Terça-feira 17 Muharram 1446 - 23 Julho 2024
Portuguese

Correr atrás de assuntos mundanos causa estresse e preocupações?

Pergunta

Eu ouvi isso em um vídeo; quão autêntico é? “Ninguém pede a Allah algum assunto mundano, sem que tenha a mesma quantidade de preocupações e estresse.”

Resumo da Resposta

O texto mencionado na pergunta não foi autenticamente narrado pelo Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), e não há nenhum relato sólido dele que sugira que não é permitido oferecer súplicas pelo que é bom neste mundo, portanto, não é correto dizer que rezar pelo que é bom neste mundo trará preocupações e estresse. Em vez disso, o que foi narrado é uma advertência contra a distração por preocupações mundanas do futuro, ou a busca de ganhos mundanos de maneiras que não são permitidas.

Todos os louvores são para Allah.

Buscar assuntos mundanos causa estresse e preocupações?

Quanto a esta afirmação, com este significado geral, é sem dúvida falsa, pois as pessoas sempre pediram ao seu Senhor e suplicaram-nO o que lhes diz respeito em alguns dos seus assuntos religiosos e mundanos.

Não há nada nos ensinamentos islâmicos que proíba buscar o que é bom neste mundo ou que proíba lutar por isso.

Em vez disso, o que é proibido e censurável é que uma pessoa não tenha nenhuma preocupação com o futuro e não se esforce ou faça qualquer esforço por isso, e não tenha nenhum interesse nisso; ao contrário, toda a sua preocupação, esforço e súplica têm a ver com este mundo e com o que nele está contido.

Allah, Exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“E, quando houverdes encerrado vossos ritos então, lembrai-vos de Allah, assim como vos lembráveis de vossos pais ou mais veementemente em lembrança. E, dentre os homens, há quem diga: ‘Senhor nosso! Concede-nos nosso quinhão na vida terrena.’ E não terão, na Derradeira Vida, quinhão algum. E, dentre eles, há quem diga: ‘Senhor nosso! Concede-nos, na vida terrena, beneficio e na Derradeira Vida, benefício; e guarda-nos do castigo do Fogo.’ Esses terão porção do que lograram. E Allah é Destro no ajuste de contas.” [Al-Baqarah 2:200-202]

Annas ibn Malik (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: Um homem veio ao Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e disse: Ó Mensageiro de Allah, qual súplica é melhor? Ele respondeu: “Pede perdão e bem-estar ao teu Senhor neste mundo e no outro”. Então, (o homem) veio no dia seguinte e perguntou: Ó Mensageiro de Allah, qual é a melhor súplica? Ele respondeu: “Pede perdão e bem-estar ao teu Senhor neste mundo e no outro”. Então, (o homem) chegou no terceiro dia e disse: Ó Mensageiro de Allah, qual é a melhor súplica? Ele respondeu: “Pede perdão e bem-estar ao teu Senhor neste mundo e no outro, pois se tu fores perdoado e te for concedido bem-estar neste mundo e no outro, tu terás sucesso”. (Narrado por Ibn Majah, 3846 e outros; classificado como autêntico por Al-Albani)

Annas ibn Malik (que Allah esteja satisfeito com ele) narrou que lhe foi dito: Teus irmãos vieram até ti de Basra – e naquela época ele estava em Az-Zawiyah – para que tu pudesses rezar a Allah por eles. Ele disse: Que Allah nos perdoe, tenha misericórdia de nós e nos dê neste mundo o que é bom e no outro o que é bom, e nos proteja do Fogo. Eles pediram que ele dissesse mais, então ele disse algo semelhante, depois falou: Se isso vos for concedido, então vos sereis concedido tudo o que há de bom neste mundo e no outro. (Narrado por Al-Bukhari em Al-Adab Al-Mufrad, 633; classificado como autêntico por Al-Albani)

Pelo contrário, este Hadith indica definitivamente que é prescrito oferecer súplicas pedindo a Allah por assuntos mundanos.

‘Aishah (que Allah esteja satisfeito com ela) narrou que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) ensinou-lhe a seguinte súplica: “Allahumma inni as'aluka min Al-khayri kullihi, ‘ajilihi wa ajilihi, ma ‘alimtu minhu wa ma lam a’lam. Wa a’udhu bika min ash-sharri kullihi, ‘ajilihi wa ajilihi, ma ‘alimtu minhu wa ma lam a’lam. Allahumma inni as’aluka min khayri ma sa’alaka ‘abduka wa nabiyyuka, wa a’udhu bika min sharri ma ‘adha bihi ‘abduka wa nabiyyuka. Allahumma inni as'aluka Al-jannata wa ma qarraba ilayha min qawlin aw ‘amal, wa a’udhu bika min An-nari wa ma qarraba ilayha min qawlin aw ‘amal, wa as'aluka an taj’al kulla qada'in qadaytahu li khayran (Ó Allah, peço-te tudo o que é bom, agora e no futuro, sobre o que sei e o que não sei. E busco refúgio em Ti de todo o mal, agora e no futuro, sobre o que sei e o que não sei. Ó Allah, peço-te pelo bem que Teu servo e Profeta Te pediu, e busco refúgio em Ti do mal do qual Teu servo e Profeta buscou refúgio. Ó Allah, eu Te peço pelo Paraíso e por aquilo que aproxima alguém dele, em palavras e ações, e eu busco refúgio em Ti do Inferno e daquilo que aproxima alguém dele, em palavras e ​ações. E peço-te que tornes bons todos os decretos que decretas a meu respeito).

Annas (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: Cheguei um dia e o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) estava lá, e não havia ninguém além de mim, minha mãe, e Umm Haram, minha tia materna. Ele entrou em nossa casa e nos disse: Não devo conduzi-los em oração? E isso não foi no momento de nenhuma das orações [cinco diárias]. Um homem que estava presente [quando este Hadith foi narrado] disse: Onde ele fez Annas ficar? Annas respondeu: Ele o fez ficar à sua direita, depois nos conduziu em oração, em seguida ofereceu súplicas por nós – os membros da família – pedindo tudo de bom neste mundo e no outro. Minha mãe disse: Ó Mensageiro de Allah, teu pequeno servo [que significa Annas]; ora a Allah por ele. Então, ele rezou por tudo de bom para mim e, no final de sua súplica, disse: Ó Allah, conceda-lhe muita riqueza e muitos filhos, e abençoe-o. (Narrado por Al-Bukhari em Al-Adab Al-Mufrad, 88; classificado como autêntico por Al-Albani)

O que é censurável em buscar assuntos mundanos?

O que é censurável a esse respeito são duas coisas:

  • A primeira coisa é quando este mundo é tudo o que uma pessoa se preocupa e se esforça, como afirmado acima, e ela não tem interesse no além e não se esforça por isso.

É, então, que a sua súplica – que é uma das melhores maneiras de se aproximar de Allah, e é um ato de adoração e um dos maiores meios de alcançar o que se procura – é toda para assuntos mundanos.

Ubayy ibn Ka’b (que Allah esteja satisfeito com ele) narrou que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Dai boas novas a esta Ummah sobre proeminência, vitória e prevalência, para que qualquer um que faça uma ação pertencente à outra vida com intuito de ganhos mundanos, não terá qualquer participação na outra vida.” (Narrado por Ahmad, 21223 e outros; classificado como autêntico por Al-Albani)

Zaid ibn Thabit (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: Eu ouvi o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) dizer: “Quem estiver focado apenas neste mundo, Allah confundirá seus assuntos e o fará temer a pobreza constantemente, e ele não receberá nada deste mundo, exceto aquilo que havia sido decretado para si. Quem quer que esteja focado na Outra Vida, Allah resolverá seus assuntos e fará com que se sinta satisfeito com sua sorte e sua provisão, então, ganhos mundanos, sem dúvida, virão para ele.” (Narrado por Ibn Majah, 4105; classificado como autêntico por Al-Albani)

Portanto, uma das súplicas do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) era pedir a Allah que este mundo não fosse sua principal preocupação e objetivo.

Ibn ‘Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) raramente se levantava para sair de uma reunião antes de oferecer esta súplica a seus companheiros: “Ó Allah, concede-nos uma parcela de temor a Ti que nos impedirá de desobedecer-Te, uma parcela de obediência e boas ações que nos permitirão alcançar o Teu Paraíso, e uma determinada parcela de fé que nos permitirá suportar as calamidades deste mundo. Concede-nos o benefício da nossa audição, visão e boa saúde durante toda a nossa vida, e permite-nos aproveitá-los até o último momento de nossas vidas. Permite-nos acertar as contas com aqueles que nos prejudicaram e concede-nos a vitória sobre aqueles que se opõem a nós. Não permitas que a calamidade nos sobrevenha em nossa fé, não permitas que este mundo seja nossa principal preocupação ou faça dele tudo o que conhecemos, e não envies contra nós aqueles que não mostrarão misericórdia para conosco.” (Narrado por At-Tirmidhi, 3502; classificado como autêntico por Al-Albani)

  • A segunda coisa censurável é quando uma pessoa é dominada pelo amor a este mundo a ponto de não se importar se busca ganhos mundanos através de meios permitidos ou proibidos.

Abu Umamah (que Allah esteja satisfeito com ele) narrou: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Jibril me inspirou que nenhuma alma morrerá até que tenha completado o período de tempo designado e recebido sua provisão por completo. Portanto, sejais moderados na busca por provisão, e nenhum de vós deve permitir que o pensamento de que a provisão demora a chegar o leve a buscá-la por meios pecaminosos, pois o que está com Allah não pode ser alcançado, exceto através da obediência a Ele” (Narrado por Abu Nu’aim em Al-Hilyah, 26/10 e outros; classificado como autêntico por Al-Albani)

Com base nestes dois pontos, distrair-se da Outra Vida com preocupações mundanas e buscar ganhos mundanos por quaisquer meios disponíveis, sem se importar se são proibidos ou ilícitos – é assim que devemos entender a advertência contra lutar por assuntos mundanos ou suplicar por assuntos mundanos.

Abu Mu’awiyah Al-Aswad (que Allah tenha misericórdia dele) disse: “Aquele para quem este mundo é a sua principal preocupação sofrerá longas preocupações e angústias na Outra Vida.”

Maslamah ibn ‘Abd Al-Malik (que Allah tenha misericórdia dele) disse: “Aqueles que sentirão menos angústia na Outra Vida são aqueles que têm menos preocupações e estresse neste mundo."

Ambos os relatos foram narrados por Ibn Abu Ad-Dunya em Dhamm Ad-Dunya (283, 284).

Concluindo, o texto mencionado na pergunta não foi autenticamente narrado pelo Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), e não há nenhum relato sólido que sugira que não é permitido oferecer súplicas pelo que é bom em neste mundo, por isso não é correto dizer que rezar pelo que é bom neste mundo trará preocupações e estresse.

Em vez disso, o que foi narrado é uma advertência contra a distração da Outra Vida por preocupações mundanas, ou a busca de ganhos mundanos de maneiras que não são permitidas.

E Allah sabe mais.

A Fonte: Islam Q&A