se compensar o jejum do dia. Fim da citação.

Em al-Mawsu'ah al-Fiqhiyyah al-Kuwaitiyyah (4/100) é dito:

A masturbação com a mão invalida o jejum de acordo com os Maalikis, Shaafa'is e Hanbalis, e a maioria dos Hanafis são da mesma opinião. Fim da citação.

Veja também a resposta à pergunta n° 38074.

Em terceiro lugar:

Se um homem se masturba e sente o maniy (sêmen) se movendo, então ele segura seu pênis e não sai nada dele, então há dois cenários:

O primeiro cenário é que isso é retido e não sai nada, mesmo depois de um tempo. Nesse caso, ele não tem que fazer ghusl de acordo com a maioria dos sábios, e seu jejum não é invalidado.

O segundo cenário é que isso saia quando ele solta o pênis, ou pouco tempo depois. Esta emissão torna o ghusl obrigatório e invalida o jejum.

Ibn Qudaamah (que Allah esteja satisfeito com ele) disse:

Se ele sentir que o maniy está se movendo por desejo e se segurar em seu pênis, sem que saia nada, ele não terá que fazer ghusl de acordo com o significado aparente das palavras de al-Khuraqi, esta é uma das duas visões narradas de Ahmad, e a visão da maior parte dos fuqaha'...

Então ele disse, apoiando esta visão e refutando a outra visão:

Temos [em apoio a este ponto de vista] o fato de que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) conectou a realização do ghusl à visão da ejaculação, dizendo: "Se ela vir a água" e "se a água jorrar, então faça o ghusl”. Portanto, a regra não se aplica se esse não for o caso.

Ele também disse:

Com base nisso, se o maniy sair posteriormente, ele deve fazer o ghusl, independentemente de ter feito ghusl antes de sair ou não, porque isto é o maniy que foi emitido por causa do desejo, portanto, tornou o ghusl obrigatório, como se tivesse saído no momento em que se moveu pela primeira vez.

Ahmad (que Allah tenha misericórdia dele) disse, a respeito de um homem que teve relações sexuais, mas não ejaculou, então ele fez ghusl e o maniy saiu dele: ele deve refazer ghusl. Ele foi questionado sobre um homem que sonhou que estava tendo uma relação sexual, então acordou e não viu nada, porém, quando se levantou e andou, o maniy saiu. Ele disse: Que ele faça o ghusl.

Fim da citação de al-Mughni (1 / 128-129).

Veja também a resposta à pergunta n° 40126 e 202837.

Resumindo:

Se o maniy não foi emitido durante a masturbação, porque o indivíduo segurou seu pênis, porém saiu depois disso, com ou sem urina, então ele anulou seu jejum e deve compensá-lo.

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A