Terça-feira 20 Rajab 1440 - 26 Março 2019
Portuguese

O dhikr (recordação) que é prescrito quando quebrar o jejum

Pergunta

Qual é a decisão sobre o dua’ (súplica) do hadith que se diz ser da'if (fraco), tais como:
1 - Dizer quando quebrar o jejum: "Allahumma laka sumtu wa 'ala rizqika aftartu (Ó Allah, por Ti eu tenho jejuado e através de Tua provisão quebrei o jejum)."
2 - Ashhadu na laa ilaaha ill-Allah astaghfir Allah as'aluka al-jannah wa a'udhu bika min an-naar (Presto testemunho de que não há nenhum deus senão Allah, eu peço perdão a Allah, peço-Te o Paraíso e busco refúgio em Ti contra o Fogo).
É isto prescrito, permissível, não permissível, makruh (detestável), não válido ou haram (lícito)?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

Dizer o dua’ nas palavras mencionadas quando se quebra o jejum foi narrado em um hadith da'if (fraco) que foi relatado por Abu Dawud (2358) de Mu'aadh ibn Zuhrah, que ouviu que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava dizer, quando quebrava seu jejum, "Allahumma laka sumtu was 'ala rizqika aftartu (Ó Allah, por Ti eu tenho jejuado e através de Tua provisão quebrei o jejum)".

Não há necessidade disso, porque temos o relato narrado por Abu Dawud (2357) de Ibn 'Umar (que Allah esteja satisfeito com ele), que disse: Quando o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) quebrava seu jejum, dizia: "Dhahaba al-ddamau'a, wa abtallat al-'uruq wa thabata al-ajr in sha Allah (A sede desapareceu, as veias estão umedecidas e a recompensa é assegurada, se Allah quiser)". Este hadith foi classificado como hasan por al-Albaani em Sahih Abi Dawud.

Em segundo lugar:

É mustahabb (aconselhável) para o jejuador dizer a dua’ enquanto ele está em jejum e quando quebrar o jejum, por causa do relato narrado por Ahmad (8030) de Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele), que disse: Nós dissemos: Ó Mensageiro de Allah, quando te vemos nossos corações ficam amolecidos e somos pessoas da Outra Vida, mas quando te deixamos somos atraídos por este mundo e por nossas mulheres e crianças. Ele disse: "Se vós fosseis sempre como estais quando estiverdes comigo, os anjos apertariam vossas mãos e visitá-lo-iam em vossas casas. Se vós não cometestes pecado, Allah traria outro povo que cometeria pecado para que Ele pudesse perdoá-los." Ele disse: Nós dissemos: Ó Mensageiro de Allah, fale-nos sobre o Paraíso, de que ele é construído? Ele disse: "Tijolos de ouro e tijolos de prata; sua argamassa é almíscar, seus seixos são pérolas e rubis, seu solo é açafrão. Quem entrar nele será feliz e jamais será miserável, permanecerá nele para sempre e nunca morrerá. Suas roupas nunca se desgastarão e sua juventude nunca se desvanecerá. Há três dos quais a dua’ não será rejeitada: um governante justo, um jejuador até que quebre o jejum, e a súplica de alguém que foi injustiçado. Ela é levada sobre as nuvens e as portas do céu se abrem para ela, e o Senhor, glorificado e exaltado seja, diz: ‘Por Minha glória, Eu te concederei ajuda, mesmo que seja depois de algum tempo’".

Este hadith foi classificado como sahih por Shu'ayb al-Arna'ut em Tahqiq al-Musnad.

Também foi narrado por al-Tirmidhi (2525) com as palavras "...o jejuador quando ele quebra o seu jejum..." Este foi classificado como sahih por al-Albaani em Sahih al-Tirmidhi.

Então você pode pedir a Allah pelo Paraíso e buscar refúgio n’Ele do Fogo, e você pode suplicar por perdão, e oferecer outras dua’s que são prescritas no Islam. Quanto à dua’'nesta forma particular – Ashhadu laa ilaaha ill-Allah astaghfir Allah as'aluka al-jannah wa a'udhu bika min an-naar (Presto testemunho de que não há nenhum deus senão Allah, eu peço perdão a Allah, peço-Te o Paraíso e busco refúgio em Ti contra o Fogo) – não conseguimos encontrar nenhuma fonte para isso.

E Allah sabe melhor.

Enviar comentário