Sábado 10 Rabi' Al-Awwal 1443 - 16 Outubro 2021
Portuguese

Ela está infectada com Covid-19, em quarentena e não pode fazer ghusl após a menstruação ou encontrar qualquer terra (para tayammum)

Pergunta

Tenho Covid 19 (coronavírus) e atualmente estou em um hospital de quarentena na Rússia. Quero me purificar depois da menstruação e rezar, mas não posso usar água fria, nem tomar banho. O que piora as coisas é que não há terra para o tayammum, eu estou em uma sala compartilhada e não posso realizar a oração. Posso rezar enquanto estiver em minha cama? Por favor, aconselhe-me, que Allah o recompense com o bem. Espero que você suplique pela minha cura.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

Pedimos a Allah que a cure e lhe conceda bem-estar.

Se fazer ghusl com água fria ou água quente piora sua doença ou atrasa sua recuperação, é permitido que você recorra à opção do tayammum. Você pode trazer um pouco de terra de fora do hospital em uma bolsa e coisas assim, ou pode realizar o tayammum colocando as mãos na parede ou no tapete, se houver poeira neles.

O mesmo se aplica ao wudu’; se o uso da água lhe prejudicar, você poderá optar pelo tayammum.

Shaikh Ibn Baaz (que Allah tenha misericórdia dele) disse: Como os ensinamentos islâmicos se baseiam em facilitar as coisas, Allah (glorificado e exaltado seja) tornou mais fácil – para aqueles que têm razões – oferecer seus atos de adoração, de acordo com a situação, para que possam adorá-Lo (louvado seja) sem dificuldades ou tribulações. Allah (louvado seja) diz (interpretação do significado):

“[Allah] não vos fez constrangimento algum, na religião” [al-Hajj 22:78]

"Allah vos deseja a facilidade, e não vos deseja a dificuldade" [al-Baqarah 2:185]

"Então, temei a Allah quanto puderdes" [at-Taghaabun 64:16]

E o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Se eu vos instruir a fazer algo, fazei o máximo (melhor) possível”. E ele disse: "A religião é fácil".

Se uma pessoa doente não for capaz de se purificar com água, fazendo wudu’ – em caso de impureza menor ou ghusl – em caso de impureza maior, porque se encontra incapacitada de fazê-lo ou teme que isto piorará sua doença ou atrasará sua recuperação, então ela deve fazer tayammum. Isso é feito batendo as mãos por uma vez em terra limpa, depois passando-as sobre o rosto e esfregando as mãos das suas palmas aos pulsos, porque Allah (exaltado seja) diz (interpretação do significado):

"E, se estais enfermos ou em viagem, ou se um de vós chega de onde se fazem as necessidades, ou se haveis tocado as mulheres e não encontrais água, dirigi-vos a uma superfície pura, tocai-a com as mãos e roçai as faces e os braços, à guisa de ablução" [an-Nissa’ 4:43]

Se alguém é incapaz de usar a água, está sob a mesma regra de quem não encontra água, porque Allah (glorificado seja) diz (interpretação do significado):

"Então, temei a Allah quanto puderdes" [at-Taghaabun 64:16]

E o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Se eu vos instruir a fazer algo, fazei o máximo (melhor) possível”.

Fim da citação de al-Fataawa al-Muta‘alliqah bi-tibb wa Ahkaam al-Marda, pág. 26)

Foi perguntado ao Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele): Se uma pessoa doente não consegue encontrar terra, pode fazer tayammum (batendo as mãos) na parede ou na cama – ou não?

Ele respondeu: A parede é considerada como terra limpa. Se a parede for construída de terra, seja de pedras ou de barro – tijolos de barro – é permitido fazer tayammum (batendo suas mãos) nela.

Mas, caso a parede esteja coberta de madeira ou tinta, se houver poeira, então a pessoa pode fazer tayammum (batendo as mãos) nela, e não há nada de errado nisso; ela será como alguém que faz tayammum (batendo as mãos) no chão, porque a poeira é da mesma substância que a terra.

Mas, se não houver poeira, a regra não cairá sob a mesma categoria da terra; portanto, a pessoa não pode fazer tayammum (batendo as mãos) ali.

No que diz respeito à cama, dizemos: se houver poeira, a pessoa pode fazer tayammum (batendo as mãos) sobre ela, caso contrário, ela não poderá fazer tayammum ali, porque a regra não se aplica à categoria da terra.

Fim da citação de Fataawa at-Tahaarah (p. 240).

Em segundo lugar:

Você deve oferecer a oração com todas as suas partes essenciais, a saber: em pé, curvando-se, prostrando-se e sentando-se, mesmo se você estiver em uma sala compartilhada e mesmo se houver homens na sala. Não é válido rezar omitindo nenhuma das partes essenciais da oração, sem razão válida.

O fato dos homens estarem presentes ou poderem ver a mulher não é desculpa para não fazer todas as partes essenciais da oração. A mulher pode usar roupas folgadas e que ocultem (o corpo), da mesma forma quando sai para um lugar em que haja homens não-mahram e reza por lá.

Os sábios do Comitê Permanente ‘Ifta foram questionados: como uma mulher deve rezar se houver homens não-mahram com ela, como em al-Masjid al-Haraam? Da mesma forma, quando viaja, se não houver mesquita no percurso com um espaço de oração para as mulheres?

Eles responderam: A mulher deve cobrir todo o corpo ao rezar, exceto o rosto e as mãos.

Mas se ela reza quando há homens não-mahram por perto que podem vê-la, deve cobrir todo o corpo, incluindo o rosto e as mãos.

Fim da citação de Fataawa al-Lajnah ad-Daa'imah (7/339).

Pedimos a Allah que aceite de ti, que a cure e te conceda bem-estar.

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A