Segunda-feira 24 Muharram 1441 - 23 Setembro 2019
Portuguese

O Muçulmano no Ramadan

Pergunta

O que devemos dizer aos muçulmanos por ocasião do início do Ramadan?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Allah diz (interpretação do significado):

“Ramadan é o mês em que foi revelado o Alcorão, como orientação para a humanidade e como evidências da orientação e do critério de julgar. Então, quem de vós presenciar esse mês, que nele jejue; e quem estiver enfermo ou em viagem, que jejue o mesmo número de outros dias. Allah vos deseja a facilidade, e não vos deseja a dificuldade. E fê-lo para que inteireis o número prescrito, e para que magnifiqueis a Allah, porque vos guiou, e para serdes agradecidos”.

[Al-Baqarah 2:185]

Este mês abençoado é uma grande oportunidade para a bondade, barakah (benção), adoração e obediência para com Allah.

É um grande mês, uma temporada nobre, um mês em que as hasanaat (recompensas pelas boas ações) são multiplicadas e em que cometer sayi'aat (más ações) é mais grave do que em outros momentos. As portas do Paraíso estão abertas e as portas do inferno estão fechadas, e o arrependimento dos pecadores a Allah é aceito.

Assim, agradecei a Ele pela temporada de bondade e bênçãos que Ele lhe concedeu, e pelas diversas formas de graça e vários tipos de grandes bênçãos para as quais Ele lhe selecionou. Aproveite ao máximo este tempo abençoado, preenchendo-o com atos de adoração e abandonando as coisas haraam (ilícitas), para que você possa alcançar uma boa vida neste mundo e felicidade após a morte.

Para o crente sincero, cada mês é uma ocasião para a adoração e toda a sua vida é gasta na obediência a Allah, mas, no mês de Ramadan, ele tem ainda mais motivos para fazer o bem e seu coração é ainda mais focado na adoração, e ele se volta ainda mais para o seu Senhor. Por Sua graça, nosso generoso Senhor concede Sua recompensa sobre os crentes em jejum e multiplica-lhes a recompensa nesta ocasião abençoada, por isso Ele dá abundantemente e recompensa generosamente por atos virtuosos.

O tempo passa rapidamente

Os dias passam tão rapidamente, como se fossem meros momentos. Damos boas vindas ao Ramadan, então nos preparamos para a despedida, e apenas um curto período de tempo se passa e damos as boas vindas ao Ramadan novamente. Assim, devemos nos apressar para fazer boas ações neste mês e nos esforçar para preenchê-lo com aquilo que satisfaça Allah e com o que nos ajudará no Dia em que nos encontrarmos com Ele.

Como podemos preparar para o Ramadan?

Nós podemos nos preparar para o Ramadan, refletindo sobre nós mesmos e reconhecendo nossas deficiências quanto à vida de acordo com as shahadatein (os 2 testemunhos), ou nossas falhas em cumprir nossos deveres, ou nossas deficiências em não nos mantermos longe dos desejos e dúvidas nos quais podemos ter incorrido...

Devemos nos endireitar para que, no Ramadan, tenhamos um nível mais alto de fé. Pois a fé aumenta e diminui. Ela aumenta através da obediência a Allah e diminui através da desobediência e do pecado. O primeiro ato de obediência que uma pessoa deve alcançar é o de ser um verdadeiro servo de Allah e crer que não há ninguém que deva ser legitimamente adorado, exceto Allah, então ele dirige todos os tipos de adoração a Allah e não associa qualquer outra pessoa ou coisa na adoração a Ele. Cada um de nós deve perceber que tudo o que lhe aconteceu não poderia ter sido apartado, e tudo o que lhe foi apartado não lhe poderia ter acontecido, e que tudo acontece pela vontade e decreto de Allah.

Devemos evitar tudo o que poderia prejudicar nosso compromisso com as shahadatein. Isso significa manter-nos longe da bid'ah (inovação) e das coisas que foram introduzidas na religião. Nós também devemos seguir o princípio de al-walaa’ wa'l-bara’ (lealdade e amizade vs. repúdio e inimizade), tomando os crentes como nossos amigos; e os kaafirs (incrédulos) e hipócritas como inimigos, e devemos nos alegrar quando os muçulmanos ganham uma vitória sobre seus inimigos. Devemos seguir o exemplo do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e seus companheiros e aderir à Sunnah do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e o caminho dos Khulafa Ar-Rashidin (califas bem orientados), que vieram depois dele. Devemos amar a Sunnah e amar aqueles que aderem a ela e a defendem, em qualquer país que estejam e qualquer cor ou nacionalidade que possuam.

Depois disso, devemos fazer um balanço pessoal e reconhecer nossas deficiências em oferecer atos de adoração, como a oração em congregação, a recordação de Allah (dhikr), prestar atenção aos direitos dos vizinhos, parentes e muçulmanos, a saudação do salam (paz), a recomendação do que é benéfico e a proibição do que é maléfico, incentivar uns aos outros a seguir a verdade e a ser paciente e firme ao fazer isso, ser paciente ao evitar más ações e praticar boas ações, e aceitar o decreto de Allah pacientemente.

Então, devemos fazer um balanço pessoal de nossos pecados e o fato de seguirmos nossos caprichos e desejos. Devemos parar de persistir neles, seja o pecado grande ou pequeno, seja o pecado do olho, olhando para o que Allah proibiu; ou ouvindo música; ou caminhando até coisas que Allah não aprova; ou usando as mãos para bater de uma forma com a qual Allah não se agrada; ou consumindo coisas que Allah proibiu, tais como riba (usura) e subornos, ou quaisquer outros meios que consumam a riqueza das pessoas ilegalmente.

Nunca devemos esquecer que Allah estende Sua mão durante o dia para aceitar o arrependimento daqueles que pecaram à noite, e Ele estende Sua mão à noite para aceitar o arrependimento daqueles que pecaram durante o dia. Allah diz (interpretação do significado):

“E apressai-vos para um perdão de vosso Senhor e para um Paraíso, cuja amplidão é a dos céus e da terra, preparado para os piedosos, Que despendem, na prosperidade e na adversidade, e que contêm o rancor, e indultam as outras pessoas - e Allah ama os benfeitores – E que, quando cometem obscenidade, ou são injustos com si mesmos, lembram-se de Allah e imploram perdão de seus delitos - e quem perdoa os delitos senão Allah? - e não se obstinam no que fizeram, enquanto sabem. Esses, sua recompensa será o perdão de seu Senhor e Jardins, abaixo dos quais correm os rios; nesses, serão eternos. E que excelente o prêmio dos laboriosos”

[Aal 'Imraan 3:133-136]

“Dize: ‘Ó Meus servos, que vos excedestes em vosso próprio prejuízo, não vos desespereis da misericórdia de Allah. Por certo, Allah perdoa todos os delitos. Por certo, Ele é O Perdoador, O Misericordiador.’”

[Al-Zumar 39:53]

“E quem faz um mal ou é injusto com si mesmo, em seguida, implora perdão a Allah, encontrará a Allah Perdoador, Misericordiador”

[Al-Nisa '4: 110]

Analisando a si mesmo, arrependendo-se e buscando o perdão, é assim que devemos saudar o Ramadan. “O homem inteligente é aquele que faz o balanço de si mesmo e se esforça para fazer o que irá beneficiá-lo após a morte, e o desamparado é aquele que segue seus próprios caprichos e desejos e se compraz com a autoindulgência, (assumindo que Allah o perdoará, independentemente do que faz e sem se esforçar com boas ações)”.

O mês de Ramadan é um mês de grandes ganhos e lucros. O comerciante inteligente é aquele que faz o máximo em ocasiões especiais para aumentar seus lucros. Então, tire o máximo proveito deste mês, oferecendo muitos de atos de adoração, rezando muito, lendo o Alcorão, perdoando as pessoas, sendo gentil com os outros e dando caridade aos pobres.

No mês de Ramadan as portas do Paraíso estão abertas e as portas do Inferno estão fechadas. Os demônios são acorrentados e um anunciador grita cada noite, “Ó quem busca o bem, proceda, ó quem busca o mal, desista”.

Então, ó servos de Allah, estejam entre as pessoas do bem, seguindo o caminho de seus antepassados ​​justos que foram guiados pela Sunnah de seu Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), para que possamos terminar o Ramadan com os nossos pecados perdoados e nossas obras virtuosas aceitas.

Devemos notar que o mês de Ramadan é o melhor dos meses.

Ibn al-Qayyim disse:

“Outro exemplo disso - isto é, da diferenciação entre as coisas que Allah criou - é o fato de que o mês de Ramadan é superior a todos os outros meses, e as últimas dez noites são superiores a outras noites”.

Zaad al-Ma'aad, 1/56

Este mês é superior aos outros em quatro coisas:

1 - Nele há a melhor noite do ano, que é a Lailat al-Qadr (Noite do Decreto). Allah diz (interpretação do significado):

“Por certo, fizemo-lo descer, na noite de al Qadr - E o que te faz inteirar-te do que é a noite de al Qadr? - A noite de al Qadr é melhor que mil meses. Nela, descem os anjos e o Espírito, com a permissão de seu Senhor, encarregados de todas ordem. Paz é ela, até o nascer da aurora.”

[Al-Qadar 97:1-5]

Então a adoração nesta noite é melhor do que adoração por mil meses.

2 - Neste mês foi revelado o melhor dos Livros ao melhor dos profetas (que a paz esteja com eles). Allah diz (interpretação do significado):

“Ramadan é o mês em que foi revelado o Alcorão, como orientação para a humanidade e como evidências da orientação e do critério de julgar”

[Al-Baqarah 2:185]

“Por certo, Nós o fizemos descer em uma noite bendita, por certo, somos Admoestadores.”

[Al-Dukhaan 44:3-5]

Foi narrado por Ahmad e por al-Tabaraani em al-Mu'jam al-Kabir que Waathilah ibn al-Asqa’ (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “As Escrituras de Ibraahim foram reveladas no primeiro dia do mês de Ramadan. O Tawraat foi revelado no sexto (dia) do Ramadan. O Injil foi revelado no décimo terceiro dia do Ramadan. O Zabur foi revelado no décimo oitavo (dia) do Ramadan, e o Alcorão foi revelado no vigésimo quarto (dia) do Ramadan.”

Classificado como hasan por al-Albani em al-Silsilah al-Sahihah, 1575.

3 - Neste mês as portas do Paraíso estão abertas e as portas do inferno estão fechadas, e os demônios são acorrentados.

Foi narrado de Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quando o Ramadan chega, as portas do Paraíso são abertas e as portas do Inferno são fechadas, e os demônios são acorrentados.” (sob concordância – mutaffac alaihi).

Al-Nasaa'i narrou de Abu Hurairah que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quando o Ramadan chega, as portas da misericórdia são abertas e as portas do Inferno são fechadas, e os demônios são acorrentados.”

Classificado como sahih por al-Albani em Sahih al-Jaami', 471.

Al-Tirmidhi, Ibn Maajah e Ibn Khuzaimah narraram em um relato: “Quando a primeira noite do mês de Ramadan chega, os demônios e gênios rebeldes são acorrentados e as portas do Inferno são fechadas, e nenhuma de suas portas é aberta. As portas do Paraíso são abertas e nenhuma de suas portas é fechada. E um anunciador grita: ‘Ó quem busca o bem, proceda, ó quem busca o mal, desista’. E Allah redime pessoas do Fogo, e isso acontece todas as noites.”

Classificado como hasan por al-Albani em Sahih al-Jaami’, 759.

Se for perguntado, como é possível vermos tantas más ações e pecados a serem cometidos no Ramadan? Pois, se os demônios são acorrentados, isso não deveria acontecer.

A resposta é que as más ações diminuem para aqueles que observam as condições e etiquetas do jejum;

Ou que aqueles que estão acorrentados são alguns dos demônios - nomeadamente os rebeldes - não todos eles;

Ou que isso significa é que o mal é reduzido no Ramadan, o que é um fato comprovado. Se o mal acontece neste período, é ainda menos do que em outros períodos. Mesmo que todos eles (os demônios) estejam acorrentados, não significa necessariamente que nenhum mal ou pecado acontecerá, porque há outras causas para além dos demônios, como almas más, maus hábitos e os demônios dentre os humanos. Al-Fath, 4/145

4 - Há muitos tipos de adoração no Ramadan, alguns dos quais não são praticados em outros momentos, como o jejum, rezar o qiyaam, alimentar os pobres, o I'tikaaf (reclusão na mesquita), a sadaqah (caridade voluntária), e a leitura do Alcorão.

Eu peço a Allah, o Exaltado, o Todo-Poderoso, para nos ajudar a fazer tudo isso e para nos ajudar a jejuar e a orar o qiyaam e a oferecer atos de adoração e a evitar fazer o mal. Todos os louvores são para Allah, o Senhor dos Mundos.

Enviar comentário