Domingo 19 Dhu Al-Qa'dah 1440 - 21 Julho 2019
Portuguese

O significado de Tawhid e suas categorias

Pergunta

Qual é o significado de Tawhid e quais são suas categorias?

Texto da resposta

Todos os Louvores são para Allah.

Todos os Louvores são para Allah e que as bênçãos e a paz estejam com Seu Mensageiro e Profeta Escolhido.

Tawhid, em árabe, significa atribuir Unicidade a Allah e descrevê-lo como sendo Um e Único, sem parceiros ou associados em Sua Essência e Atributos.

Os árabes dizem waahid, ahad e wahiid, todos significam um. Allah é Waahid, o que significa que ele não tem parceiros ou associados de qualquer forma. Então, Tawhid significa saber que Allah é Um, sem ninguém igual a Ele. Quem não reconhece Allah nestes termos e não O descreve como sendo Um, sem nenhum parceiro ou associado, não acredita no Tawhid.

De acordo com a definição shar'i de Tawhid, que significa acreditar somente em Allah como Deus e Senhor e atribuir somente a Ele todos os atributos de Divindade e Soberania.

Isso pode ser definido da seguinte forma: Acreditar que Allah é Um sem nenhum parceiro ou associado em Sua Soberania (Rububiyyah), Divindade (uluhiyyah) ou nomes e atributos (al-Asma' wa'l-Sifaat).

Esta palavra (Tawhid) e seus derivados são usados com este significado no Alcorão e na Sunnah. Por exemplo:

Allah diz (interpretação do significado):

"Dize (Ó Muhammad): Ele é Allah, (o) Único [Ahad]. Allah us Samad [Allah – o Auto Suficiente Mestre, de Quem todas as criaturas precisam, (Ele não come nem bebe)]. Não gerou, nem foi gerado. E não há nenhum igual ou comparável a Ele" [al-Ikhlaas 112:1-3]

"E vosso Deus (Allah) é Único. Não existe deus senão Ele – La ilaha illa Huwa (não há ninguém que tenha o direito de ser adorado senão Ele) O Misericordioso, O Misericordiador." [al-Baqarah 2:163]

"Com efeito, são renegadores da Fé os que dizem: 'Por certo, Allah é o terceiro de três.' E não há deus senão um Deus Único. E, se não se abstiverem do que dizem, em verdade, doloroso castigo tocará os que, entre eles, renegam a Fé." [al-Maa'idah 5:73]

E há muitos versos semelhantes.

Em Sahih al-Bukhari (7372) e Sahih Muslim (19) é narrado que Ibn 'Abbaas (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: Quando o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) enviou Mu'aadh ibn Jabal para o Iêmen, disse-lhe: "você está indo para pessoas que pertencem ao Povo do Livro, então a primeira coisa a fazer é chamá-los a crer somente em Allah (Tawhid). Se aceitarem, então, diga-lhes que Allah ordenou-lhes cinco orações a cada dia e noite. Se orarem, diga-lhes que Allah ordenou-lhes pagar o zakaah de suas riquezas, a ser tomado de seus ricos e dado a seus pobres. Se concordarem nisto, então, tome-o, mas evite tomar o melhor da riqueza das pessoas."

Em Sahih Muslim é narrado que Ibn 'Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) disse que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "O Islam é construído sobre cinco (pilares): a crença de que Allah é Único, a oração regular, o pagamento do zakaah, o jejum no Ramadan e o Hajj."

O que se entende por Tawhid em todos estes textos é afirmação do significado do testemunho de que não há outro deus senão Allah e que Muhammad é o Mensageiro de Allah – que é a essência da religião do Islam pela a qual Allah enviou o Seu Profeta Muhammad (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), baseado nas evidências das palavras do Alcorão e da Sunnah. Em algumas versões do hadith de Mu'aadh citado acima é dito: "Você irá às pessoas que pertencem ao Povo do Livro, então quando chegar a eles, chame-os a testemunhar que não há outro deus além de Allah e que Muhammad é o Mensageiro de Allah". Narrado por al-Bukhari, 1492.

De acordo com outra versão do hadith de Ibn 'Umar: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "O Islam é construído sobre cinco (pilares): o testemunho de que não há outro deus exceto Allah, e que Muhammad é Seu servo e Mensageiro..." Narrado por Muslim, 16.

Isso indica que Tawhid é a essência do testemunho que não há divindade além de Allah e que Muhammad é o Mensageiro de Allah. Que este é o Islam com o qual Allah enviou o Seu Profeta para as duas raças, a humanidade e os gênios (jinn), de modo que Allah não aceitará de ninguém qualquer outra religião, exceto esta.

Allah diz (interpretação do significado):

"Por certo, a religião, perante Allah, é o Islam." [Aal 'Imraan 3:19]

"E quem quer que almeje outra religião, que não seja o Islam, jamais será aceita e, no outro mundo, essa pessoa contar-se-á entre os desventurados." [Aal 'Imraan 3:85]

Uma vez entendido isto, convém notar que os sábios dividiram o Tawhid em três categorias, tal como descrito abaixo:

Tawhid al-Rububiyyah  (Unicidade da Soberania Divina), Tawhid al-Uluhiyyah  (Unicidade da Divindade) e Tawhid al-Asma' wa'l-Sifaat (Unicidade dos Nomes e Atributos Divinos).

Tawhid al-Rububiyyah (Unicidade da Soberania Divina): significa acreditar em Allah como Um e Único em relação a suas ações, como a criação, a soberania, o controle, dar a vida e a morte, etc.

Há muitas evidências que apoiam isso no Alcorão e na Sunnah. Consulte a pergunta número 13532 para aprender um pouco disso.

Quem acredita que existe um criador além de Allah, ou qualquer soberano que controla o universo e cuida de seus assuntos, exceto Allah, nega este aspecto do Tawhid e desacredita em Allah.

Os antigos incrédulos aceitaram este aspecto do Tawhid, em termos gerais, embora diferissem em alguns detalhes. A evidência que eles o aceitaram pode ser achada em muitos versículos do Alcorão, como nos seguintes (interpretação do significado):

"E se lhes perguntas: Quem criou os céus e a terra e submeteu o sol e a lua? Eles certamente responderão: Allah! Então, por que se retraem (como politeístas e incrédulos)?" [al-'Ankabut 29:61]

"E se lhes perguntas: Quem faz descer a água do céu e com ela vivifica a terra, depois de haver sido árida? Certamente respondem-te: Allah! Dize: Todos os Louvores são Allah! Porém, a maioria é insensata." [al-'Ankabut 29:63]

"E se lhes perguntas quem os criou, certamente dirão: Allah! Como, então, se desencaminham (da adoração a Allah, Que os criou)?" [al-Zukhruf 43:87]

Nestes versos, Allah afirma que os incrédulos dizem que Ele é o Criador, o Soberano e Controlador, mas, apesar disso, não adoram a Ele somente (Tawhid de adoração), o que indica a gravidade do seu erro e de suas mentiras, e a fraqueza de seu raciocínio. Porque se há apenas Um Deus descrito nestes termos, ninguém deve ser adorado exceto Ele, e ninguém deve ser descrito como sendo um e único, exceto Ele; Glorificado seja Allah sobre tudo quanto Lhe associam.

Portanto, aquele que afirma o Tawhid no seu verdadeiro sentido deve, inevitavelmente, também afirmar a Unicidade da Divindade de a Allah (Tawhid al-Uluhiyyah).

Tawhid al-Uluhiyyah significa entregar todos os atos de adoração, interna e externa, em palavras e atos, a Allah somente, e não adorar nada nem ninguém, exceto Allah, não importa quem seja. Allah diz (interpretação do significado):

"E teu Senhor decretou que não adoreis senão a Ele" [al-Isra' 17:23]

"E adorai a Allah e nada Lhe associeis (em adoração)." [al-Nisa' 4:36]

Isso pode ser descrito como a entrega de todos os atos a Allah somente.

Isso é chamado de Tawhid al-Uluhiyyah porque se baseia na ta'alluh Lillaah que é adoração e devoção a Allah, acompanhada por amor e veneração.

É também chamado de Tawhid al-'Ibaadah (Unicidade da Adoração), porque isso significa que a pessoa adora a Allah fazendo o que Ele ordenou a fazer, e abstendo-se do que Ele proibiu.

É também chamado de Tawhid al-Talab wa'l-Qasd wa'l-Iraadah  (Unicidade do Objetivo, do Propósito e da Vontade) porque significa que a pessoa não procura nada além da Face de Allah, então, adora-O com sinceridade.

Este é o tipo de Tawhid que se refere às pessoas perdidas, é por isso que os profetas foram enviados e os Livros revelados. Este é o propósito para a qual o universo foi criado e as leis ordenadas. Em relação a isto surgiram disputas entre os Profetas e os seus povos, de modo que os desobedientes foram condenados e os crentes foram salvos.

Quem se desviou em relação a este Tawhid, tal como em adorar algo ou alguém além de Allah, está fora dos limites do Islam, e longe da crença verdadeira. Que Allah nos proteja disto.

Com relação ao Tawhid al-Asma' wa'l-Sifaat (Unicidade nos Nomes e Atributos Divinos), refere-se ao fato de afirmar os nomes e atributos de Allah e acreditar que não há ninguém semelhante a Allah em Seus nomes e atributos. Este Tawhid é baseado em dois princípios:

1 – A afirmação do que Allah disse sobre Si mesmo em seu livro, ou que Seu Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) afirmou de Seus belos nomes e atributos sublimes de maneira adequada à Majestade e à Grandeza de Allah sem distorcê-los, mudar seus significados, negar sua realidade ou questioná-los.

2 – A negação: ou seja, negar que a Allah tem falhas e negar qualquer defeito que Ele mesmo negou. A evidência disto é encontrada nas palavras de Allah (interpretação do significado):

"Nada se assemelha a Ele, e é o Oniouvinte, o Onividente." [Al-Shoora 42:11]

Portanto, Ele negou qualquer semelhança com a Sua criação, e Ele afirmou que tem atributos de perfeição, da maneira que Lhe convém, Glorificado seja Allah.

Veja al-Hujjah fi Bayaan al-Mahajjah, 1/305; Lawaami' al-Anwaar al-Bahiyyah, 1/57.

Enviar comentário