Quinta-feira 15 Rajab 1440 - 21 Março 2019
Portuguese

Como deveríamos distribuir a carne udhiyah quando não há Muçulmanos pobres em sua cidade?

Pergunta

Sou um dos estudantes que foram enviados para estudar no exterior, e eu quero oferecer um sacrifício (udhiyah). Eu sei que a carne do sacrifício é para ser dividida em três porções: um terço para a família, um terço como presente para outros, e um terço como caridade aos pobres. Aqui na cidade onde estou estudando não tem Muçulmanos pobres, e os Muçulmanos vivendo aqui dizem que dão a parte destinada à caridade ao centro islâmico. Será que isso é válido ou qual outra solução eu teria? Por favor, aconselha-nos, que Allah o recompense com o bem.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah

Em primeiro lugar:

A divisão do udhiyah em três partes foi narrada a partir de um dos Sahaabah (que Allah esteja satisfeito com eles), mas o assunto é amplo. O que importa é que parte dele deve chegar ao pobre e necessitado.

Ibn ‘Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: Com relação à carne dos sacrifícios animais, um terço deve ser destinado à tua família, um terço a si mesmo, e um terço ao pobre.

Algo similar foi narrado de Ibn Mas’ud (que Allah esteja satisfeito com ele).

Em segundo lugar:

Se quem o está oferecendo dá parte da carne a um Muçulmano pobre, mesmo que seja apenas um, então poderá dá-la em caridade para não-Muçulmanos também.

Ibn Qudaamah (que Allah tenha misericórdia dele): Pode-se dar parte disso – ou seja, a carne de udhiyah – para um incrédulo.Esta é a opinião de al-Hasan, Abu Thawr e ashaab ar-ra’y. Isso é porque é caridade, que é dada voluntariamente, é permitida ao dhimmi (não Muçulmano que vive sob as leis islâmicas) e aos prisioneiros de guerra, como no caso de outros tipos de caridade voluntária.Mas no caso da caridade obrigatória, não é aceitável dá-la ao incrédulo, porque ela é obrigatória e, portanto, congênere ao zakah e kafaarat yamen (expiação por quebra de promessa).

Fim de citação de al-Mughni (11/109)

Com base nisso, se você oferecer seu sacrifício, então deve procurar por um Muçulmano e dá-lo uma parte, então, o que quer que tenha sobrado, você poderá comer, estocar, ou dar como presente ou em caridade, mesmo que seja para não-Muçulmanos, talvez isso amolecerá seus corações para o Islam.

Se você não conhece ninguém pobre, e o centro islâmico pode procurar por eles e dá-los a carne sacrificial em seu nome, então não há razão para que você não dê parte dela ao centro islâmico, caso deseje.

E Allah sabe melhor.

Enviar comentário