Sexta-feira 16 Rajab 1440 - 22 Março 2019
Portuguese

Razões para o castigo do túmulo

Pergunta

Eu gostaria de saber sobre os pecados pelos quais a pessoa que cometê-los será castigada no túmulo.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Há muitas razões pelas quais as pessoas podem ser punidas em seus túmulos, que Ibn al-Qayyim (que Allah tenha misericórdia dele) enumerou e disse:

Algumas pessoas podem se perguntar sobre as razões pelas quais o indivíduo pode ser castigado em seu túmulo. Podemos responder de duas maneiras: em geral, ou detalhadamente.

Em termos gerais, as pessoas podem ser punidas por ignorar a Allah, por ignorar seus mandamentos e por sua desobediência para com Ele. Allah não pune nenhuma alma que O reconheceu, O amou, que obedeceu a Seus mandamentos e acatou Suas proibições, nem pune o corpo que foi habitado por essa alma.

O castigo no túmulo e na Outra Vida se deve ao furor e ira de Allah para com seus servos. Aquele que enfurece Allah neste mundo, e não se arrepende, e morre assim, será punido em al-Barzakh em um nível equivalente à ira de Allah para com ele.

Quanto à resposta detalhada:

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) nos falou sobre dois homens que ele viu sendo punidos em seus túmulos. Um deles costumava espalhar fofocas maliciosas, e o outro não costumava se precaver na limpeza da sua urina. Assim, este último não conseguia purificar-se como requerido, e o primeiro incitava inimizade entre as pessoas ao falar, mesmo quando o que ele disse era verdade.

Nestes termos, pode-se concluir que aquele que incita inimizade por dizer mentiras e falsas declarações será punido ainda mais.

Não se precaver na limpeza da urina indica que a pessoa negligencia a oração, pois purificar-se da urina é um requisito para a oração, nestas condições, será punido ainda mais. Consta no hadith de Shu'bah: "Um deles costumava comer a carne de pessoas", o que se refere à calúnia ou maledicência.

De acordo com o hadith de Ibn Mas'ud (que Allah esteja satisfeito com ele) um homem foi chicoteado e seu túmulo estava repleto de fogo, porque ele ofereceu uma única oração sem ter se purificado, e também porque passou por alguém que estava sendo injustiçado e não o ajudou.

De acordo com o hadith de Samurah em Sahih al-Bukhari, uma pessoa que disse uma mentira que se espalhou por toda parte foi punida.

Um homem que leu Alcorão à noite, depois dormiu e não aplicou o que leu no seu cotidiano, foi punido.

Adúlteros são punidos.

A pessoa que consome riba é punida em al-Barzakh, como o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) testemunhou.

De acordo com o hadith de Abu Hurayrah (que Allah esteja satisfeito com ele), as cabeças de algumas pessoas vão ser esmagadas com uma rocha porque era penoso para elas se levantarem e orar.

Alguns vão padecer com al-dari' e al-zaqqum (tipos horríveis de alimentos no Inferno), porque retinham o zakaah de sua riqueza.

Alguns vão comer carniça, carne podre, por causa de sua zina.

Alguns terão seus lábios cortados com uma tesoura de ferro, porque causaram fitnah (luta, guerra civil), com suas palavras e com seu discurso.

De acordo com o hadith de Abu Sa'id, aqueles que cometeram esses crimes serão punidos. Alguns terão barrigas tão grandes como casas; são os que consumiram riba. Alguns, ao abrir suas bocas, terão pedras atiradas dentro delas, pedras estas, que surgirão de suas partes baixas; estes são os que consumiram a riqueza dos órfãos. Alguns serão pendurados por seus seios; os adúlteros. Alguns terão seus lados cortados e serão alimentados com sua própria carne; os que se envolveram em maledicência. Alguns terão seus rostos e peitos arranhados por pregos de cobre; os que refutaram a honra das pessoas.

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse que a pessoa que roubou um casaco do espólio de guerra será envolto em um manto de fogo no seu túmulo. Isto, mesmo tendo ele direito a uma parte do montante, o que dizer então sobre aqueles que subtraem dos outros ilegalmente?

O castigo do túmulo é para pecados do coração, do olho, do ouvido, da boca, da língua, do estômago, das partes íntimas, da mão, do pé, e de todo o corpo.

Para os que espalham fofocas maliciosas, dizem mentiras, caluniam, dão falso testemunho, caluniam os que são castos e inocentes, espalham fitnah, promovem bid'ah (inovação), dizem coisas sobre Allah e Seu Mensageiro sem conhecimento, e falam de forma imprudente.

Aqueles que consomem riba, que consomem a riqueza dos órfãos e consomem riquezas haram, tais como subornos e afins.

Aqueles que consomem a riqueza de seus irmãos muçulmanos de forma ilegal, ou a riqueza dos não muçulmanos que vivem sob a proteção de um muçulmano, ou consomem entorpecentes.

Os adúlteros, homossexuais, ladrões, traidores, desleais e conspiradores.

Os que consomem riba, os que a pagam, os que a registram e os que testemunham isso; os que contraem um casamento apenas para divorciar da mulher a fim de que ela se torne permissível para seu ex-marido, e aquele para quem isso é feito; os que desejam renunciar aos deveres prescritos por Allah e transgredir Seus limites sagrados.

Os que procuram prejudicar os muçulmanos e procuram expor suas faltas.

Os que decidem por algo diferente do que Allah revelou, os que emitem decisões baseadas em coisas que Allah não prescreveu, e os que ajudam os outros em pecado e transgressão.

Os que matam as almas que Allah os proibiu de matar, os que negam os nomes e atributos de Allah; os que dão precedência às suas opiniões e ideias sobre a Sunnah do Mensageiro de Allah.

Os que choram pelos mortos e os que os ouvem; os que irão chorar no inferno são aqueles que cantam canções proibidas por Allah e Seu Mensageiro e os que as ouvem. Aqueles que constroem mesquitas sobre sepulturas e sobre elas ascendem lâmpadas; os que tentam tomar mais quando recebem o que lhes é devido e tentam dar menos quando pagam o que devem.

Tiranos, arrogantes, ostentadores, caluniadores e maledicentes, os que caluniam os salaf.

Aqueles que vão a adivinhos, astrólogos e videntes para pedir-lhes coisas e acreditam no que eles dizem.

Os que ajudam os malfeitores, os que venderam a sua Outra Vida por amor a bens deste mundo.

Aqueles que, se lembrá-los a temer Allah, não prestam qualquer atenção, mas se você os amedronta mencionando um ser humano como eles mesmos, temem e abstêm-se do que estão fazendo.

Aqueles que são informados das palavras de Allah e de Seu Mensageiro, e não se importam com isso, mas o que ouvem de um (a quem eles julgam bem), esteja certo ou errado, tomam para si e não contradizem.

Aqueles a quem o Alcorão é recitado, mas não são afetados por ele, e pode até ser desagradável ouvi-lo, mas quando ouvem o "alcorão" do Shaytan ou o que chama a zina (música) e palavras de hipocrisia, sentem-se bem, alegram-se e desejam que o cantor não pare.

Aqueles que juram por Allah e dizem mentiras, mas quando juram por seus sheikhs ou parentes, ou pela vida de alguém a quem eles amam e respeitam, então não mentem, mesmo que sejam ameaçados e torturados.

Aqueles que se gabam de seus pecados na frente de seus irmãos.

Aqueles de quem você não sente que suas posses e dignidade estão seguros. Aqueles que se envolvem em discurso obsceno, a quem as pessoas evitam por medo de sua maldade.

Aqueles que atrasam a oração até o final de seu tempo, e depois bicam (no sentido da rapidez do movimento) a oração, lembrando menos de Allah. Aqueles que não pagam o zakaah de sua riqueza de bom grado. Aqueles que não realizam o Hajj, mesmo sendo capazes, e os que não fazem os deveres que lhes são exigidos mesmo que sejam capazes de fazer.

Aqueles que não são cautelosos em relação ao que olham, ao que dizem ou comem ou para onde vão, e os que não se importam como adquirem riqueza, se é halaal ou haram.

Aqueles que não mantêm os laços de parentesco nem mostram compaixão para com os pobres, viúvas, órfãos, ou animais, em vez disso, abandonam órfãos e não incentivam o outro a alimentar os pobres. Aos que se mostram (soberba), retêm pequenas gentilezas, e a procurar as falhas e pecados nos outros sem se dar conta dos seus próprios.

Todos estes e seus similares serão punidos em seus túmulos por suas faltas, de acordo com a proporção de seus pecados. Porque a maioria das pessoas é assim, a maioria dos habitantes das sepulturas será punida, os bem sucedidos serão poucos.

O exterior do túmulo é apenas terra, mas no interior é tristeza e tormento.

O exterior pode ser de terra e pedras esculpidas, enquanto o interior é desastre e calamidade, como uma chaleira fervendo com dor e tristeza, e não imaginam quando não mais conseguirão o que querem de seus anseios e desejos.

Há lições neste mundo que não necessitam de nenhuma outra exortação.

Ouçam: Ó moradores da terra, vocês têm focado na construção de um reino que em breve passará, e vocês têm negligenciado o reino para o qual irão em breve. Construíram casas nas quais os outros vão viver e desfrutar, e têm negligenciado casas para as quais não existem outros habitantes, exceto você mesmo.

Este é o lugar onde você vai habitar e se despedir de trabalhos árduos. Isso é o que importa, um dos jardins do Paraíso ou uma das câmaras do Inferno...

Fim de citação do livro al-Ruh (95), Ibn Qayyim, com algumas adaptações.

Enviar comentário