Terça-feira 20 Rajab 1440 - 26 Março 2019
Portuguese

Ele escondeu o seu Islam e foi sepultado no cemitério kaafir (incrédulo). Ele é um kaafir (incrédulo)?

Pergunta

Vamos supor que havia um cristão que se tornou muçulmano, mas ele não disse para sua família. Depois de um tempo ele morreu, mas sua família não sabia que ele tinha se tornado muçulmano e assim, fizeram um funeral para ele na igreja, da maneira cristã. Gostaria de saber qual é o veredito sobre isso? Ele morreu como um muçulmano ou como um kaafir (incrédulo)?

Texto da resposta

Todos os Louvores são para Allah.

Você deve observar, em primeiro lugar, que os fuqaha' concordam por unanimidade que não é permitido que um muçulmano seja enterrado em um cemitério incrédulo, ou que um incrédulo seja enterrado em um cemitério muçulmano, exceto em casos de necessidade. Veja al-Mawsu’ah al-Fiqhiyyah,21/20; Ahkaam al-Maqaabir fi’l-Shari’ah al-Islamiyyah by Dr. ‘Abd-Allaah al-Suhaybaani, p. 231-232.

Se um muçulmano morre em uma terra incrédula, então seus guardiões, ou quem quer que entre os muçulmanos saiba dele, deve levá-lo a uma terra muçulmana para que ele possa ser enterrado lá.

Levá-lo para uma terra muçulmana depende da capacidade de fazê-lo. Se isso não pode ser feito, então ele pode ser enterrado na terra incrédula, mas não em seus cemitérios. Veja: Ahkaam al-Maqaabir, p. 225-226.

Shaykh al-Islam Ibn Taymiyah (que Allah tenha misericórdia dele) disse: Isto é mais confirmadodo que diferenciar-se deles na vida, ao vestir roupas diferentes, etc., porque há misericórdia cemitérios dos muçulmanos e nos cemitérios dos incrédulos há punição. Al-Ikhtiyaaraat, p. 94

Em segundo lugar:

A situação sobre a qual você perguntou acontece com frequência para muitos muçulmanos em posições de fraqueza em países incrédulos. Porque eles não são capazes de migrar para uma terra onde eles possam declarar seu Islam abertamente e estarem seguros, nem podem praticar o Islam abertamente  nas terras onde vivem, seja por medo de agressão de seus próprios parentes, como é o caso da sua pergunta, ou por outras razões. Essas pessoas serão ressuscitadas de acordo com as suas intenções e o veredito na outra vida vai depender da crença deles e se praticam o bem, e não pegam o veredito de terra em que eles morreram ou o túmulo em que foram enterrados. Foi narrado que Jaabir ibn 'Abd-Allah disse: Eu ouvi o Profeta (que a paz e bênçãos de Allah estejam sobre ele) dizer: "Cada servo será ressuscitada de acordo com o estado em que ela morreu." Narrado por Muslim (2878).

Foi narrado que Abu Hurayrah (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Mensageiro de Allah (paz e bênçãos de Allah estejam sobre ele) ofereceu a oração funeral e disse: "Ó Allah, perdoe nossos vivos e nossos mortos, nossos pequenos e nossos velhos, nossos masculinos e nossas femininos, os que estão presentes e os que estão ausentes. Ó Allah, quem entre nós Tu fazes viver, leve-o a viver na fé, e quem entre nós que fazes morrer, que morra no Islam. Ó Allah, não nos prive de sua recompensa e não nos deixe desviar depois dele "Narrado por Abu Dawud (3201); classificado como sahih por al-Albani em Sahih Abi Dawud.

Shaykh Muhammad al-Saalih al-‘Uthaymin (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

"Ó Allah, quem entre nós que fazeis viver, leve-o a viver na fé, e quem entre nós que fazeis morrer, que morra no Islam" - no que diz respeito à vida, ele mencionou o Islam, ou seja, submissão exterior, e com relação à morte, ele mencionou a fé, porque a fé (iman) é melhor, e sua sede é o coração, e o que importa no momento da morte e, no Dia da Ressurreição é o que está no coração.

Sharh Riyadh al-Saalihin (2/1200)

Shaykh al-Islam Ibn Taymiyah (que Allah tenha misericórdia dele) foi questionado sobre o que algumas pessoas dizem, que Allah tem anjos que levam as pessoas a partir dos cemitérios muçulmanos para os cemitérios cristãos e judeus, e dos cemitérios judeus e cristãos para os cemitérios muçulmano, e sua finalidade é que, quem teve um fim ruim aos olhos de Allah, embora sendo exteriormente muçulmano quando morreu, ou era um kitaabi (um judeu ou cristão), mas encontrou um bom final e morreu como muçulmano em aos olhos de Allah, embora parecia ser um kaafir quando ele morreu, assim que estes anjos os levam. Algum relato foi narrado a respeito disto ou não? Existe alguma prova para isso ou não?

Ele (que Allah tenha misericórdia dele) disse: Quanto aos corpos, eles não são levados das sepulturas, mas sabemos que algumas pessoas que são muçulmanos exteriormente são de fato hipócritas, quer judeus, cristãos ou apóstatas. Quem é assim será com os seus pares, no Dia da Ressurreição, porque Allah diz (interpretação do significado): "Reuni os que foram injustos, e a suas mulheres e ao que adoravam," [al-Saaffaat 37:22], ou seja, aqueles que eram como eles e seus pares.

E pode haver alguns que morreram parecendo ser kaafirs, mas eles acreditavam em Allah antes do estertor atingiu suas gargantas, mas não havia crentes com eles e eles ocultaram isto de suas famílias, seja por causa da herança ou algum outro motivo. Mas eles vão estar com os crentes, mesmo que sejam enterrados com o kuffaar.

Quanto ao relato sobre os anjos levá-los, eu nunca ouvi qualquer relato sobre isso. Fim de citação de al-Fataawa al-Kubra (3/27).

E Allah sabe melhor.

Enviar comentário