Terça-feira 19 Dhu Al-Hijjah 1445 - 25 Junho 2024
Portuguese

Regra sobre a venda de programas para monitorar o que as crianças fazem no computador

Pergunta

1) Vendemos programas que permitem aos pais monitorar o que as crianças assistem e fazem no computador e protegê-las até a puberdade. Isso tem o objetivo de proteger seus filhos de assistir a conteúdo que possa prejudicá-los e que seja contrário aos mandamentos de Allah. Ao instalar este software no computador ou celular da criança, temos de a informar ou é permitido fazê-lo em segredo? Se o programa for instalado com o conhecimento da criança, existe uma maneira fácil de desabilitá-lo quando ela estiver sentada no computador; é um serviço prontamente disponível que a criança pode usar para desativá-lo e, portanto, o programa não traria nenhum benefício. Se o programa for instalado secretamente, isso está sob o título de espionar os filhos?
2) Como vendedores de tais programas, somos responsáveis ​​pela forma como são utilizados, seja secreta ou abertamente? Observe que todas as condições de uso estão registradas com o programa, mas ele pode ser comprado por um incrédulo que não presta atenção às condições de uso, e pode usá-lo contra qualquer pessoa em segredo. Somos nós – como vendedores do programa e muçulmanos – responsáveis ​​por isso? O que o Islam nos diz para fazer nesta situação, e como podemos evitar o que é haram?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

Não é permitido instalar um programa para monitorar o que crianças, adultos ou esposas fazem sem o conhecimento deles, porque isso se enquadra no título de espionagem, o que é proibido.

Allah, Exaltado seja, diz (interpretação do significado):

{Ó vós que credes! Evitai muitas das conjeturas. Por certo, uma parte das conjecturas é pecado. E não vos espieis. E não faleis mal, uns dos outros, pelas costas. Algum de vós gostaria de comer a carne de seu irmão morto? Pois, odiá-la-íeis! E temei a Allah. Por certo. Allah é Remissório, Misericordiador} [al-Hujuraat 49:12].

Al-Bukhari (5144) e Muslim (2563) narraram de Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Cuidado com a suspeita, pois a suspeita é o mais falso dos discursos. Não procureis as falhas uns dos outros; não espioneis uns aos outros; não invejeis uns aos outros; não vos afasteis um do outro; não vos odieis. Sede, ó servos de Allah, irmãos.” Narrado por al-Bukhari (5144) e Muslim (2563).

E o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Ó vós que declararam o Islam da boca para fora, mas a fé não entrou em vossos corações, não prejudiqueis os muçulmanos ou os envergonheis ou procureis suas falhas, pois quem procura as falhas de seu companheiro muçulmano, Allah procurará suas falhas, e se Allah procura as falhas de uma pessoa, Ele irá expô-la até mesmo no local mais íntimo de sua casa.” Narrado por at-Tirmidhi (2032) e Abu Dawud (4880).

A maneira de fazer isso é o pai informar aos filhos que instalou um programa para monitorar o que eles fazem no computador, mas ele não precisa mostrar o programa; ao contrário, ele pode escondê-lo ou escolher um programa que as crianças não possam desativar.

É permitido usar um programa para ocultar sites ruins e similares, e isso não se enquadra no título de espionagem; em vez disso, está sob o título de prevenir e bloquear o que se teme que possa causar corrupção e danos. Isso está sob as responsabilidades dos pais.

Allah, Exaltado seja, diz (interpretação do significado):

{Ó vós que credes, precavei-vos, juntamente com as vossas famílias, do fogo, cujo alimento serão os homens e as pedras, o qual é guardado por anjos inflexíveis e severos, que jamais desobedecem às ordens que recebem de Deus, mas executam tudo quanto lhes é imposto} [at-Tahrim 66:6].

Foi narrado de Ibn ‘Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Cada um de vós está em uma posição de confiança e é responsável pelo que lhe é confiado. O governante do povo está em uma posição de confiança e é responsável pelo seu povo. Um homem está em uma posição de confiança sobre os membros de sua família e é responsável por eles. Uma mulher está em uma posição de confiança sobre a casa e os filhos de seu marido e é responsável por eles. O servo está em uma posição de confiança sobre a riqueza de seu senhor e é responsável por ela. Cada um de vós está em uma posição de confiança e cada um de vós é responsável pelo que lhe é confiado.” Narrado por al-Bukhari (7138) e Muslim (1829).

E al-Bukhari (7151) e Muslim (142) narraram que Ma'qil ibn Yasaar al-Muzani (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: Eu ouvi o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) dizer: “Não há pessoa a quem Allah ponha a cargo dos outros, e quando ela morre, tendo sido insincera para com aqueles sob sua autoridade, sem que Allah a proíba o Paraíso.”

Em segundo lugar:

Com relação à venda deste programa e de outros que possam ser usados ​​de maneira permitida ou proibida, o princípio básico é que é permitido vende-los e negociá-los, a menos que se saiba ou suponha mais provável que o comprador os usará para fins haram, caso em que não é permitido vendê-los.

Mas se não se sabe qual é o caso, ou há incerteza se o comprador vai usá-lo para fins haram ou não, então não há nada de errado em vendê-lo, e se ele o usa para fins haram, o pecado disso estará somente sobre ele.

É dito em Fataawa al-Lajnah ad-Daa'imah (13/109): Tudo o que é usado para propósitos haram, ou se for mais provável que seja o caso, é haram fabricá-lo, importá-lo, vendê-lo e distribuí-lo entre os muçulmanos. Fim da citação.

E Allah sabe mais.

A Fonte: Islam Q&A