Terça-feira 16 Rabi' Ath-Thani 1442 - 1 Dezembro 2020
Portuguese

A virtude do jejum do Ramadan é alcançada pelo jejum em todos os dias deste mês

Pergunta

Se alguém quebrar o jejum, seja comendo ou se masturbando, em um dia no Ramadan, sem desculpa, ele será privado da recompensa mencionada no hadith: “Quem quer que jejue o Ramadan por fé e na esperança de recompensa, seus pecados anteriores serão perdoados”? O hadith se refere a quem jejua todo o Ramadan, e significa que quem quebrar o jejum em um dia será privado dessa recompensa?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

Foi narrado que Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "Quem quer que jejue o Ramadan por fé e na esperança de recompensa, seus pecados anteriores serão perdoados". Narrado por al-Bukhari (38) e Muslim (759).

O jejum do Ramadan só é alcançado se todos os dias forem jejuados. Se alguém não jejua todo ele, não pode ser descrito como tendo jejuado no Ramadan; ao contrário, ele pode ser descrito como tendo jejuado em parte ou jejuado o mês, exceto alguns dias.

Al-Kermaani (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

As palavras "jejum do Ramadan" significam: no mês do Ramadan. Se você perguntar: É suficiente fazer o mínimo do que pode ser descrito como jejum, mesmo que se jejue apenas um dia, para que se esteja incluído neste hadith?

Eu digo: habitualmente, não se pode dizer que alguém jejuou no Ramadan, a menos que tenha jejuado o mês inteiro. O contexto indica claramente isso.

Se você perguntar sobre quem teve uma desculpa, como quem está doente e não jejuou durante o mês, e se ele não estivesse doente, ele teria jejuado, pois sua intenção era de jejuar, porém foi impedido por esta razão: ele está incluído nesse hadith?

Eu digo: Sim, assim como a pessoa doente que reza sentada porque tem uma razão, ele terá a recompensa de quem reza em pé. Isto foi afirmado pelos principais sábios.

Fim da citação de al-Kawaakib ad-Daraari (1/159).

O Shaikh Mahmoud Khattaab as-Subki (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

As palavras “Quem quer que jejue o Ramadan…” se refere a quem jejua todos os dias do mês.

No que diz respeito àquele que quebra o jejum em alguns dias sem razão, ele não alcançará essa recompensa.

Quem quebrar o jejum devido a uma razão válida terá a recompensa, se fizer o que é obrigado a fazer para compensar os dias perdidos ou alimentar os pobres, assim como quem reza sentado por uma razão válida terá a recompensa de quem reza em pé.

Fim da citação de al-Manhal al-‘adhb al-Mawrud Sharh Sunan Abi Dawud (7/308).

Em segundo lugar:

Qualquer um na mesma posição que essa pessoa deve observar que, se tiver perdido a oportunidade de alcançar essa grande virtude (de jejuar durante todo o mês do Ramadan), há outras oportunidades de se alcançar virtudes e ele deveria se apressar a procura-las, o mais importante disso é o arrependimento sincero.

Por favor, consulte a resposta para a pergunta n° 13693.

No Ramadan, existem outras ações justas que expiarão os pecados, além do jejum. Uma dessas ações é passar as últimas dez noites do Ramadan em oração, por fé e esperança de recompensa. Talvez aquele que passa essas noites em oração possa encontrar a Lailat al-Qadr; e passar aquela noite em oração trará o mesmo perdão dos pecados que o jejum do Ramadan.

Foi narrado que Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quem quer que passe a Lailat al-Qadr em oração, por fé e na esperança de recompensa, seus pecados anteriores serão perdoados." Narrado por al-Bukhari (35) e Muslim (760).

Consulte a pergunta n° 25 para obter informações sobre as oportunidades mais importantes para se praticar boas ações no Ramadan.

Também recomendamos que você leia os livros al-Khisaal al-Mukaffirah li'dh-Dhunub de al-Haafiz Ibn Hajar al-'Asqallaani e al-Khisaal al-Mukaffirah li'dh-Dhunub por Shams ad-Din ash-Sharbini .

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A