Segunda-feira 20 Dhu Al-Qa'dah 1440 - 22 Julho 2019
Portuguese

Erros cometidos pelas pessoas em ihraam

Pergunta

Estamos indo para Jeddah de avião. Será que é permitido atrasarmos o ihraam para o hajj até que cheguemos lá?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

O Shaikh Muhammad ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Alguns dos erros que alguns peregrinos cometem com relação ao ihraam incluem o seguinte:

-1-

Não entrar em ihraam a partir do miqaat. Alguns peregrinos, em particular aqueles que chegam de avião, não entram em ihraam a partir do miqaat e esperam até que tenham chegado em Jeddah, ainda que tenham sobrevoado o miqaat. O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) definiu os miqaats e disse: “Eles (os miqaats) são para os residentes e para quem não é do seu povo, que vem até eles.”

Narrado por al-Bukhari, 1524; Muslim, 1181.

E foi narrado em Sahih al-Bukhari que quando o povo do Iraq reclamou a ‘Umar ibn al-Khattab (que Allah esteja satisfeito com ele), dizendo que o miqaat que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) definira para o povo de Najd estava fora do seu caminho ou que era muito longe para eles, ele (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: “Procurai por um lugar que esteja alinhado à vossa rota.” Narrado por al-Bukhari, 1531. Isso indica que alinhar-se ao miqaat é o mesmo que passar por ele. Assim, quem se alinha com o miqaat por cima, em um avião, é como aquele que o atravessa, desta maneira, ele deve entrar em ihram ao alinhar-se ao miqaat, e não é permissível passá-lo e entrar em ihraam ao aterrissar em Jeddah.

O modo de corrigir o erro é fazer ghusl em casa ou no aeroporto, e mudar de roupa no avião e colocar as vestes de ihraam e tirar as roupas costumeiras. Então, ao alinhar-se com o miqaat, ele deve entrar em ihraam a partir dali, e recitar a Talbiyah para o que quer que intencione fazer, ‘Umrah ou hajj. Não é permitido que se atrase o ihraam até chegar a Jeddah.  Se o fizer, está errado e, de acordo com a maioria dos sábios, ele tem que oferecer um sacrifício, o qual deve imolar em Makkah e distribuir a carne aos pobres, porque ele negligenciou um dos deveres obrigatórios.

-2-

Alguns pensam que é essencial entram em ihraam usando sapatos, e que se a pessoa não os estiver inicialmente usando não poderá posteriormente usá-los. Isto é um erro, porque o uso de sapatos não é essencial ao entrar em ihraam. Ele pode ser feito usando-os, e se a pessoa inicialmente não os estiver usando não quer dizer que não o possa fazer posteriormente – não há nada de errado com isso.

-3-

Alguns pensam que é imprescindível entrar em ihraam com as roupas características e usá-las até sair do ihraam, e que não é permitido mudar essas roupas. Isto é um erro, porque o muhrim (a pessoa em ihraam) pode mudar essas roupas com ou sem razão, caso as mude por algo que seja permitido usar durante o ihraam.

Com relação a isso não há diferença entre homens e mulheres.  Quem quer que entre em ihraam em roupas de ihraam e deseje mudá-las, pode fazê-lo, mas algumas vezes ele deverá mudá-las, como se for contaminado com alguma impureza (najaasah) que não se pode lavar sem tirá-las. E às vezes mudá-las pode ser preferível, como se ficarem muito sujas, sem haver qualquer najaasah, então ele deve trocá-las por uma roupa de ihraam limpa.

Às vezes o assunto pode ser aquele em que ele tem a escolha: se ele quiser, ele pode mudá-la e se ele não quiser, ele não precisa mudá-la. O ponto é que essa noção é incorreta, ou seja, a crença do peregrino de que, se ele entrar em ihraam em uma determinada peça de roupa, não é permitido que ele a tire até que tenha saído do ihraam.

 -4-

Algumas pessoas descobrem seu ombro direito e jogam o fim da rida’ (roupa superior) sobre o ombro esquerdo no momento em que entram em ihram, ou seja, a partir do momento em que formam a intenção, assim vemos muitos peregrinos – se não a maioria deles – vestindo suas vestes ihraam desta maneira a partir do momento em que entram em ihraam até que saiam de dele. Isto é um erro, porque esta maneira de vestir o ihraam é apenas para ser feita durante Tawaaf al-Qudum (o tawaaf realizado na chegada em Makkah), não durante o as-saa’i e não antes do tawaaf.

-5-

Alguns deles acreditam que é obrigatório rezar duas rak'at ao entrar em ihraam. Isso também é um erro; não é obrigatório rezar duas rak'at ao entrar em ihraam. Pelo contrário, a opinião correta sobre esse assunto foi a sugerida por Abu'l-Abbaas Shaikh al-islam Ibn Taimiyah (que Allah tenha misericórdia dele), que disse que não há nenhuma oração específica a ser oferecida ao entrar em ihram, porque isso foi não narrado do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele).

Se uma pessoa faz ghusl e coloca as vestes ihraam, então ela deve entrar em ihraam sem rezar, a menos que seja a hora da oração, como se a hora de uma oração obrigatória chegou ou está se aproximando, e ela quer ficar no miqaat até que tenha rezado. Nesse caso, é melhor entrar em ihraam depois de rezar. Com relação à intenção de rezar uma oração específica em ihraam, a opinião mais correta é que não há oração específica para entrar em ihraam.

A Fonte: De Dala'a al-Akhta 'allati yaqa' fiha al-Haaj wa'l-Mu'tamir (erros cometidos pelos peregrinos realizando Hajj e ‘Umrah)

Enviar comentário