Terça-feira 8 Rabi' Ath-Thani 1442 - 24 Novembro 2020
Portuguese

O que é requerido àquele que jurou fazer algo em um momento específico, mas não o fez naquele momento?

Pergunta

No último Ramadan, enquanto jejuava, jurei que faria umrah, mas não consegui fazê-la. Preciso jejuar por três dias ou não?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Se você jurou fazer umrah durante o mês do Ramadan, mas quando o mês terminou, você não o fez, dessa forma você quebrou seu juramento e, portanto, deve oferecer expiação.

Ibn Qudaamah (que Allah tenha piedade dele) disse: Se o juramento era fazer algo e você não o fez, e esse era um juramento que estava ligado a um tempo específico indicado pelas palavras proferidas ou pela intenção, ou até implicitamente, então esse tempo passou sem que você fizesse nada, o juramento foi quebrado e a expiação deve ser oferecida. Fim da citação de al-Mughni (9/494).

Você não precisa fazer nada, exceto oferecer expiação.

A expiação por quebrar um juramento é: libertar um escravo, alimentar dez pobres ou vesti-los. Quem for incapaz de fazer qualquer uma dessas coisas deve jejuar por três dias, porque Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“Allah não vos culpa pela frivolidade em vossos juramentos, mas vos culpa pelos juramentos intencionais não cumpridos. Então, sua expiação é alimentar dez necessitados, no meio-termo com que alimentais vossas famílias; ou vesti-los ou alforriar um escravo. E quem não encontra recursos, deve jejuar três dias. Essa é a expiação de vossos juramentos, quando perjurardes. E custodiai vossos juramentos. Assim, Allah torna evidentes, para vós, Seus sinais, para serdes agradecidos.”

[al-Maa'idah 5:89].

Veja também a resposta à pergunta nº 45676.

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A