Sexta-feira 6 Muharram 1446 - 12 Julho 2024
Portuguese

Disciplinando-se

Pergunta

Como o muçulmano pode se disciplinar islamicamente, especialmente se ele tem deficiências em relação ao seu compromisso religioso, sobre o qual Allah sabe melhor?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Reconhecer suas deficiências é um dos primeiros passos para se disciplinar.

Quem reconhece que tem deficiências iniciou o caminho da autodisciplina. Esse reconhecimento é uma das ferramentas que nos permite disciplinar e persistir. Esse reconhecimento não deve impedi-lo de se disciplinar. É um sinal do cuidado de Allah quando uma pessoa tenta mudar a si mesma e se desenvolver, como Allah diz (interpretação do significado):

“Por certo, Allah não transmutará o que um povo tem até que este haja transmutado o que há em si mesmo...” [ar-Ra'd 13:11]

Portanto, quem tentar mudar por causa de Allah, Allah o ajudará a mudar.

Cada pessoa é responsável por si mesma e será questionada individualmente, como Allah diz (interpretação do significado):

“Todo ser que está nos céus e na terra chegará aO Misericordioso apenas como servo. Com efeito, Ele os enumerou e os contou, precisamente. E todos eles, no Dia da Ressurreição, Lhe chegarão individualmente (sem nenhum ajudante, protetor ou defensor)” [Mariam 19:93-95]

O homem não pode se beneficiar do que lhe foi dito sobre o bem, a menos que ele próprio se interesse por isso. Você não conhece a história da esposa de Nuh e da esposa de Lut, que eram membros da família de dois Profetas, um dos quais era dos Mensageiros de forte personalidade? Imagine como esses Profetas se esforçaram para orientar suas esposas e quanta orientação essas esposas receberam, mas não houve interesse da parte delas, então foi dito a ambas:

“Entrai ambas no Fogo com os que aí entram!” [at-Tahrim 66:10]

Já a esposa do Faraó – embora ela fosse membro da família de um dos maiores malfeitores – é apresentada por Allah como um exemplo para aqueles que creem, porque ela se disciplinou.

As maneiras pelas quais um muçulmano pode se disciplinar são as seguintes:

  1. Adorar a Allah, mantendo contato com Ele e se submetendo a Ele. Isso é feito praticando bem os atos obrigatórios de adoração e limpando seu coração de qualquer apego a qualquer coisa que não seja Allah.
  2. Ler bastante o Alcorão, ponderar sobre seus significados e buscar entendê-lo.
  3. Ler livros religiosos úteis que descrevem as formas de tratar e limpar o coração, como Mukhtasar Manhaaj al-Qaasidin, Tahdhib Madaarij al-Saalikin e assim por diante; ler as biografias dos salaf (predecessores piedosos) e aprender sobre sua atitude e comportamento, como Sifat al-Safwah de Ibn al-Jawzi e Ayna nahnu min Akhlaaq al-Salaf de Baha' al-Din 'Aqil e Naasir al-Jalil.
  4. Participar de programas educacionais, como aulas e palestras.
  5. Fazer bom uso do seu tempo e usá-lo para fazer coisas que serão benéficas tanto em termos mundanos quanto espirituais.
  6. Não se entregar muito às coisas permitidas e não dar muita atenção a elas.
  7. Fazer companhia a pessoas justas e procurar companheiros justos, que possam ajudá-lo a praticar o bem. Quem mora sozinho perde muitas das características de um bom irmão, como preferir os outros a si mesmo e ser paciente.
  8. Tentar agir de acordo com o que aprende e colocar em prática.
  9. Verificar-se constantemente.
  10. Ter confiança em si mesmo – enquanto confia em Allah – porque aquele que não tem confiança não pode agir.
  11. Reprovar a si mesmo por não fazer o suficiente na causa de Allah. Isso não contradiz as coisas mencionadas acima. Esforçar-se muito, ao mesmo tempo que acha que seus esforços não são suficientes.
  12. Praticar retiro ou isolamento conforme prescrito na shari'ah (lei islâmica). Você não deve se misturar com as pessoas o tempo todo, ao contrário, deve ter algum tempo para passar sozinho, em adoração, conforme prescrito no Islam.

Pedimos a Allah que nos ajude, assim como a você, a nos disciplinar e nos submeter àquilo que Ele ama e o que O satisfaz. Que Allah envie paz e bênçãos ao nosso Profeta Muhammad, sua família e companheiros.

A Fonte: Sheikh Muhammed Salih Al-Munajjid