Quarta-feira 24 Safar 1441 - 23 Outubro 2019
Portuguese

O hadith “Ó Allah, abençoe-nos em Rajab e Sha’baan, e permita-nos chegar ao Ramadan” é da’if (fraco) e não é sahih (autêntico)?

Pergunta

Eu gostaria de saber se é Sunnah dizer um du'aa em particular na primeira noite do mês de Rajab?
O du'aa é o seguinte: “Ó Allah, abençoe-nos em Rajab e Sha’baan, e permita-nos chegar ao Ramadan”.
Eu peço a Allah, glorificado seja, para nos tornar firmes em agir sobre a Sunnah sahiha (autêntica).

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

Não há hadith sahih do Profeta que fala das virtudes do mês de Rajab. Por favor, veja as respostas às perguntas n° 75394 e 171509

Ibn 'Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Não há hadith sahih que fale das virtudes de Rajab. O mês de Rajab não é diferente do mês de Jumaada al-Aakhirah que vem antes dele, exceto que é um dos meses sagrados apenas. Portanto, não há jejum prescrito neste mês e nenhuma oração ou 'umrah ou qualquer outra coisa que seja prescrita. É como todos os outros meses. Fim da citação.

Liqa' al-Baab al-Maftuh (174/26).

Em segundo lugar:

Foi narrado por 'Abdullah, o filho de Imam Ahmad, em Zawa'aid al-Musnad (2346), por Tabaraani em al-Awsat (3939), por al-Baihaqi em ash-Shu'ab (3534) e por Abu Nu'aim em al-Hiliah (6/269) via Zaa'idah ibn Abi ar-Ruqaad que disse: Ziyaad al-Numairi nos contou, de Anas ibn Maalik que disse: Quando Rajab começou, o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "Ó Allah, abençoe-nos em Rajab e Sha’baan, e permita-nos chegar ao Ramadan".

Este isnaad é da’if. Ziyaad al-Numairi é da’if  e foi classificado como tal por Ibn Ma'in. Abu Haatim disse: Ele não pode ser citado como evidência. Ibn Hibbaan mencionou-o em ad-Du'afa' e disse: Não é permitido citá-lo como evidência.

Mizaan al-I'tidaal (2/91)

Zaa'idah ibn Abi ar-Ruqaad é mais da’if ainda do que ele. Abu Haatim disse: Ele narrava de Ziyaad al-Numairi, de Anas, ahadith marfu’ estranhos, que conhecemos somente dele ou de Ziyaad. Al-Bukhari disse: Seus ahadith são estranhos. an-Nasaa'i disse: Seus ahadith são estranhos. Foi dito em al-Kuna: Ele não é confiável. Ibn Hibbaan disse: Ele narra estranhos ahadith de pessoas bem conhecidas e seus relatos não podem ser citados como evidência ou escritos, exceto com o propósito de dar um exemplo (de um hadith fraco). Ibn 'Adiyy disse: al-Miqdami e outros narravam dele ahadith obscuros, e alguns de seus ahadith contêm material estranho.

Tahdhib at-Tahdhib (3 / 305-306).

O hadith foi classificado como da’if  por an-Nawawi em al-Adhkaar (p.189) e por Ibn Rajab em Lataa'if al-Ma'aarif (p.121). Também foi classificado como da’if  por al-Albaani em Da’if  al-Jaami (4395). Al-Haithami disse:

Foi narrado por al-Bazzaar, e seu isnaad inclui Zaa'idah ibn Abi ar-Ruqaad. Al-Bukhari disse: Seu hadith é estranho, e vários eruditos o consideravam ignorante.

Majma’ az-Zawaa'id (2/165)

Além disso, o hadith – além de ser da’if – não contém nada que indique que isso deva ser dito na primeira noite do mês de Rajab; em vez disso, é um du'aa que pede bênçãos durante esse mês em termos gerais, o que é algo válido para fazer em Rajab e também antes de Rajab.

Em terceiro lugar:

No que diz respeito ao muçulmano pedir ao seu Senhor para permiti-lo chegar ao Ramadan, não há nada de errado com isso.

Al-Haafiz Ibn Rajab (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Ma'alla ibn al-Fadl disse: Eles costumavam orar a Allah, exaltado seja, por seis meses, pedindo a Ele para fazê-los atingir o Ramadan, e eles costumavam invocá-LO por seis meses, pedindo-O eu aceitasse aquilo deles. Yahia ibn Abi Kathir disse: Um dos seus du'aas foi: “Ó Allah, mantenha-me em segurança até o Ramadan, mantenha o Ramadan seguro para mim e aceite-o de mim”.

Fim da citação de Lataa'if al-Ma'aarif (p. 148)

Enviar comentário